Sobre a avaliação do desempenho geográfico

Você talvez descubra que sua empresa prospera em partes específicas do mundo. Por exemplo, uma empresa que vende pranchas de surfe provavelmente vende mais para pessoas que vivem no litoral do que para pessoas que moram no interior. Com os dados de desempenho da sua conta do Google Ads, você consegue identificar essas áreas geográficas e decidir onde concentrar mais seus esforços de publicidade e orçamento.

Neste artigo, abordaremos três tipos de relatório do Google Ads que ajudam você a entender o desempenho dos seus anúncios em locais diferentes:

Relatórios geográficos e de locais do usuário

Se você já aplicou suas configurações de segmentação por local e as campanhas estão sendo exibidas há algum tempo, é possível acompanhar o desempenho por local na página "Locais".

Você pode visualizar os dados de dois tipos diferentes de Relatório de locais:

  • Geográfico: mostra os locais físicos dos seus clientes em potencial ou os locais em que eles demonstraram interesse.
  • Locais do usuário: mostra somente os locais físicos dos seus clientes em potencial, independentemente dos locais em que eles demonstraram interesse.

Com os Relatórios de locais, é possível visualizar o desempenho do seu anúncio no nível mais específico disponível para a segmentação. Em outras palavras, se você segmentasse os Estados Unidos, poderia visualizar os dados de local detalhados até o nível do código postal, universidade ou aeroporto. Com isso, você tem uma visão mais detalhada dos locais em que suas campanhas estão apresentando um bom desempenho. Lembre-se de que seus Relatórios de local podem exibir apenas dados sobre os tipos de local de segmentação dentro do país que você está segmentando. 

Saiba mais sobre como nós determinamos a localização geográfica quando exibimos seus anúncios e como visualizar os Relatórios de locais.

Como usar os Relatórios de locais

Você pode gerar um relatório geográfico e um relatório de locais de usuários e, em seguida, juntá-los para ter uma ideia do local dos seus clientes, mesmo que eles tenham mostrado interesse em um lugar diferente do seu local físico.

Exemplo

Você é proprietário de uma livraria em Santo André. Ao gerar um Relatório geográfico (que inclui dados de localização física e local de interesse), você descobre que recebeu:
  • 70 impressões de anúncios segmentadas para Santo André (pessoas que estão nessa cidade ou demonstraram interesse nela);
  • 30 impressões de anúncios segmentadas para São Bernardo (pessoas de qualquer local que demonstram interesse no município).
Então, ao gerar um Relatório de locais do usuário (que inclui apenas dados de localização física), você descobre que recebeu 10 impressões de anúncios de pessoas em Santo André e 90 de pessoas em São Bernardo.

Você conclui que a maioria dos usuários que pesquisam sua empresa estão em São Bernardo, então decide alocar uma parcela maior do orçamento de publicidade para essa área.

Relatórios de distância

Se você já tiver adicionado extensões de local, poderá visualizar dados de desempenho dos seus anúncios com extensões de local. Os dados serão organizados pela distância entre o local que acionou o anúncio e o local da sua empresa mais próximo. O local que acionou o anúncio pode ser o local físico do seu cliente em potencial ou o local pelo qual ele demonstrou interesse por meio de pesquisas ou conteúdo visualizado. Saiba como visualizar os Relatórios de distância para suas campanhas da rede de pesquisa e do Shopping.

Suponhamos que você tenha uma loja física e veja no seu Relatório de distância que os anúncios apresentam uma taxa de conversão maior proveniente de pessoas em um raio de 8 km da sua loja. Usando a segmentação por raio e os ajustes de lance por local, você pode aumentar os lances para clientes que estão nessa região.

Valores e colunas de desempenho geográfico

Ao visualizar dados geográficos na sua tabela de estatísticas, as colunas e os detalhes a seguir também podem ser exibidos:

Local mais específico

Na coluna "Local mais específico", são exibidas as informações mais detalhadas que temos sobre o local em que os anúncios foram exibidos. Esse pode ser o local físico do seu cliente em potencial ou um local no qual ele mostrou interesse. O local mais específico varia por país, dependendo do nível de segmentação geográfica disponível.

Áreas não especificadas

É possível que você visualize alguns dados de áreas "Não especificadas" no relatório. Há uma série de motivos para que o local onde seu anúncio foi exibido não seja especificado:

  • Endereço IP ou consulta de pesquisa: não podemos determinar o local a partir do endereço IP, e a consulta de pesquisa não indicou interesse em um local reconhecido.
  • Várias cidades/regiões no Google Maps: a pesquisa foi realizada no Google Maps, em uma área geográfica grande que abrange várias cidades ou regiões.

Variação nos números de Relatórios geográficos

Os dados geográficos da sua tabela de estatísticas do Google Ads podem variar um pouco em comparação com outros dados da conta ou com fontes como acompanhamento ou registros da Web de terceiros. Veja a seguir alguns dos possíveis motivos das diferenças nas informações:

  • Resumo da campanha ou do faturamento: os dados de desempenho podem diferir um pouco em comparação com os dados nas guias "Resumo da campanha" ou "Resumo do faturamento" porque nossas técnicas de coleta de dados variam. Para o faturamento e o gasto da campanha, use os relatórios na página "Faturamento e pagamentos".
  • Endereços IP: endereços IP são reatribuídos periodicamente, e o Google Ads atualiza seus dados regularmente para refletir essas alterações. Outros fornecedores de acompanhamento podem atualizar os dados de IP com uma frequência diferente.
  • Cliques inválidos: o Google Ads não inclui os cliques inválidos. Sendo assim, o número de cliques por área geográfica pode ser diferente daquele exibido por outras fontes de dados.
  • Local de interesse: o Google Ads pode detectar locais nos quais um cliente em potencial tem interesse, o que outras fontes de dados não conseguem fazer.
  • Outras origens de tráfego: fornecedores de acompanhamento de terceiros podem contabilizar todas as origens de tráfego para seu site, em vez de registrar apenas o tráfego do Google Ads. Por exemplo, imagine que o Google Ads gera 50 visitas ao site, mas ele recebe 100 visitas no total, considerando todas as origens. O Google Ads incluirá nos relatórios apenas os 50 cliques provenientes do tráfego do Google Ads.
Isso foi útil?
Como podemos melhorá-lo?

Precisa de mais ajuda?

Faça login e veja mais opções de suporte para resolver o problema rapidamente.