Propriedades do usuário coletadas automaticamente

Quando você usa o SDK do Firebase, não é necessário incluir outros códigos para coletar automaticamente propriedades do usuário. Todas essas propriedades estão disponíveis para uso como condições de público, e algumas delas também são oferecidas como filtros gerais de relatório.

No caso dos Apps para iOS, o aplicativo precisa coletar o IDFA para reunir automaticamente as propriedades de idade, sexo e interesses.
Propriedade do usuário Tipo Descrição
Idade Texto Identifica os usuários em seis categorias: 18 a 24, 25 a 34, 35 a 44, 45 a 54, 55 a 64 e 65 ou mais.
App Store Texto A loja usada para fazer o download do aplicativo e instalá-lo.
Versão do aplicativo Texto versionName (Android) ou versão do pacote (iOS).
País Texto O país em que o usuário reside.
Marca do dispositivo Texto A marca do dispositivo móvel (por exemplo, Motorola, LG ou Samsung).
Categoria do dispositivo Texto A categoria do dispositivo móvel (por exemplo, celular ou tablet).
Modelo do dispositivo Texto O nome do modelo do dispositivo móvel (por exemplo, iPhone 5s ou SM-J500M).
Horário do primeiro acesso Número O tempo (em milissegundos, no fuso UTC) em que o usuário abriu o aplicativo pela primeira vez, arredondado para a próxima hora.
Sexo Texto Identifica o sexo dos usuários como masculino ou feminino.
Interesses Texto Lista os interesses do usuário, por exemplo "Artes e Entretenimento, Jogos, Esportes".
Idioma Texto A configuração de idioma do sistema operacional do dispositivo (por exemplo, en-us ou pt-br).
Novo/Estabelecido N/D Novo: o aplicativo foi aberto pela primeira vez nos últimos 7 dias.
Estabelecido: o aplicativo foi aberto pela primeira vez há mais de 7 dias.
Versão do SO Texto A versão do SO do dispositivo (por exemplo, 9.3.2 ou 5.1.1).

Código de instância do aplicativo gerado e atribuído automaticamente

O Google Analytics gera e atribui automaticamente um código a cada instância do seu aplicativo. O código é usado para calcular todas as métricas de usuário do Google Analytics.

Saiba mais sobre como acessar o código por meio do getAppInstanceId.

Saiba mais sobre como redefinir o código por meio do resetAnalyticsData.

Onde o Google Analytics consegue informações demográficas, de interesses e de localização?

O Google Analytics coleta informações demográficas e de interesses das seguintes fontes:

  • Código de publicidade do Android. aplicável somente a atividades no aplicativo. O Google Analytics gera um identificador com base no código que inclui as informações demográficas e de interesses associadas à atividade dos usuários no aplicativo.
  • Identificador iOS para anunciantes (IDFA). Aplicável somente a atividades no aplicativo. O Google Analytics gera um identificador com base no IDFA, que inclui informações demográficas e de interesses associadas à atividade dos usuários no aplicativo.

Quando o código de publicidade para dispositivos não está presente, o Google Analytics não consegue coletar informações demográficas e de interesses. Como resultado, talvez esses dados estejam disponíveis somente para um subconjunto de usuários e não representem a composição total do seu tráfego.

O Google Analytics coleta dados de localização a partir dos endereços IP dos usuários.

Limites de dados

Os limites são aplicados para impedir que alguém que visualize um relatório infira as informações demográficas, de interesses e de localização de usuários individuais. Quando um relatório contém idade, sexo, interesses ou localização, um limite pode ser aplicado, e alguns dados podem ser omitidos. Por exemplo, se há menos de N instâncias de Gender=male (Sexo=masculino), as informações do valor masculino são retidas.

Isso foi útil?
Como podemos melhorá-lo?