Google Apps
Menu principal

About Google Patents

Acerca do Google Patentes

Na Google, estamos constantemente a tentar tornar importantes coleções de informação em elementos mais úteis ao mundo. Neste sentido, o Google Patentes permite que os milhões de ideias que foram enviadas para os departamentos de patentes dos Estados Unidos e da Europa sejam encontrados, pesquisados e lidos online. E, com o nosso Localizador do Estado da Técnica, é possível encontrar documentos relacionados com um pedido de patente específico. 

Perguntas Frequentes

De onde são provenientes os dados desta patente?

Todos os documentos disponíveis através do Google Patentes são provenientes do Departamento de Patentes e Marcas Comerciais dos Estados Unidos (United States Patent and Trademark Office - USPTO) e do Instituto Europeu de Patentes (European Patent Office - EPO).

Que patentes estão disponíveis?

O Google Patentes abrange toda a coleção de patentes concedidas e pedidos de patentes do USPTO e EPO. Os pedidos de patentes dos Estados Unidos datam de 1790 e os pedidos de patentes do EPO de 1978.

Como posso utilizar a Pesquisa de Patentes?

Pode pesquisar o texto completo de patentes dos EUA, selecionando "Patentes" a partir da pesquisa do Google ou na caixa de pesquisa no topo da página de qualquer patente. Pode também começar a partir da página de pesquisa de Patentes Avançadas para pesquisar por critérios como número de patente, inventor, classificação e data de requerimento.

O que é o Localizador do Estado da Técnica e como funciona?

Normalmente, as patentes são concedidas apenas se a invenção for nova. Pode ser difícil determinar o que é novo, sendo necessária uma pesquisa intensiva em diversas fontes, pelo que concebemos o Localizador do Estado da Técnica, que facilita a pesquisa em várias fontes em simultâneo. Pode experimentá-lo clicando no botão "Localizar Estado da Técnica" na página Descrição Geral.  O Localizador do Estado da Técnica identifica expressões-chave do texto da patente, combina-as numa consulta de pesquisa e apresenta os resultados do Google Patentes, Google Académico, Google Livros e da restante Web.

O Localizador do Estado da Técnica também permite filtrar por data, mostrando-lhe o conteúdo existente até ao requerimento da patente.  O Google depende de uma variedade de fontes para calcular a data de criação: no caso de uma patente, a data de requerimento identificada pela agência de concessão; no caso de livros, revistas e artigos, a data de publicação identificada por editoras e bibliotecas; no caso de conteúdos da Web, uma variedade de critérios, tais como a data em que o Google detetou o conteúdo online pela primeira vez e as datas mencionadas no conteúdo em si.

Como classificar os resultados da Pesquisa de Patentes e do Localizador do Estado da Técnica?

Tal como na Pesquisa do Google, classificamos os resultados de acordo com a sua relevância para uma determinada consulta de pesquisa. O sistema não envolve qualquer supervisão humana, utilizando algoritmos que combinam múltiplos sinais para determinar a ordenação dos resultados de pesquisa.

Posso transferir um PDF de uma patente encontrada no Google Patentes?

Pode transferir PDFs de patentes dos EUA, clicando no botão "Transferir PDF" no canto superior direito da página da patente em questão.

Porque é que a Google oferece transferências em massa de informações de patentes e marcas comerciais dos EUA?

Muitas organizações de pesquisa e grandes sociedades de advogados dependem de dados em massa para analisar milhares ou milhões de patentes de uma só vez.  A Google e o USPTO fizeram uma parceria para fornecer gratuitamente transferências de ficheiros em massa de dados de patentes e marcas comerciais a toda a gente. Anteriormente, estas informações só estavam disponíveis numa base de ficheiro a ficheiro a partir do Website do USPTO ou, em massa, através de CDs, DVDs ou cassete digital e com preços a rondar as dezenas de milhares de dólares. Atualmente, toda a gente pode obter as informações de forma gratuita, acedendo a http://www.google.com/googlebooks/uspto.html.

Quando é que a Pesquisa de Patentes passará a incluir as patentes do meu país?

O Google Patentes inclui, atualmente, apenas as patentes registadas no USPTO e EPO. Estamos sempre à procura de alargar os nossos produtos e serviços aos utilizadores de todo o mundo, pelo que iremos expandir, no futuro, o conjunto de institutos de patentes abrangidos.

Posso enviar uma sugestão ou um pedido de funcionalidades ao Google Patentes?

Com certeza. A nossa equipa está a trabalhar arduamente para melhorar o Google Patentes e encorajamo-lo a enviar-nos quaisquer sugestões que tenha. Basta clicares em . Enviar Comentários aqui ou na parte inferior de qualquer página Descrição Geral.