Pesquisa
Limpar pesquisa
Fechar pesquisa
Google Apps
Menu principal

Importar dados do dispositivo GPS

Se você tem um dispositivo GPS compatível, é possível acompanhar dados no Google Earth.

O que você precisará

  • Um cabo serial ou USB.

Escolher os pontos de GPS a serem vistos no Google Earth

  • Rotas: registradas automaticamente pelo dispositivo GPS conforme você viaja.
  • Traçados: seus locais salvos, como "casa".
  • Trajetos: usados pelo dispositivo GPS para criar um trajeto de um ponto registrado a outro. Os trajetos podem conter vários conjuntos de rotas e podem ser importados no Google Earth como caminhos.

Importar dados do GPS

Há duas maneiras de importar dados do GPS para o Google Earth:

Importar um arquivo de dados
  1. Arraste o arquivo para o Google Earth.
  2. Escolha como você deseja exibir os dados. Para salvar os dados, arraste o arquivo até a pasta "Meus lugares".
Importar do seu dispositivo

Verifique se todos os drivers necessários para o dispositivo GPS estão instalados no seu computador.

  1. Abra o Google Earth.
  2. Desligue o dispositivo GPS e conecte-o ao seu computador.
  3. Ligue o dispositivo GPS.
  4. Clique em Ferramentas Próxima GPS. A janela "Importação do GPS" é exibida.
  5. Escolha como você deseja exibir os dados.
  6. Clique em Importar.

Depois de importar os dados do GPS

Escolher como ver seus dados

  • Criar rotas KML: uma linha de dados do GPS que inclui um elemento de tempo. Quando disponíveis nos dados de origem, as rotas também podem armazenar dados de sensor adicionais como frequência cardíaca, cadência, temperatura e força.

    Observações: as rotas KML são recomendadas para o Google Earth 5.2 ou posterior.
     
  • Criar LineStrings KML: uma linha de dados de GPS que não está associada a um elemento de tempo e mostra pontos individuais para formar sua rota.

    Observação: para ver informações de elevação e local, use os balões associados a cada ponto.
     
  • Ajustar altitudes à altura do solo: ajusta todos os pontos registrados ao nível do solo.

    Observação: não use essa opção se sua rota de GPS foi registrada quando você viajava pelo ar, como voando de asa delta ou a bordo de um avião.

Resolver problemas de importação

  • Se a importação demora demais, tente diminuir a taxa de amostra ao coletar seus dados de GPS. A maioria dos receptores GPS permite definir a taxa de amostra da rota.
  • Se ocorrer um erro de conexão, reinicie o dispositivo GPS e volte para a Etapa 5, em "Importar do seu dispositivo".

Encontrar arquivos de dados importados do GPS

Seus dados serão exibidos no painel Lugares com o rótulo Dispositivo GPS. Ao expandir a pasta Dispositivo GPS, você poderá ver os dados do GPS classificados em pastas separadas de acordo com o tipo de dados.

Acompanhamento por GPS em tempo real

Se você conectar seu laptop a um dispositivo GPS enquanto estiver viajando, é possível ver o local do GPS em tempo real no Google Earth.

  1. Siga as etapas 1 a 6 em Importar dados do GPS.
  2. Na janela "Importação do GPS", clique em Tempo real.
  3. Selecione as opções apropriadas:
    • Selecionar protocolo: se você não souber qual usar, selecione "NMEA".
    • Limite de importação de pontos da rota: o número de posições salvas e traçadas na tela.
    • Intervalo de pesquisa (s): a frequência com que o Google Earth coleta dados do dispositivo GPS.
    • Seguir o caminho automaticamente: ativa o centralizador do visualizador em 3D e segue a rota atual do GPS.
  4. Clique em Iniciar.