Listas fornecidas

As listas fornecidas permitem que você aprimore as habilidades de criação de segmentos personalizados do Campaign Manager para que correspondam às necessidades da sua empresa e incorporem dados off-line das suas campanhas de anúncios à segmentação por público-alvo on-line. É possível usar sinais nos arquivos da Transferência de dados ao fazer o download das tabelas de correspondência e, em seguida, filtrar e selecionar individualmente os cookies de usuários para os quais você está interessado em realizar uma nova segmentação. Ao fazer o upload dos arquivos da lista de público-alvo com o Google Cloud Storage, os cookies selecionados serão associados a uma lista de público-alvo específica, que poderá ser usada para uma nova segmentação de anúncios. Saiba mais sobre como funcionam as listas de público-alvo

Como lembrete, quando você usar o público-alvo, precisará cumprir com todas as restrições contratuais e políticas aplicáveis, incluindo proibições quanto à transmissão de dados pessoais e à coleta e segmentação de certos tipos de características do usuário (saiba mais sobre as políticas de privacidade de público-alvo). Veja também nossas diretrizes COPPA caso pretenda implementar anúncios ou trabalhar com sites direcionados às crianças. 

Casos de uso

É possível criar listas complexas usando seus próprios dados personalizados combinados com informações de arquivos da Transferência de dados. Alguns exemplos:

  • Venda cruzada e upsell: Crie listas de público-alvo com base em variáveis personalizadas do Floodlight específicas (como uma reserva de quarto de hotel premium) e use os anúncios gráficos para fazer um upsell de novas linhas de produto e promoções. É possível usar as variáveis personalizadas do Floodlight a partir dos arquivos de atividade da Transferência de dados em várias atividades para selecionar os cookies adequados para adicionar à lista.
  • Inscritos e não inscritos: Crie listas de público-alvo com base em usuários conectados ou informações de inscritos participantes dos sistemas de Gerenciamento de relacionamento com clientes (CRM, na sigla em inglês). É possível usar um código de evento cujo anonimato foi preservado, que é passado tanto em tags de anúncio como em tags do Floodlight e, em seguida, fazer a correspondência desses dados com seu CRM off-line ou com os dados Analytics do site, a fim de selecionar os cookies adequados para adicionar à lista.
Vantagens das listas fornecidas

Veja algumas das vantagens de fazer o upload de cookies para suas listas de público-alvo usando o Google Cloud Storage.

  • O Google Cloud Storage viabiliza o upload rápido e o uso de HTTPS, que, por padrão, é seguro.

  • É possível usar três métodos diferentes para fazer o upload de arquivos: por meio da interface, da linha de comando ou da API.

  • É possível fazer o upload de quantas listas desejar por dia.

  • Os arquivos podem ter várias listas em vez de ter o limite de um arquivo por lista.

Faça o upload das suas listas de público-alvo

Pré-requisitos

Para usar as listas fornecidas, é necessário fazer o seguinte:

  • Ser um usuário do Campaign Manager.

  • Entrar em contato com o gerente da sua conta e pedir para ativar o uso da Transferência de dados.

  • Configurar um Grupo do Google para gerenciar o acesso de usuários aos dados no Google Cloud Storage (saiba mais). A administração desse Grupo é inteiramente de sua responsabilidade. É possível usar o mesmo Grupo do Google que você criou para usar as Transferências de dados. Veja como acessar seus arquivos de Transferência de dados para instruções.

Fazer o upload das listas

  1. Faça uma solicitação junto a seu Consultor de soluções da plataforma. Serão criados dois intervalos no Google Cloud Storage para organizar seus dados. Será fornecido o nome de cada intervalo. O primeiro intervalo é onde você fará o upload dos dados. O segundo, somente para leitura, é para fazer o download dos arquivos de registro resultantes. Saiba mais sobre intervalos

  2. Você precisa ter uma lista de público-alvo de destino para onde será feito o upload dos cookies. É possível criar uma nova lista ou usar uma já existente. Veja como criar e editar públicos-alvo

  3. Faça upload dos dados para seu intervalo alocado no Google Cloud Storage. Veja “Como formatar arquivos” abaixo para saber as diretrizes de nomes de arquivo, cabeçalhos e formatação geral.

  4. É possível usar três métodos diferentes de upload. Não importa qual método você escolher, desde que seja feito o upload de todos os seus dados para o intervalo alocado. Sugerimos escolher a solução mais compatível com sua infraestrutura. As opções de acesso da API e gsutil viabilizam o uso de sistemas automatizados para acessar seus arquivos das Transferências de dados.

    • Acesse a IU do Cloud Storage por meio de seu navegador. O URL terá o seguinte formato: http://storage.cloud.google.com/ bucket_name

    • Use o gsutil, uma ferramenta de linha de comando baseada em Python.

    • Use a REST API do Google Cloud Storage.

  5. Nosso sistema verifica os intervalos e processa novos dados, aproximadamente, a cada hora. Os arquivos cujo upload foi feito são retirados do intervalo de upload e movidos para o intervalo de arquivo de registro. Em seguida, um arquivo de registro é criado com o mesmo nome e uma nova extensão.

  6. Confirme que seu upload foi feito e veja outros detalhes do processamento conferindo o intervalo do arquivo de registro. Se o processamento foi concluído, os novos cookies serão adicionados à lista de público-alvo e estarão disponíveis para a nova segmentação.

    • Se o upload da lista foi concluído, seu arquivo de registro terá uma extensão .success.

    • Se o upload da lista não foi concluído, o arquivo de registro terá a extensão .fail.

Formatação de arquivos

Para fazer o upload de um arquivo de lista de público-alvo, o nome, cabeçalho e conteúdo do arquivo devem atender a certos critérios.

Nomes dos arquivos

O nome do arquivo deve conter as seguintes informações, que são usadas para processar o arquivo.

accountid_floodlightConfigurationid_yyyymmdd_uploadnumber.dat

Onde:

  • accountid é o ID da conta do Campaign Manager;
  • floodlightConfigurationid indica o anunciante que possui a lista;
  • yyyymmdd é a data em que o arquivo foi enviado por upload.
  • uploadnumber é um número único que você deve fornecer para diferenciar uploads individuais em um determinado dia. Ele pode ser qualquer número e não precisa ser em sequência. A ordem desse valor não é considerada ao processar os arquivos.
  • .dat é a extensão do arquivo. No momento, o formato ZIP (arquivos compactados) não é compatível.

Cabeçalhos de arquivo

Use o cabeçalho do arquivo para determinar o formato dos dados para o resto do arquivo. Cada linha subsequente precisa ter os mesmos tipos de dados especificados no cabeçalho, na mesma ordem. Todos os cabeçalhos de arquivo precisam estar em letras minúsculas como mostrado abaixo. Os seguintes tipos de dados e palavras-chave são compatíveis:

  • cookie_encrypted: um valor alfanumérico.
  • cookie_decimal: qualquer numeral.
  • list_id: o código de lista de público-alvo no qual o cookie deve ser adicionado.
  • timestamp: (opcional) segundos desde o início do período.
  • delete: (opcional) use para excluir um cookie da lista. É possível inserir o valor um para representar "verdadeiro" (excluir) ou zero para representar "falso" (não excluir). Uma string vazia também representa um valor "falso".
Cada cabeçalho de arquivo precisa incluir list_id e cookie_encrypted ou cookie_decimal. Geralmente, todas as outras colunas no arquivo são opcionais.

Conteúdo do arquivo:

O conteúdo do arquivo é tudo que aparece após o cabeçalho. Os arquivos da lista de público-alvo precisam atender aos seguintes critérios ou não serão processados.

  • Os arquivos precisam seguir o formato CSV. Em cada linha, o número de colunas precisa ser exatamente o mesmo número de colunas/palavras-chave no cabeçalho e os valores precisam estar na mesma ordem. Se uma coluna estiver ausente, use uma vírgula para indicá-la.

  • As listas não podem ter cookies duplicados.

  • Cada arquivo pode ter dados para várias listas, desde que sejam do mesmo anunciante. Seus arquivos devem ter IDs de listas válidos.

  • O tamanho de cada lista não pode exceder 50 milhões de cookies por vez. Sugerimos fazer o upload de vários arquivos pequenos separadamente, em vez de um ou dois arquivos grandes.

  • Os demais valores podem vir dos arquivos da Transferência de dados e podem aparecer em qualquer ordem, desde que correspondam aos valores e à ordenação que você definiu no cabeçalho.

  • É possível usar os estilos WIN ou UNIX nas quebras de linha, mas todos os arquivos devem usar o mesmo estilo.

A seguir, temos um exemplo de arquivo que foi formatado corretamente. O arquivo será processado.

Upload feito

Cabeçalho:

cookie_encrypted,list_id

Conteúdo do arquivo:

22a569d88c010015,56432
22a569d88c010017,56432
22a569d88c01001a,56433

Veja a seguir um exemplo de um arquivo formatado incorretamente que não será processado.

Upload não concluído

Cabeçalho:

cookie_encrypted,list_id,timestamp

Conteúdo do arquivo:

22a569d88c010015,1234,1111
22a569d88c010017,1234,
22a569d88c01001a,1234

A última linha é inválida, pois falta a última vírgula.

Isso foi útil?
Como podemos melhorá-lo?