Separação do Data Studio e do Drive

Os usuários do Data Studio para G Suite não usam mais o Google Drive.

O Data Studio deixou de usar o Google Drive. Veja neste artigo o que os administradores do G Suite precisam saber sobre essa migração.

Contexto

Desde o primeiro lançamento, o Data Studio usava o Google Drive para armazenar e compartilhar metadados associados a relatórios, fontes de dados e explorações. Esses metadados controlam aspectos como permissões de acesso e compartilhamento e não correspondem às informações exibidas nos seus relatórios.

Para facilitar melhorias no produto, como o aprimoramento da pesquisa e dos recursos de gerenciamento de arquivos e administradores, além da simplificação do processo de conexão com dados, os metadados de recursos do Data Studio foram transferidos do Google Drive para o Data Studio.

Essa mudança não afeta nem limita o uso do produto. Os usuários podem continuar compartilhando e colaborando no Data Studio normalmente.Como administrador do G Suite, você pode controlar como as pessoas compartilham os recursos do Data Studio em um novo local no Admin Console do G Suite.

Cronograma da migração

Antes de 6 de julho de 2020:

  • Apenas as permissões de compartilhamento do Drive são aplicadas.
  • Você pode ver e alterar as permissões de compartilhamento do Data Studio usando a página de configurações da ferramenta.
  • É possível definir as permissões de compartilhamento do Drive e do Data Studio de forma independente. Elas não serão sincronizadas.  

Depois de 6 de julho de 2020:

  • A migração será iniciada.
  • As permissões de compartilhamento aplicadas durante a migração de metadados são provenientes do Drive ou do Data Studio. 

Após a conclusão da migração: 

  • Apenas as permissões de compartilhamento do Data Studio são aplicadas.
  • Seus usuários não terão acesso aos arquivos do Data Studio pelo Drive, mas poderão fazer isso diretamente no Data Studio.
  • Você receberá um e-mail informando que a migração foi concluída.

O que muda e o que você precisa fazer

Talvez você não precise fazer nada durante a migração. No entanto, recomendamos que fique por dentro das alterações a serem implementadas:

Os recursos do Data Studio não estarão disponíveis pelo Drive

Após a migração, os recursos do Data Studio, como relatórios e fontes de dados, não poderão mais ser acessados pelo Google Drive. 

Administrar o compartilhamento do Data Studio pelo Admin Console do G Suite

A partir de 6 de julho de 2020, as configurações de compartilhamento serão transferidas do Drive para o Data Studio. Desse momento em diante, você controlará as permissões de compartilhamento do Data Studio usando as configurações dessa ferramenta no Admin Console do G Suite, em vez de acessar a página de configurações do Drive.

O que isso significa para minha organização?

Em 26 de maio de 2020, suas permissões de compartilhamento do Drive foram copiadas para as novas configurações de compartilhamento do Data Studio. As mudanças feitas nessas permissões do Drive no Admin Console após essa data não serão copiadas. Por isso, é possível que as respectivas permissões do Drive e do Data Studio não estejam sincronizadas. 

Novo local para registros de auditoria do Data Studio

Agora os registros de auditoria do Data Studio estão disponíveis na seção Relatórios do Admin Console. Talvez alguns eventos de compartilhamento não apareçam no registro de auditoria do Data Studio antes do fim da migração.

Nova caixa de diálogo de compartilhamento

Os usuários ainda podem compartilhar recursos novos e transferidos da mesma maneira que no Drive. No entanto, depois da migração, eles perceberão algumas diferenças na forma como gerenciam as configurações de compartilhamento de recursos individuais. Esta é a nova caixa de diálogo Compartilhar com outras pessoas:

Caixa de diálogo de compartilhamento e guia "Adicionar pessoas" com frases de destaque numeradas.

  1. Na guia Adicionar pessoas, você pode inserir endereços de e-mail individuais ou nomes de grupos do Google para compartilhar o relatório.
  2. A permissão padrão é Pode visualizar. Se você quiser permitir que outras pessoas editem seu relatório, altere para Pode editar.
  3. Clique em Enviar para compartilhar o relatório e notificar seus visualizadores ou editores. Se quiser compartilhar sem enviar uma notificação, desmarque Notificar pessoas.
  4. Na guia Gerenciar acesso, você pode definir as configurações avançadas de compartilhamento.
  5. Use as opções disponíveis para compartilhar um link do seu relatório de maneira mais ampla do que usando endereços individuais ou grupos.
  6. Você pode especificar opções de acesso diferentes para pessoas ou grupos.
  7. Utilize essas opções para impedir que outros editores alterem o acesso e adicionem pessoas ou evitar que os visualizadores façam download, imprimam ou copiem seu arquivo.

Saiba mais sobre como compartilhar relatórios e fontes de dados.

Perguntas frequentes

Pergunta Resposta
Essa migração afeta o local de armazenamento físico dos recursos do Data Studio, como relatórios e fontes de dados? Não, o local de armazenamento físico de relatórios, a configuração da fonte de dados e as informações enviadas pelo usuário não são alterados. O Data Studio usa o Drive para gerenciar metadados, como permissões de usuário e nomes de recursos, mas não armazena informações no Drive.
Como é feita a cópia das permissões de compartilhamento do Drive? Cada usuário tem as mesmas permissões de compartilhamento do Drive aplicadas ao Data Studio. Além disso, as unidades organizacionais e os grupos têm as mesmas configurações de permissão. Apenas as permissões relevantes do Drive são copiadas. Por exemplo, como o Data Studio não é compatível com o drive compartilhado, as configurações dele não são copiadas. Saiba mais sobre as permissões de compartilhamento dos usuários.
Como os recursos do Data Studio nos drives compartilhados são afetados? Já que o Data Studio não é compatível com drives compartilhados, não há nenhuma mudança.
A migração afeta as permissões de relatórios ou fontes de dados individuais? Não, essas permissões não são alteradas devido à migração. 
Como as permissões de compartilhamento do Data Studio são definidas para usuários do Cloud Identity ou que não utilizam o Drive? Os usuários que não utilizam o Drive têm permissões de compartilhamento com base nas unidades organizacionais e nos grupos a que estão associadas. Nessas unidades e grupos, as mesmas permissões do Drive são aplicadas ao Data Studio.
Há alguma alteração na granularidade de permissão de compartilhamento entre o Drive e o Data Studio?

Não, todas as permissões relevantes do Drive ficam disponíveis no mesmo nível de granularidade para o Data Studio. Os nomes das opções de compartilhamento tiveram pequenas alterações.

 

Configuração de permissão de compartilhamento do Drive

Configuração de permissão de compartilhamento do Data Studio

ATIVADO + opção "Permitir que os usuários publiquem arquivos na Web ou tornem-os visíveis para todos como documentos públicos ou não listados" marcada

COMPARTILHAMENTO PÚBLICO ATIVADO

ATIVADO + opção "Permitir que os usuários publiquem arquivos na Web ou tornem-os visíveis para todos como documentos públicos ou não listados" desmarcada 

COMPARTILHAMENTO EXTERNO ATIVADO

DOMÍNIOS AUTORIZADOS

"DOMÍNIOS AUTORIZADOS" ATIVADO

DOMÍNIOS AUTORIZADOS + opção "Permitir que os usuários recebam arquivos de usuários fora da sua organização" desmarcada

DOMÍNIOS AUTORIZADOS ATIVADOS + opção "Permitir que os usuários na sua organização acessem recursos criados fora dos domínios autorizados" desmarcada

DESATIVADO

DESATIVADO

DESATIVADO + opção "Permitir que os usuários recebam arquivos de usuários fora da sua organização" desmarcada

DESATIVADO + opção "Permitir que os usuários acessem recursos criados fora da sua organização" desmarcada

 

No momento, os usuários não podem enviar convites de compartilhamento do Data Studio para pessoas que não tenham uma Conta do Google.

Há uma maneira de desativar a migração? Não, essa migração é obrigatória.

 

 

Isso foi útil?
Como podemos melhorá-lo?