Referência da tabela dinâmica

Ao usar as tabelas dinâmicas, você consegue restringir um conjunto grande de dados ou analisar as relações entre os pontos de dados. As tabelas dinâmicas reorganizam suas dimensões e métricas para ajudar você a fazer rapidamente um resumo dos seus dados e ver relacionamentos que de outra forma seriam difíceis de detectar.

Neste artigo:

Tabelas dinâmicas no Data Studio

As tabelas dinâmicas no Data Studio utilizam as linhas em uma tabela padrão e as transformam em colunas. Assim, você pode agrupar e resumir dados de maneira que não seria possível em uma tabela padrão.

Exemplo:

Veja a seguir uma tabela padrão listando a métrica Receita por usuário trimestral e anual:

Pivot table example

Exemplo de tabela mostrando a receita por usuário, por país, trimestre e ano.

Embora essa tabela seja útil para mostrar qual país recebeu a maior receita por usuário e em qual trimestre, ela não resume esses dados de forma significativa.

Uma tabela dinâmica, no entanto, mostra rapidamente a relação desses dados:

Exemplo de tabela dinâmica mostrando a receita por usuário, por país, trimestre e ano.

Essa tabela resume facilmente os dados do exemplo anterior. Você também pode identificar rapidamente valores atípicos ou anomalias nos seus dados. Observe, por exemplo, que vários países não tiveram receita no quarto trimestre.

As tabelas dinâmicas no Data Studio permitir incluir várias dimensões de coluna e linha. O exemplo abaixo adiciona a dimensão "Sexo" às linhas. Isso detalha ainda mais os dados, fornecendo outros insights sobre eles:

Exemplo de tabela dinâmica mostrando Sexo como dimensão de detalhamento.

Mostrar totais

As tabelas dinâmicas oferecem suporte a totais e subtotais, para linhas e colunas:

Exemplo de tabela dinâmica mostrando totais e subtotais.

Expandir/recolher

O recurso de expandir/recolher permite que os visualizadores de relatórios exibam ou ocultem diferentes níveis de informações na tabela dinâmica clicando em "+" e - no cabeçalho da coluna. Assim, os usuários podem usar o detalhamento que for mais conveniente para explorar os dados. Também é possível expandir e recolher para criar uma única tabela dinâmica que exibe informações resumidas e detalhadas, o que reduz o número de gráficos necessários nos seus relatórios.

Example pivot table expanded to show continent, sub continent and country dimensions.

Exemplo de tabela dinâmica que mostra o uso do recurso expandir/recolher com uma hierarquia geográfica.

Configurar o gráfico

Selecione o gráfico e, à direita, use o painel de propriedades para configurar as opções do gráfico.

Propriedades de dados

As opções no painel de propriedades de dados de um gráfico afetam a organização e exibição das informações.

Fonte de dados

Uma fonte de dados fornece a conexão entre o componente e o conjunto de dados subjacente. Estas são as opções de fonte:

  • Para alterar a fonte de dados do gráfico, clique no nome da fonte de dados atual.
  • Para visualizar ou editar a fonte de dados, clique em Editar. Você precisa ter pelo menos permissão para visualização para ver esse ícone.
  • Clique em + COMBINAR DADOS para ver dados de várias fontes no mesmo gráfico. Saiba mais sobre como combinar dados.

Dimensão

As dimensões são categorias de dados. Os valores de dimensão (os dados pertencentes à dimensão) são nomes, descrições ou outras características de uma categoria.

Adicione dimensões ao gráfico arrastando os campos do painel Campos disponíveis à direita. Você também pode clicar em Adicionar dimensão na guia Dados.

Dimensão de linha

As dimensões de linha fornecem o detalhamento das linhas na tabela dinâmica. Reordene as dimensões exibidas para alterar a ordem das linhas na sua tabela.

Expandir/recolher

Ative o recurso expandir/recolher para tratar as dimensões de linha como uma hierarquia expansível.

A ordem em que você lista as dimensões na hierarquia é importante. Recomendamos definir hierarquias a partir das opções mais gerais até as mais específicas. Por exemplo, uma hierarquia geográfica de "País > Cidade > Região" pode gerar resultados indesejados, porque você começa com um nível geral, muda para um mais detalhado e volta para outro mais genérico.
Adicione um campo de data tipo YYYYMMDD ou um campo de tipo geográfico como a dimensão de linha e depois ative o recurso expandir/recolher. O Data Studio preencherá automaticamente a hierarquia da dimensão com campos relacionados.

Nível de expansão padrão

Defina o nível de detalhamento que será exibido por padrão. Por exemplo, em uma hierarquia geográfica que consiste em Continente > Subcontinente > País, definir o nível de expansão padrão como País mostraria os detalhes do continente e do subcontinente.

Dimensão de coluna

As dimensões de coluna fornecem as colunas na tabela dinâmica. Reordene as dimensões exibidas para alterar a ordem das colunas na tabela.

Dimensão do período

Essa opção será exibida se sua fonte de dados tiver uma dimensão de data válida. Para fontes de dados do Google Ads e do Google Analytics, essa opção é definida automaticamente como a dimensão de data.

A dimensão do período é usada como base para limitar o período do gráfico. Por exemplo, essa dimensão é usada se você definir uma propriedade de período do gráfico ou quando um visualizador do relatório usa um controle para limitar o período.

Métrica

As métricas medem os elementos que pertencem às dimensões e fornecem a escala numérica e a série de dados do gráfico.

Adicione métricas ao gráfico arrastando os campos do painel Campos disponíveis à direita. Você também pode clicar em Adicionar métrica na guia Dados.

Totais

Mostre os totais de cada linha e coluna. Se você tiver apenas uma dimensão em uma linha ou coluna, a opção exibirá o total geral. Se você tiver duas ou mais dimensões, as opções incluirão subtotais e totais gerais.

Classificação

Com as opções de classificação, você pode controlar a ordem de exibição dos dados na tabela dinâmica. Além disso, é possível limitar o número de linhas e colunas exibidas.

Período padrão

Com a propriedade do período padrão, você pode definir um período para cada gráfico.

Opções de período padrão

Automático Use o período padrão determinado pela fonte de dados do gráfico.
Personalizado Permite que você use o widget de calendário para selecionar um período personalizado para o gráfico.
Tipo de comparação de datas Exibe dados de comparação para o período selecionado.

Saiba mais sobre como trabalhar com datas e horas.

Filtro

A propriedade de filtro restringe os dados exibidos em um componente, incluindo ou excluindo os valores que você especificar. Saiba mais sobre a propriedade de filtro.

Opções de filtro

Nome do filtro Clique em um filtro existente para editá-lo. Passe o mouse sobre o nome do filtro e clique no X para excluí-lo.
+ Adicionar um filtro Cria um novo filtro para o gráfico.

Segmento do Google Analytics

Essa opção é exibida para gráficos com base em uma fonte de dados do Google Analytics.

Um segmento é um subconjunto de dados do Google Analytics. Você pode aplicar segmentos aos gráficos do Data Studio para garantir que seus relatórios do Data Studio e do Google Analytics mostrem os mesmos dados. Saiba mais sobre os segmentos do Google Analytics no Data Studio.

Interações

Quando as interações são ativadas em um gráfico, os gráficos funcionam como controles de filtro. Você pode filtrar o relatório clicando ou passando o mouse sobre o gráfico. Saiba mais sobre os filtros de interação do gráfico.

Propriedades de estilo

As propriedades de estilo controlam a apresentação e a aparência geral do gráfico.

Cabeçalho da tabela

Essas opções controlam a aparência dos rótulos de dados.

Cor da fonte do cabeçalho Altera a cor da fonte do cabeçalho da tabela.
Tamanho da fonte do cabeçalho Altera o tamanho da fonte do cabeçalho da tabela.
Família da fonte do cabeçalho Altera a família da fonte do cabeçalho da tabela.

Cores da tabela

Estas opções controlam as cores das bordas e células da tabela.

Cor do plano de fundo do cabeçalho Define a cor do plano de fundo do cabeçalho da tabela.
Cor da borda da célula Define a cor da borda entre as linhas.
Cor de destaque Define a cor das barras de destaque.
Cor das linhas pares/ímpares Define a cor das linhas pares ou ímpares da tabela.

Etiquetas da tabela

Estas opções controlam a aparência dos dados da tabela.

Cor da fonte Define a cor da fonte dos dados.
Tamanho da fonte Define o tamanho da fonte dos dados.
Família de fontes Define a família de fontes dos dados.
Contraste do texto do mapa de calor Define a cor da fonte automaticamente ao exibir um mapa de calor. Escolha entre três níveis de contraste: baixo, médio ou alto.

Métrica

Esta seção controla a aparência das métricas.

Menu suspenso
  • Número: exibe o valor da métrica no estado em que se encontra.
  • Mapa de calor: exibe o valor da métrica com um plano de fundo colorido cuja intensidade mostra uma comparação entre esse valor e outros na mesma coluna.
    Use a opção Contraste do texto do mapa de calor na seção "Rótulos de tabela" acima para definir automaticamente a cor da fonte e facilitar a visualização dos seus rótulos de dados. Escolha entre três níveis de contraste: Baixo, Médio ou Alto.
  • Barra: exibe o valor da métrica como uma barra horizontal. Você também pode alterar a cor da barra e incluir o valor numérico conforme desejar.
Compactar números Essa opção arredonda os números e exibe o indicador de unidades. Por exemplo, 553.939 é exibido como 553,9 mil.
Precisão decimal Define o número de casas decimais em valores métricos.
Mostrar valor desejado Aparece quando o tipo de coluna é definido como "Barra". Mostra uma linha de destino para o valor definido no campo Valor desejado, semelhante a um gráfico de marcadores.
Mostrar eixo Exibe um eixo X para o gráfico de barras.

Plano de fundo e borda

Essas opções controlam a aparência do contêiner de plano de fundo do gráfico.

Plano de fundo Define a cor do plano de fundo do gráfico.
Raio da borda Adiciona bordas arredondadas ao plano de fundo do gráfico. Quando o raio é igual a 0, o formato do segundo plano apresenta cantos com ângulo de 90°. O raio de borda de 100° produz um formato circular.
Opacidade Define a opacidade do gráfico. 100% de opacidade oculta completamente os objetos atrás do gráfico, enquanto que 0% de opacidade torna o gráfico invisível.
Cor da borda Define a cor da borda do gráfico.
Espessura da borda Define a espessura da linha da borda do gráfico.
Estilo da borda Define o estilo da linha da borda do gráfico.
Adicionar sombra na borda Adiciona uma sombra às bordas inferior e direita do gráfico.

Cabeçalho do gráfico

O cabeçalho do gráfico permite que os visualizadores executem várias ações no gráfico, como exportar, detalhar ou recolher os dados e visualizar o gráfico na ferramenta Explorer. As opções de cabeçalho do gráfico são as seguintes:

Mostrar ao passar o cursor (padrão) Três pontos verticais aparecem quando você passa o mouse sobre o cabeçalho do gráfico. Clique neles para acessar as opções de cabeçalho.
Mostrar sempre As opções de cabeçalho sempre serão exibidas.
Não mostrar As opções de cabeçalho nunca serão exibidas. Os visualizadores de relatórios sempre podem acessar as opções clicando com o botão direito do mouse no gráfico.
Cor Define a cor das opções de cabeçalho do gráfico.

Limites das tabelas dinâmicas

  • As tabelas dinâmicas podem processar até 50.000 linhas de dados. No entanto, dependendo do conjunto de dados e das dimensões e métricas envolvidas na tabela, o desempenho pode ser afetado. É possível aplicar um filtro à tabela dinâmica para reduzir a quantidade de dados em processamento.
  • Você pode ter até três tabelas dinâmicas por página em um relatório.
  • O número de dimensões de linha disponíveis depende do tipo de dados aos quais você está se conectando:
    • As fontes de dados de esquemas fixos, como Google Ads e Analytics, podem ter até cinco dimensões de linha.
    • As fontes de dados de esquemas flexíveis, como o Planilhas Google e o BigQuery, podem ter até 10 dimensões de linha.
  • As tabelas dinâmicas podem ter até duas dimensões de coluna.
  • As tabelas dinâmicas podem ter até 10 métricas.
  • Diferentemente das tabelas padrão, não é possível criar paginação nas tabelas dinâmicas.
  • Também não é possível aplicar filtros de métrica às tabelas dinâmicas. Se você fizer isso, uma mensagem de erro será exibida.
Isso foi útil?
Como podemos melhorá-lo?