Iniciar ou parar automaticamente a criação de relatórios de erros e de falhas de sistema

Ao permitir que o Chrome nos envie relatórios automáticos, ajuda-nos a dar prioridade ao que deve ser corrigido e melhorado no Chrome. Estes relatórios podem incluir dados como a altura em que o Chrome falha, a quantidade de memória utilizada e algumas informações pessoais.

Pode iniciar ou parar a autorização destes relatórios em qualquer altura.

Computador

  1. No computador, abra o Chrome.
  2. Na parte superior direita, clique em Mais Mais e, em seguida, Definições.
  3. Em "Pessoas", clique em Sincronização e serviços Google.
  4. Em "Outros serviços Google", ative ou desative a opção Ajudar a melhorar as funcionalidades e o desempenho do Chrome.

Chromebook

  1. Na parte inferior direita, selecione a hora.
  2. Selecione Definições Definições.
  3. Na parte inferior, clique em Avançadas.
  4. Em "Privacidade e segurança", ative ou desative a opção Enviar automaticamente dados de diagnóstico e de utilização para a Google.

Nota: se utilizar o Chromebook no trabalho ou na escola, é possível que não consiga alterar esta definição. Para obter mais ajuda, contacte o administrador.

O que incluem estes relatórios 

Se o Chrome falhar, podem ser incluídas algumas informações pessoais no relatório. Estes relatórios incluem o seguinte:

  • A memória relacionada com a falha, que pode incluir conteúdos de página, informações de pagamento e palavras-passe.
  • As suas definições do Chrome.
  • As extensões instaladas.
  • A página Web que estava a visitar no momento da falha.
  • O sistema operativo, o fabricante e o modelo do dispositivo.
  • O país onde está a utilizar o Chrome.

Para saber mais sobre o que fazemos com as informações destes relatórios, leia a Política de Privacidade do Chrome.