Problemas conhecidos

Estes são alguns problemas conhecidos do Chrome. Veja abaixo como resolvê-los.

Abrir tudo   |   Fechar tudo

Cloud Print

Não é possível imprimir com o Cloud Print

Problema conhecido

Em 13 de novembro de 2019, alguns clientes informaram que não conseguiam concluir os trabalhos de impressão com o Cloud Print. Isso afetava os usuários dos dispositivos Chrome e computadores Mac, Windows e Linux.

Resolução

Na mesma data, o problema foi resolvido.

Não é possível compartilhar uma impressora com alguns grupos

Problema conhecido

Ao usar o Google Cloud Print para compartilhar uma impressora com grupos específicos do Grupos do Google, pode receber uma mensagem de erro.

Alternativa

Para compartilhar uma impressora com um grupo, você precisa fazer o seguinte:

  1. Adicione o dono da impressora ao grupo e atribua a ele a função de proprietário. Para ver instruções, consulte Atribuir uma função de grupo aos usuários.
  2. Adicione os participantes do grupo individualmente. Não é possível adicionar Todos os usuários em seu-domínio. Esse participante especial está descrito em Adicionar todos os usuários a um grupo.

Veja mais informações em:

Uma impressora adicionada não aparece

Problema conhecido

É possível adicionar no máximo 2.000 impressoras com o Google Cloud Print. Depois desse limite, as impressoras recém-adicionadas não aparecem para os dispositivos. 

Remover as impressoras antigas não libera espaço para as novas. Você precisa usar outra conta de administrador para adicionar uma impressora.

Alternativa

Para adicionar uma impressora, remova as impressoras em nuvem recém-adicionadas que não aparecem para os dispositivos. Observação: só é possível remover uma impressora no nível da organização a que ela foi adicionada originalmente, não onde é herdada. Mas é possível desativar uma impressora em qualquer nível.

  1. Faça login no Google Admin Console.

    Faça login com sua conta de administrador (não termina em @gmail.com).

  2. Na página inicial do Admin Console, acesse Dispositivos.
  3. À esquerda, clique em Gerenciamento do Google Chrome.
  4. Clique em Configurações do dispositivo.
  5. Para aplicar a configuração a todos, deixe a unidade organizacional mãe selecionada. Caso contrário, selecione uma unidade organizacional filha.
  6. Role até Outro e, ao lado de Cloud Print, clique em Gerenciar.
  7. Na lista, encontre a impressora e clique em Remover.
  8. Clique em Salvar. Se você tiver configurado uma unidade organizacional filha, talvez seja possível herdar ou modificar as configurações de uma unidade organizacional mãe..
  9. Use outra conta de administrador para adicionar as impressoras necessárias à unidade organizacional. Saiba mais detalhes no artigo Configurar sua impressora com o Google Cloud Print.
  10. Aguarde 24 horas e veja se as impressoras aparecem para todos os dispositivos.

Veja mais informações em:

Dispositivos Chrome

Tela preta temporária durante a atualização do firmware em alguns dispositivos com o Chrome OS 72

Problema conhecido

O Chrome OS 72 terá uma atualização de firmware para alguns dispositivos Chrome. Durante a atualização, a tela ficará preta de 30 a 60 segundos, e o dispositivo não responderá. Após essa etapa, o dispositivo funcionará normalmente.

Dispositivos afetados

Chromebook ASUS C223
Lenovo 100e
Lenovo 500e

 

Última atualização: 20 de março de 2019

Não é possível desbloquear o dispositivo com o sensor de impressão digital

Problema conhecido

Ao usar um dispositivo com o Chrome OS no trabalho ou na escola, não é possível desbloqueá-lo com o sensor de impressão digital.

Atualizaremos esta página quando o recurso estiver disponível.

 

Última atualização: 21 de dezembro de 2018

O dispositivo Chrome não aceita a senha correta

Problema conhecido

Alguns usuários informaram que não conseguem fazer login no dispositivo Chrome gerenciado mesmo quando informam a senha correta.

Também recebemos relatos de que, na inicialização, alguns Chrome Kiosks mostram a página de login do Chrome OS, em vez de iniciar automaticamente o aplicativo.

Alternativa

Veja a seguir como os usuários informaram ter resolvido esses problemas:

Estamos analisando esses problemas com atenção e em breve teremos informações mais detalhadas.

 

Última atualização: 19 de setembro de 2018

Mensagem de erro "Não foi possível adquirir um certificado de registro"

Problema conhecido

Esta mensagem aparece quando o novo registro forçado está ativado em um dispositivo Chrome. O erro ocorre quando há uma falha no novo registro automático porque o dispositivo está conectado a uma rede com inspeção TLS ou SSL onde o nome de host "chromeos-ca.gstatic.com" não está autorizado.

Alternativa

Os usuários podem alternar para a tela do novo registro manual. Basta clicar no X do canto superior direito da tela de erros. Outra opção é o administrador autorizar o nome do host chromeos-ca.gstatic.com no servidor proxy para os dispositivos Chrome fazerem o novo registro de forma automática.

Algumas baterias de Chromebook não recarregam após um período de armazenamento prolongado

Problema conhecido

Geralmente, as baterias de íons de lítio perdem a carga aos poucos quando não são carregadas por muito tempo (como durante as férias escolares). Durante o período de armazenamento, a bateria dos modelos de Chromebook listados abaixo pode descarregar totalmente e não recarregar mais:  

  • Dispositivo CTL J2 / J4 Chrome for Education
  • CDI eduGear Chromebook K Series
  • HiSense Chromebook 11
  • Chromebook Poin2 11

Alternativa

Para saber como guardar esses dispositivos por muito tempo, consulte Armazenar Chromebooks por um período longo.

Limitação no número de redes SSID ocultas salvas que um dispositivo Chrome pode verificar e a que pode se conectar

Problema conhecido

O número de redes SSID ocultas gerenciadas e salvas manualmente que um dispositivo Chrome pode verificar e a que pode se conectar é limitado pelo chipset WLAN. Ele varia de acordo com o modelo do dispositivo Chrome.

É possível verificar isso em um dispositivo Chrome no modo de desenvolvedor com o seguinte comando:

$ /usr/sbin/iw phy | grep -i ssid

Por exemplo, digitar esse comando em um Acer Chromebook C720 apresentará o seguinte resultado:

$ /usr/sbin/iw phy | grep -i ssid
        max # scan SSIDs: 4

Nesse exemplo, a resposta é quatro. Uma rede é consumida pela verificação. Portanto, recomendamos ter no máximo três redes SSID ocultas salvas no dispositivo por uma política de rede gerenciada ou adicionadas manualmente.

Alternativa

Aconselhamos os clientes a não usarem um SSID (Identificador do conjunto de serviços) oculto nos pontos de acesso.

Importante: marque esses casos com crbug.com/577993 - "FR: suporte a mais SSIDs ocultos do que o permitido pelo hardware".

Mensagem de erro "Determinando a configuração do dispositivo"

Problema conhecido

Se a tela ficar parada na mensagem "Determinando a configuração do dispositivo" quando você configurar o Chromebook pela primeira vez, talvez seja necessário reinicializar o sistema.

Alternativa

  1. Mantenha o botão liga/desliga pressionado até que o Chromebook desligue.
  2. Ligue-o novamente.

Caso a mensagem ainda apareça, entre em contato com o Suporte do Google.

Quiosque

Alguns Chromeboxes não respondem no modo quiosque

Problema conhecido

Alguns administradores informaram que os dispositivos Chromebox ASUS 3 e CTL Chromebox CBx1 no modo quiosque param de responder e perdem o sinal HDMI quando estão ligados há muito tempo. A luz LED continua acesa, mas eles não funcionam.

Dispositivos afetados

  • Chromebox ASUS 3
  • Chromebox CTL CBx1

Alternativa

Estamos investigando o problema. Se você achar que seu domínio
tem unidades afetadas, abra um caso de suporte conosco.

Para recuperar os dispositivos, desligue e ligue-os de novo. Faça a atualização para o Chrome 72 ou posterior. Caso você use a fixação de versões para o Chrome, verifique se essa atualização foi feita. Alguns clientes informaram que ela atenuou o problema.

 

Última atualização: 22 de março de 2019

Mensagem de erro "O sistema está realizando uma autorreparação. Aguarde."

Problema conhecido

Quando você liga o dispositivo e a tela fica parada na mensagem "O sistema está realizando uma autorreparação. Aguarde.", o hardware pode estar com defeito. Talvez seja necessário substituir o dispositivo.

Alternativa

Se você achar que alguns dispositivos da sua organização foram afetados, abra um caso de suporte conosco.

“Não consigo abrir o Chrome Kiosk. Estou vendo a página de login"

Problema conhecido

Recebemos relatos de que, na inicialização, alguns Chrome Kiosks mostram a página de login do Chrome OS, em vez de iniciar automaticamente o aplicativo de quiosque.

Etapas para resolver o problema:

Alguns usuários relataram que o método a seguir resolveu esse problema:

Estamos analisando isso com atenção e em breve atualizaremos esse problema conhecido com informações e instruções mais detalhadas.

 

Última atualização: 19 de setembro de 2018

As políticas personalizadas para aplicativos de quiosque não são aplicadas

Problema conhecido

As políticas de apps não são aplicadas depois que um aplicativo de quiosque é adicionado.

Alternativa

 Selecione o app na lista Iniciar aplicativo de quiosque automaticamente em Configurações de quiosque.

Erro do Documentos Google no Chrome Sign Builder

Problema conhecido

Quando adiciono um arquivo do Apresentações Google ao Chrome Sign Builder e defino configurações com o recurso Abrir opções da apresentação, vejo um erro do Documentos Google.

Alternativa

Ao adicionar o URL da apresentação na janela Adicionar novo conteúdo do Chrome Sign Builder, não clique em Abrir opções da apresentação. Altere as configurações na janela Publicar na Web do Apresentações Google e use o URL publicado.

Para saber mais sobre essa alternativa, consulte este bug do Chromium.

Chrome Enterprise

Os usuários precisam informar o desafio CAPTCHA para a Pesquisa

Problema conhecido

Esse problema pode ocorrer se a organização encaminhar todas as solicitações de pesquisa por um único IP com um proxy. A Pesquisa Google talvez identifique essas solicitações como ocorrências de spam e abuso, o que aciona um desafio CAPTCHA.

Alternativa

  • Caso você use a política DefaultSearchProviderSuggestURL, altere o URL para {google:baseURL}complete/search?output=chrome&q={searchTerms}.
  • Faça uma verificação de malware na rede.
  • Proíba os usuários de usarem a VPN Hola.

Temas relacionados

Erro: "Nome alternativo do assunto ausente" ou NET::ERR_CERT_COMMON_NAME_INVALID ou "Sua conexão não é particular"

Problema conhecido

Durante as conexões por Transport Layer Security (TLS), o navegador Chrome faz uma verificação para garantir que um certificado de servidor confiável e válido está sendo usado na conexão ao site.

No Chrome 58 e posterior, somente a extensão subjectAlternativeName, e não a commonName, é usada para fazer a correspondência entre o nome do domínio e o certificado do site. O nome alternativo do assunto do certificado pode ser um nome de domínio ou um endereço IP. Se o certificado não tiver a extensão subjectAlternativeName correta, os usuários receberão um erro NET::ERR_CERT_COMMON_NAME_INVALID avisando que a conexão não é particular. Se o certificado não tiver a extensão subjectAlternativeName, os usuários verão um aviso no painel "Segurança" do Chrome DevTools informando que o nome alternativo do assunto está ausente.

Alternativa

Algumas infraestruturas de chave pública (PKIs, na sigla em inglês), sistemas legados e versões antigas de software de monitoramento de rede usam certificados sem as extensões subjectAlternativeName. Se você tiver um problema relacionado a isso, entre em contato com o fornecedor ou o administrador do software e peça que ele gere um novo certificado.

No Microsoft® Windows®, você pode usar o cmdlet do PowerShell New-SelfSignedCertificate e especificar o parâmetro DnsName.

No OpenSSL, você pode usar a extensão subjectAltName para especificar o nome alternativo do assunto.

Se necessário, você pode definir a política EnableCommonNameFallbackForLocalAnchors, disponível até o Chrome 65. Com isso, o Chrome usa o commonName de um certificado que não tem a extensão subjectAlternativeName para fazer a correspondência com um nome de host.

Gerenciamento de dispositivo

Não é possível reativar um dispositivo Chrome

Problema conhecido

Se você tentou ativar um dispositivo com Chrome OS, mas não conseguiu, verifique o número de série.

Para encontrá-lo, faça o seguinte:

  1. Ligue o dispositivo.

  2. Antes de fazer login, pressione Alt+V.

  3. Compare o número de série da tela com o impresso no dispositivo. Alguns dispositivos Chrome recondicionados ou modificados têm adesivos com o número de série errado.

  4. Quando os números não são iguais, é porque o impresso está errado. Caso você use o número impresso no comando da ativação, uma falha ocorrerá.

Alternativa

Recomendamos que você peça ao fabricante para substituir o dispositivo. Se você continuar usando o mesmo dispositivo, precisará gerenciá-lo com o número de série da tela (e não do adesivo).

Para saber mais, consulte Ver as informações do dispositivo Chrome OS.

Usuários da lista de usuários aprovados não conseguem fazer login

Problema conhecido

Quando os usuários veem erros na inicialização informando que eles não têm permissão para fazer login no dispositivo devido a uma política do domínio, é possível que a causa seja a filtragem de SSL.

Alternativa

Atualizamos recentemente os URLs incluídos na lista de permissões para os filtros de SSL. Analise e atualize os URLs nesta lista.

Alterações não são incluídas no registro de auditoria do administrador

Problema conhecido

No momento, as alterações feitas com a API Directory e as ferramentas de terceiros em dispositivos Chrome não são incluídas nos registros de auditoria do administrador.

Isso foi útil?
Como podemos melhorá-lo?