Configurar políticas do Chrome para computadores gerenciados

Aplica-se a navegadores Chrome gerenciados no Windows, Mac e Linux.

Esta página é destinada a administradores de TI que querem definir políticas do Chrome em computadores gerenciados pela empresa.

Depois de instalar o navegador Chrome nos computadores corporativos gerenciados, é possível configurar políticas aplicadas a qualquer pessoa que usar os dispositivos. As políticas são gerenciadas pelo seu próprio ambiente de TI, usando a política de grupo do Windows ou uma ferramenta de configuração adequada para Mac ou Linux. Para ajudar na configuração de políticas, o Google disponibiliza modelos de política que podem ser facilmente instalados e atualizados.  

Para ver a lista atual de políticas que o Google Chrome respeita, veja a pasta common/ no arquivo ZIP dos modelos de política (disponível para todos os idiomas compatíveis) ou no site para desenvolvedores Chromium (somente em inglês).

Instalar e configurar modelos de política do Chrome

Clique abaixo para ver as etapas da sua plataforma.

Windows

Para o Windows, há dois tipos de modelos de política: ADM e ADMX. Verifique qual tipo pode ser usado na sua rede. Esses modelos mostram as chaves do registro que você pode definir para configurar o Chrome e quais são os valores aceitáveis. O Chrome verifica o conjunto de valores nessas chaves do registro para determinar como agir.

Etapa 1: fazer o download dos modelos de política do Chrome

Os modelos do Windows, além da documentação comum sobre a política para todos os sistemas operacionais, podem ser encontrados aqui:

Arquivo ZIP de modelos do Google Chrome e documentação.

Etapa 2: abrir o modelo ADM ou ADMX do qual você fez o download

  1. Navegue até Iniciar > Executar: gpedit.msc.
  2. Navegue até Política de computador local > Configuração do computador > Modelos administrativos.
  3. Clique com o botão direito do mouse em Modelos administrativos e selecione Adicionar/remover modelos.
  4. Adicione o modelo chrome.adm por meio da caixa de diálogo.
  5. Ao concluir, uma pasta Google / Google Chrome será exibida em Modelos administrativos se ainda não houver uma. Se adicionou o modelo ADM no Windows 7, ele será exibido em Modelos administrativos clássicos / Google / Google Chrome.

Etapa 3: configurar as políticas

 No Editor de políticas de grupo, abra o modelo que você acabou de adicionar e altere as definições da configuração. As políticas mais modificadas são:

  • Configurar a página inicial: o URL aberto pelo Google Chrome quando um usuário inicia o navegador ou clica no botão "Página inicial".
  • Enviar estatísticas de uso anônimas e informações de falhas: para desativar o envio de informações de falhas ou estatísticas anônimas ao Google, altere esta configuração para Falso.
  • Desativar atualizações automáticas: embora geralmente não seja recomendado, você pode desativar as atualizações automáticas.

Aplique as políticas às máquinas de destino. Dependendo da configuração da sua rede, é possível que a política demore para propagar-se ou você precisará propagar essas políticas manualmente por meio das ferramentas do administrador.

Mac

As políticas do Chrome são descritas no Mac em um arquivo plist (lista de propriedades). É possível encontrá-lo no pacote do Google Chrome Enterprise. Para encontrar o arquivo plist:

  1. Faça o download do pacote do Google Chrome.
  2. Abra o pacote.
  3. Encontre a pasta de recursos.
  4. Encontre um arquivo chamado com.google.Chrome.manifest.
Linux

Para o Linux, criamos um arquivo JSON que você pode copiar e editar conforme suas necessidades.

Os modelos do Linux, além da documentação comum sobre a política para todos os sistemas operacionais, podem ser encontrados aqui:

Arquivo ZIP de modelos do Google Chrome e documentação.

Para ver todas as etapas, consulte o Início rápido do Linux no Chromium.

Tópicos relacionados

Este artigo foi útil para você?
Como podemos melhorá-lo?