Problemas com URLs

Se as tags de posicionamento tiverem URLs com caracteres reservados, talvez ocorram problemas ao transmitir solicitações de anúncio. Use a codificação de URL para evitar problemas com caracteres reservados em strings de URL.

Caracteres reservados

O navegador reconhece significados especiais em certos caracteres de um URL. Por exemplo, a barra (/) separa diferentes partes de um URL, e um ponto de interrogação (?) indica o início de uma string. Esses exemplos são conhecidos como caracteres reservados. No entanto, caracteres não reservados (como letras ou números) não têm significados especiais. A codificação de URL será necessária quando você precisa usar um caractere reservado em um URL, mas não quiser que o navegador o interprete como faria normalmente.

Casos de uso

Uma situação comum em que a codificação de URL pode ser usada é quando você passa dados de formulário de uma página para outra usando variáveis de sequência de consulta. Por exemplo, um usuário pode preencher um formulário e, em seguida, clicar no botão "Enviar", sendo direcionado para outra página na qual os dados do formulário estão anexados ao URL na sequência de consulta. No entanto, há sempre a possibilidade de que o usuário insira caracteres reservados (ou caracteres que não têm suporte em URLs, como espaços) no momento do preenchimento do formulário. Geralmente, os webmasters usam um processo de duas partes para evitar que os caracteres reservados causem problemas com formulários. Primeiro, eles codificam as entradas antes de carregar a segunda página. Então, decodificam as variáveis de consulta na página de destino para recuperar os valores originais.

Outro exemplo de situação em que você pode precisar da codificação de URL é quando a tag de posicionamento contém uma string de clique fornecida pelo site. Nesse caso, a página de destino do anúncio é uma combinação de três URLs diferentes, e dois redirecionamentos são feitos antes que o navegador solicite a página de destino final. O segundo e o terceiro URLs, ou seja, a SSCS e o URL da página de destino, serão incluídos no URL da primeira solicitação, que foi enviada aos servidores do Campaign Manager 360 quando contamos o clique. Da mesma forma, o URL da página de destino será incluído na solicitação feita usando a string de cliques fornecida pelo site. Caso os URLs codificados não sejam usados para esses valores, seu pedido pode não ser executado corretamente. Por exemplo, digamos que o segundo e o terceiro URLs contêm pontos de interrogação onde ocorrem as seções de sequências de consultas. Se nenhum desses URLs for codificado, o navegador não reconhecerá onde começa uma sequência de consulta durante a primeira e a segunda solicitações.

Como codificar um URL

Para evitar problemas com caracteres reservados, talvez seja necessário codificar a SSCS. Ao inserir a SSCS, pode ser preciso, ainda, usar click1= no valor-chave, em vez de click=, para codificar o URL real da página de destino.

Também é possível usar uma ferramenta de codificação. Existem vários aplicativos da Web gratuitos com essa função que estão disponíveis on-line.

Isso foi útil?
Como podemos melhorá-lo?

Precisa de mais ajuda?

Faça login e veja mais opções de suporte para resolver o problema rapidamente.

Pesquisa
Limpar pesquisa
Fechar pesquisa
Google Apps
Menu principal
Pesquisar na Central de Ajuda
false
false
true
true
69192
false
false