[GA4] BigQuery Export

 

O BigQuery é um data warehouse em nuvem que permite executar consultas de alta performance em grandes conjuntos de dados.

Você pode exportar todos os eventos brutos das propriedades do Google Analytics 4 (incluindo subpropriedades e propriedades de visualização completa) para o BigQuery e usar uma sintaxe semelhante a SQL para consultar esses dados. No BigQuery, é possível exportar dados para um armazenamento externo ou importar e juntar dados externos aos seus dados do Google Analytics.

Você se torna proprietário de todas as informações que exporta para o BigQuery e pode usar as Access Control Lists do BigQuery para gerenciar as permissões de projetos e conjuntos de dados.

Observação: não é possível exportar novamente os dados do Google Analytics depois que eles são exportados para o BigQuery.

Uma exportação completa dos dados ocorre uma vez por dia. Eles também são exportados de forma contínua ao longo do dia. Confira Exportação de streaming abaixo.

Você pode exportar dados para uma instância gratuita do BigQuery (sandbox do BigQuery), mas as exportações que ultrapassarem os limites do sandbox vão gerar custos.

As propriedades padrão têm um limite diário de um milhão de eventos do BigQuery Export. Saiba mais sobre os limites do BigQuery Export.

Diferenças entre a interface do Google Analytics e o BigQuery Export

A exportação de eventos do BigQuery oferece acesso a eventos brutos e dados do usuário, com exceção das adições de valor feitas pelo Google Analytics aos dados encontrados em relatórios padrão e análises detalhadas. Por isso, os dados da exportação de eventos do BigQuery podem ser diferentes daqueles encontrados na interface do Google Analytics.

Para entender as diferenças entre a exportação de eventos do BigQuery e a interface do Google Analytics, além de analisar maneiras de reduzi-las quando possível, consulte o documento Redução da lacuna entre a interface do Google Analytics e a exportação do BigQuery.

Exportação de streaming

Você pode escolher a exportação de streaming quando vincular sua propriedade do Google Analytics 4 ao BigQuery.

Isso disponibiliza os dados mais atualizados do dia em poucos minutos pelo BigQuery Export.

Quando você usa essa opção de exportação, o BigQuery traz as informações mais recentes sobre os usuários e o tráfego deles na propriedade para sua análise.

A exportação de streaming cria uma nova tabela para cada dia:

  • events_intraday_YYYYMMDD: uma tabela interna de preparo que inclui registros das atividades de sessões realizadas durante o dia. A exportação de streaming faz o melhor possível com as informações disponíveis, mas nem sempre inclui todos os dados devido a atrasos no processamento de eventos e/ou falha nos uploads. Os dados são exportados continuamente ao longo de 24 horas. Essa tabela pode incluir registros de uma sessão quando ela abrange várias operações de exportação. A tabela será excluída quando events_YYYYMMDD for concluído.

Se você selecionar a opção diária ao configurar o BigQuery Export, a tabela a seguir também será criada todos os dias.

  • events_YYYYMMDD: a exportação diária completa de eventos.

Consulte events_YYYYMMDD em vez de events_intraday_YYYYMMDD para ver um conjunto de dados estável do dia.

Consulte Esquema do BigQuery Export para mais informações sobre as tabelas events_YYYYMMDD e events_intraday_YYYYMMDD.

A exportação de streaming do BigQuery não inclui os seguintes dados de atribuição de usuários para novos usuários:

  • traffic_source.name (dimensão de relatório: campanha do usuário)
  • traffic_source.source (dimensão de relatório: origem do usuário)
  • traffic_source.medium (dimensão de relatório: mídia do usuário)

Os dados de atribuição dos usuários atuais são incluídos, mas o processamento de todas essas informações leva cerca de 24 horas. Por isso, só confie nos dados que vêm da exportação diária completa.

Para usar a exportação de streaming, há um custo extra do BigQuery de aproximadamente US$ 0,05 por gigabyte de dados. 1 gigabyte equivale a cerca de 600 mil eventos do Google Analytics, embora esse número varie dependendo do tamanho do evento. Saiba mais sobre os preços do BigQuery.

A programação das atualizações da tabela

As atualizações das tabelas criadas como parte do BigQuery Export são regidas pelo fuso horário da propriedade do Google Analytics de onde os dados são exportados.

As tabelas de exportação de streaming (events_intraday_YYYYMMDD) são atualizadas continuamente ao longo do dia, por exemplo, das 00h00min00s até 23h59min59s no fuso horário da propriedade. Quando um novo dia começa no fuso horário da propriedade, os eventos são gravados em uma nova tabela intradiária.

As tabelas de exportação diárias (events_YYYYMMDD) são criadas depois que o Google Analytics coleta todos os eventos do dia. O Analytics atualizará as tabelas diárias por até 72 horas após a data da tabela com eventos com carimbo de data/hora, como pacotes de eventos que são enviados com atraso pelo Measurement Protocol ou os SDKs do Firebase. Por exemplo, se a data da tabela for 01012022, o Google Analytics atualizará a tabela até 04012022 com eventos que tenham o carimbo de data/hora 01012022.

Às vezes, o Google Analytics pode atualizar as tabelas diárias a qualquer momento após o período de 72 horas, em circunstâncias que exigem que o Analytics processe novamente os dados históricos (por exemplo, uma correção de bug que soluciona um erro de processamento).

Pings sem cookies e dados fornecidos pelo cliente

Quando o modo de consentimento é implementado, os pings sem cookies coletados pelo Google Analytics são incluídos no BigQuery Export com os dados fornecidos pelo cliente, como user_id e dimensões personalizadas.

GA4: integração com o Firebase e o BigQuery

Se uma propriedade do GA4 e um projeto do Firebase forem integrados, eles não poderão ser vinculados a projetos separados do BigQuery.

Comparar o BigQuery Export no Google Analytics 4 e no Universal Analytics

Google Analytics 4 Universal Analytics

Disponível na versão padrão (gratuita) e na 360 (paga)

Limite da versão padrão: 1 milhão de eventos por dia

Limite da versão 360: bilhões de eventos por dia

Disponível na versão 360 (paga)

Custo

Exportação gratuita para o sandbox do BigQuery nos limites do sandbox

Os dados exportados que excedem os limites do sandbox geram cobranças, segundo termos contratuais

Custo

Exportação gratuita para o sandbox do BigQuery nos limites do sandbox

Os dados exportados que excedem os limites do sandbox geram cobranças, segundo termos contratuais

Configuração

Pode incluir fluxos de dados específicos e excluir eventos específicos para cada propriedade

Permite controlar o volume e o custo de exportação

Configuração

Pode vincular uma vista por propriedade

Exporta todos os dados nessa vista

Exportação de streaming

US$ 0,05 por GB (saiba mais sobre os preços do BigQuery)

Tabela criada:

events_intraday_YYYMMDD

A tabela é excluída todos os dias nas seguintes situações:

  • Se você também usa a opção de exportação diária, além de streaming
  • Quando a tabela diária é concluída

Não inclui dados de Campanha do usuário, Origem do usuário ou Mídia do usuário para novos usuários

Exportação de streaming

US$ 0,05 por GB (saiba mais sobre os preços do BigQuery)

Tabela criada:

ga_realtime_sessions_YYYYMMDD

Vista do BigQuery criada:

ga_realtime_sessions_view_YYYYMMDD

Exportação diária

Tabela criada:

events_YYYYMMDD

Exportação diária

Tabelas criadas:

ga_sessions_intraday_YYYYMMDD

  • Atualizadas pelo menos três vezes por dia
  • Cada atualização substitui os dados anteriores
  • Excluídas quando a importação completa do dia seguinte é concluída

ga_sessions_YYYYMMDD

  • Importação diária completa

Exportação (geral)

Preenchimento: não é feito

Conjunto de dados: para cada propriedade vinculada, um conjunto de dados chamado analytics_<property id>

Se você implementou o modo de consentimento, a exportação inclui o seguinte:

  • Pings sem cookies
  • Dados fornecidos pelo cliente (user_id, dimensões personalizadas)

Exportação (geral)

Preenchimento: após a vinculação, é feito o preenchimento de 13 meses de dados ou 10 bilhões de hits, o que for menor

O preenchimento para o sandbox do BigQuery pode conter falhas

Conjunto de dados: para cada vista vinculada, um conjunto de dados recebe o mesmo nome da vista

Esquema de exportação

Cada linha em uma tabela do BigQuery representa um evento

Os dados de eventos são exclusivos do Google Analytics 4

Embora alguns campos do Google Analytics 4 sejam basicamente os mesmos que os campos do Universal Analytics (por exemplo, device.category e device.deviceCategory), há mais diferenças que semelhanças entre os dados de eventos do GA4 e os dados de hits do UA

Esquema de exportação

Cada linha em uma tabela do BigQuery representa uma sessão

Os dados de hits são exclusivos do Universal Analytics

Embora alguns campos do Universal Analytics sejam basicamente os mesmos do Google Analytics 4 (por exemplo, device.deviceCategory e device.category), há mais diferenças que semelhanças entre os dados de hits do UA e os dados de eventos do GA4

 

Recursos relacionados

Acesse o guia do BigQuery para desenvolvedores e saiba mais sobre:

Isso foi útil?

Como podemos melhorá-lo?
Pesquisa
Limpar pesquisa
Fechar pesquisa
Google Apps
Menu principal