Hierarquia de organizações, contas, usuários, propriedades e fluxos de dados

Este artigo faz parte da versão Beta da propriedade App + Web.

Esses recursos serão lançados gradualmente nas próximas semanas.

Neste artigo:

Organizações

Os produtos e usuários estão agrupados em organizações. Uma organização representa uma empresa e permite que você acesse as contas de produto da sua companhia (por exemplo, Google Analytics, Gerenciador de tags, Optimize) e gerencie as permissões dos usuários e as integrações entre vários produtos. Acesse suas organizações em marketingplatform.google.com/home.

As organizações são opcionais, mas recomendadas devido aos benefícios que oferecem. Saiba mais sobre as organizações.

Contas

Uma conta é seu ponto de acesso para o Google Analytics. É possível vincular uma ou mais contas do Google Analytics a uma organização.

Você precisa de pelo menos uma conta para acessar o Google Analytics e identificar as propriedades das quais gostaria de coletar dados. Você escolhe a forma como quer gerenciar a relação entre contas e propriedades. É possível usar um relacionamento um para um de uma conta/uma propriedade ou um relacionamento um para muitos de uma conta/várias propriedades.

Saiba mais sobre como estruturar sua conta com base nas propriedades App + Web.

Você pode ter várias contas do Google Analytics. Se não tiver uma conta, inscreva-se para criar uma em marketingplatform.google.com.

Propriedades

Uma propriedade representa um app ou site.Uma conta pode ter uma ou mais propriedades.

Em uma conta do Google Analytics, você pode adicionar as propriedades escolhidas para coletar dados. Quando você adiciona uma propriedade a uma conta, o Google Analytics gera o snippet de código usado para coletar os dados dessa propriedade. O snippet contém um código exclusivo que identifica os dados da propriedade e facilita a identificação nos seus relatórios.

Quando você coleta dados de um aplicativo, uma propriedade precisa representar um único app lógico, por exemplo, o Gmail. Consulte a seção abaixo para saber sobre como criar os fluxos de dados relevantes para um aplicativo.

Saiba mais sobre como adicionar propriedades à sua conta do Google Analytics.

Fluxos de dados

Um fluxo de dados é um stream de dados do ponto de contato do cliente (por exemplo, aplicativo, site) até o Google Analytics.

Você pode adicionar vários fluxos de dados a uma propriedade, como um stream do seu app para Android, outro do seu app para iOS e outro de cada um dos seus sites. É possível ver nos relatórios todos os dados de vários fluxos ou filtrar para incluir apenas streams específicos.

Os relatórios da propriedade mostram dados a partir da data da criação do stream. Por exemplo, se você criar um fluxo em 1º de junho, os relatórios só incluirão os dados de 1º de junho em diante.

Se você excluir um stream de dados, o Google Analytics preservará os dados históricos, mas não os processará mais. Além disso, não será mais possível usá-los nos filtros de relatório.

Saiba mais sobre como adicionar streams às suas propriedades do Google Analytics.

Diretrizes para criar fluxos de dados do app e da Web

Fluxos do app

Quando você tem uma propriedade que representa um único aplicativo lógico, por exemplo, o Gmail, precisa criar um fluxo do app separado para cada versão desse aplicativo específica à plataforma, como app Gmail da Web, app Gmail para Android e app Gmail para iOS. Você também poderá criar streams de dados para cada versão diferente de um aplicativo específico à plataforma (por exemplo, Gmail para Android versão Alfa, Gmail para Android versão Beta) se quiser filtrar os dados do relatório dessas versões.

É possível criar fluxos do app apenas no projeto do Firebase vinculado à sua propriedade do Google Analytics. Uma propriedade não pode incluir fluxos do app de diferentes projetos do Firebase.

Fluxos da Web

Se a natureza e o volume dos dados de diferentes áreas do seu site variarem muito (por exemplo, entre as páginas de marketing e as páginas que os usuários veem depois de fazer login) e você quiser implementar recursos de avaliação diferentes em cada área, crie fluxos de dados separados e use uma tag em cada página.

Não é necessário criar um fluxo da Web separado para o site de marketing se você quiser entender como os cliques nele geram conversões no seu aplicativo ou site de comércio eletrônico (atribuição).

Se você quiser avaliar o comportamento no seu site de marketing para correlacionar com o comportamento no aplicativo ou site de comércio eletrônico, crie um fluxo da Web separado para seu site de marketing.

Usuários e permissões

É necessário adicionar usuários a uma conta do Google Analytics. Ao fazer isso, você identifica a pessoa por um endereço de e-mail registrado nas Contas do Google e atribui as permissões apropriadas. Dependendo das permissões atribuídas, o usuário pode gerenciar outros usuários, realizar tarefas administrativas (como criar propriedades e filtros adicionais) e ver os dados dos relatórios.

Comparar as hierarquias do Google Analytics e do Firebase

Google Analytics Firebase
Conta (nenhum nível equivalente)
Propriedade Projeto
Fluxo de dados Aplicativo

 

Isso foi útil?
Como podemos melhorá-lo?