Retenção de dados

Os controlos de retenção de dados do Google Analytics permitem-lhe definir durante quanto tempo os dados ao nível do utilizador e do evento são armazenados pelo Google Analytics antes de serem eliminados automaticamente dos servidores do Analytics.

Retenção de dados de utilizadores e eventos

O período de retenção aplica-se a dados ao nível do utilizador e do evento associados a cookies, identificadores de utilizador (por exemplo, User ID) e identificadores de publicidade (por exemplo, cookies do DoubleClick, ID de publicidade do Android, identificador da Apple para anunciantes).

Tenha em atenção que os relatórios agregados padrão do Google Analytics não são afetados. Os dados do utilizador e de eventos geridos por esta definição apenas são necessários ao utilizar certas funcionalidades avançadas, como a aplicação de segmentos personalizados a relatórios ou a criação de relatórios personalizados pouco comuns.

Embora o período de retenção e os controlos de atualização da atividade do utilizador abranjam dados de eventos e ao nível de utilizador armazenados pelo Google Analytics, o Google Analytics elimina, por predefinição, alguns dados com chave de utilizador, após seis meses de inatividade de um determinado utilizador.

Pode escolher a duração do tempo de retenção dos dados pelo Analytics antes de serem automaticamente eliminados:

  • 14 meses
  • 26 meses
  • 38 meses
  • 50 meses
  • Não expiram automaticamente

Quando os dados atingirem o fim do período de retenção, estes são automaticamente eliminados todos os meses.

Se diminuir o período de retenção, quaisquer dados afetados são eliminados durante o processo mensal seguinte. Por exemplo, se alterar de 26 meses para 14 meses, os dados com mais de 14 meses são eliminados durante o processo mensal seguinte.

Contudo, o aumento do período de retenção ou a respetiva alteração para Não expiram automaticamente, não afeta os dados que já recolheu. Por exemplo, os dados recolhidos quando a opção 14 meses estava em vigor vão continuar a ser eliminados 14 meses depois da respetiva recolha, mesmo que altere o período de retenção para 26 meses.

Sempre que modificar o período de retenção, o Analytics aguarda 24 horas antes de implementar a alteração. Durante este período de 24 horas, pode reverter a alteração e os dados não são afetados.

Repor quando existir nova atividade

Ative esta opção para repor o período de retenção do identificador do utilizador a cada novo evento desse utilizador (desta forma, vai definir a data de validade para a data atual mais o período de retenção). Por exemplo, se a retenção de dados for definida para 14 meses mas um utilizador iniciar uma nova sessão todos os meses, esse identificador do utilizador é atualizado mensalmente e nunca atinge a validade de 14 meses. Se o utilizador não iniciar uma nova sessão antes do período de retenção expirar, os dados desse utilizador são eliminados.

Se não pretender repor o período de retenção de um identificador do utilizador quando houver nova atividade desse utilizador, desative esta opção. Os dados associados ao identificador do utilizador vão ser eliminados automaticamente após o período de retenção.

Definir as opções

Tem de ter autorização para Editar a propriedade para definir estas opções.

  1. Inicie sessão no Google Analytics..
  2. Clique em Administração e navegue para a propriedade que pretende editar.
  3. Na coluna PROPRIEDADE, clique em Informações de acompanhamento > Retenção de dados.
  4. Retenção de dados do utilizador: selecione o período de retenção pretendido.
  5. Repor quando existir nova atividade: ative ou desative o interruptor.

Retenção de dados e a métrica Utilizadores

Em fevereiro de 2018, adicionámos a métrica Utilizadores a muitos relatórios adicionais. Como esta métrica é nova nestes relatórios, não temos dados agregados da mesma para todos eles no que toca ao período total. Isto pode afetar os relatórios do histórico: pode ver zeros no que toca às contagens de utilizadores antes do período para o qual agregámos dados dessa métrica.

Começámos a agregar dados para propriedades do 360 a 1 de maio de 2016 e para propriedades padrão a 1 de setembro de 2016.

No entanto, isto não afeta o relatório Vista geral do público-alvo, que agregou dados do utilizador durante um período de tempo muito maior.

Este artigo foi útil?
Como podemos melhorá-la?