Primeiros passos nos relatórios de aplicativos do Google Analytics

Colete dados de análise de comportamento e marketing para seu aplicativo.
Neste artigo:

Criar uma conta

Acesse firebase.google.com para criar uma conta do Firebase e fazer o download do SDK correspondente. Para saber como usar o SDK no seu aplicativo, consulte a documentação do Firebase no Google Developers.

Começar a coletar dados

Depois de integrar o SDK do Firebase com seu aplicativo, os dados básicos de uso do aplicativo passam a ser coletados automaticamente e ficam disponíveis no Google Analytics e no Google Analytics para Firebase. Não é necessário adicionar nenhum código para ativar os eventos coletados automaticamente, por exemplo, a quantidade de primeiros acessos, inícios de sessões ou compras no aplicativo que você recebeu. Assim, é possível ver o tempo que os usuários passaram com seu aplicativo, quantos usuários estavam ativos em um determinado período e a frequência das compras realizadas no aplicativo. As propriedades do usuário também são coletadas.

Seu aplicativo deve registrar esses eventos gerais e os eventos do tipo do aplicativo (por exemplo, varejo e comércio eletrônico, viagens ou jogos). O registro dos eventos junto com os respectivos parâmetros prescritos garante a disponibilidade máxima de detalhes nos relatórios e permite que você aproveite os recursos e das integrações mais recentes do Firebase à medida que eles são disponibilizados. Para registrar eventos, você precisa adicionar outros snippets de código ao seu aplicativo.

Ver seus relatórios

Depois de criar uma conta do Firebase e integrar o SDK do Firebase ao seu aplicativo, faça login no Google Analytics ou no Firebase para ver seus relatórios.

Google Analytics

Para ver os relatórios no Google Analytics, siga estas etapas:

  1. Faça login no Google Analytics..
  2. Navegue até a propriedade do seu aplicativo. A navegação do relatório será atualizada para refletir os relatórios do aplicativo para dispositivos móveis.
    Se seu aplicativo não estiver listado no menu de seleção "Propriedade", você precisará adicioná-lo.
    1. Selecione Criar nova propriedade no menu "Propriedade".
    2. Clique em Aplicativo para dispositivos móveis.
    3. Selecione seu aplicativo do Firebase. Se você não vê o aplicativo que você está procurando, verifique se você é um usuário administrador do aplicativo no Firebase.
    4. Clique em Conectar aplicativo. A navegação do relatório será atualizada e passará a exibir os relatórios do aplicativo para dispositivos móveis.
  3. Selecione o relatório que você quer acessar na navegação do relatório (por exemplo, "Painel", "Eventos", "Públicos").

Firebase

Para ver os relatórios no Firebase, siga estas etapas:

  1. Faça login na sua conta do Firebase acessando firebase.google.com.
  2. Na Página de boas-vindas, selecione seu aplicativo.
  3. Na navegação à esquerda, clique em Google Analytics.
  4. Clique na guia do relatório que você quer acessar (por exemplo, "Painel", "Eventos", "Públicos").

Eventos, conversões, propriedades do usuário e públicos

Há quatro elementos básicos para análise de aplicativos: eventos, conversões, propriedades do usuário e públicos.

  • Os eventos são acionados quando os usuários realizam ações no seu aplicativo. Vários eventos são capturados automaticamente pelo SDK do Firebase. No entanto, é importante adicionar o código para registrar os eventos do seu tipo de aplicativo. O registro desses eventos junto com seus respectivos parâmetros prescritos garante a disponibilidade máxima de detalhes nos relatórios e permite que você desfrute dos recursos e das integrações mais recentes à medida que eles são disponibilizados.
  • As conversões são os eventos mais importantes para sua empresa. Pense nelas como seus indicadores principais de desempenho (IPDs). Quando um evento é marcado como uma conversão, torna-se possível o envio dessas conversões para as redes de anúncios com que você já trabalha, incluindo o Google e as redes externas.
  • As propriedades do usuário são características dos seus usuários. O Firebase captura várias propriedades do usuário padrão. Além disso, é possível criar sua propriedade. Por exemplo, se você quiser acompanhar as equipes esportivas favoritas dos seus usuários, crie uma propriedade de usuário de preferência de equipe e filtre os relatórios com base nesse critério.
  • Os públicos são grupos segmentados de usuários definidos por uma combinação de eventos e propriedades. Por exemplo, convém avaliar métricas apenas para seus usuários de um determinado país.

Próximas etapas

Isso foi útil?
Como podemos melhorá-lo?