Substituir a etiquetagem automática do Campaign Manager/Display & Video 360

Utilize valores UTM personalizados para dados de cliques.
Esta funcionalidade só está disponível no Google Analytics 360, que faz parte da Google Marketing Platform.
Saiba mais acerca da Google Marketing Platform.

Esta funcionalidade está disponível para os utilizadores que tiraram partido da integração do Campaign Manager e/ou da integração de relatórios do Display & Video 360 com o Analytics.

Por predefinição, os dados recebidos do Campaign Manager e do Display & Video 360 são etiquetados da seguinte forma:

  • Campaign Manager:
    • source=dfa (parâmetro utm_source)
    • medium=cpm (exceto tráfego do Search Ads 360 proveniente do Campaign Manager)(parâmetro utm_medium)
    • campaign=nome da campanha do Campaign Manager (parâmetro utm_campaign)
  • Display & Video 360:
    • source=dbm (parâmetro utm_source)
    • medium=cpm (parâmetro utm_medium)

É possível utilizar a funcionalidade de substituição da Etiquetagem automática para definir manualmente source, medium e campaign através de valores personalizados. Por exemplo, é possível alterar source/medium de dfa/cpm para example.com/boletim informativo.

Se ativar a funcionalidade de substituição da Etiquetagem automática, mas não especificar um valor personalizado, o Analytics irá aplicar o valor predefinido. Por exemplo, se utilizar um valor personalizado para utm_source, mas não para utm_medium, o Analytics aplica o valor predefinido a utm_medium.

Tenha em atenção que, se alterar os valores de origem/meio dos dados do Campaign Manager/Display & Video 360, esses dados podem não ser automaticamente classificados como Visualização no seu agrupamento de canais predefinido. Nestas circunstâncias, seria necessário editar o agrupamento de canais para se certificar de que os dados são apresentados no canal pretendido.

Também pode utilizar os valores personalizados de origem, meio e campanha para classificar o tráfego de cliques como pertencente a canais específicos no agrupamento de canais predefinido e no agrupamento de canais do funil multicanal.

Notas:
  • Esta funcionalidade de substituição aplica-se apenas a dados de cliques e não a dados de impressão.
  • Os relatórios Aquisição > Google Marketing Platform (que incluem os relatórios Campaign Manager e Display & Video 360) não são afetados por esta funcionalidade de substituição. Estes relatórios utilizam os valores da segmentação automática.  

 

Para ativar a substituição da etiquetagem automática:

Tem de ter a autorização para Editar para poder editar definições de propriedade.

  1. Inicie sessão no Google Analytics.
    Nota: também pode abrir rapidamente o Analytics a partir da sua conta do Google Ads. Clique no separador Ferramentas, selecione Analytics e siga as restantes instruções.
  2. Clique em Administração e navegue para a propriedade cujas definições pretende editar.
  3. Na coluna PROPRIEDADE, clique em Definições de propriedade.
  4. Expanda Definições avançadas.
  5. Selecione Permitir que a etiquetagem manual (valores UTM) substitua a Etiquetagem automática (valores DCLID).
  6. Clique em Guardar.
A informação foi útil?
Como podemos melhorá-la?