Criar um conjunto de dados

Veja como configurar um contêiner para armazenar e gerenciar seus dados enviados.

Antes de fazer o upload dos dados no Google Analytics, é necessário criar um conjunto de dados do tipo adequado para armazenar e gerenciar essas informações.

Neste artigo:

Passo a passo

Siga estas etapas para definir o esquema e configurar as opções que influenciam como os dados importados são agregados à sua propriedade.

  1. Faça login no Google Analytics.
  2. Clique em Administrador e acesse a propriedade em que você quer fazer o upload de dados.
  3. Na coluna PROPRIEDADE, clique em Importação de dados. A página Conjuntos de dados é exibida.
  4. Clique em CRIAR.
  5. Selecione o tipo de conjunto de dados (por exemplo, "Dados de custo").
  6. Atribua um nome à fonte de dados (por exemplo, "Dados da rede de anúncios").
  7. Selecione uma ou mais Vistas da propriedade nas quais você deseja ver os dados.
  8. Defina o Esquema do conjunto de dados selecionando as dimensões Chave e Segmento.
  9. Selecione o comportamento "Substituir".
  10. Clique em Salvar.

Conceitos básicos sobre conjuntos de dados

 

Clique para ter uma visão geral dos termos e conceitos do conjunto de dados.

O conjunto de dados é um contêiner que armazena os dados enviados ao Google Analytics.

O Tipo do grupo de dados corresponde ao tipo específico de dados que você deseja importar. Por exemplo, há tipos de grupo de dados para dados do usuário, dados de custo, dados de conteúdo etc.

O esquema é a estrutura que agrega os dados enviados aos dados existentes nos seus hits. Os esquemas consistem em dimensões ou métricas chave e de importação.

A chave é usada para corresponder os dados enviados aos hits existentes. A dimensão (ou métrica) de importação recebe os dados adicionais do upload.

O tipo do grupo de dados determina a lista de dimensões e métricas disponíveis.

É necessário que as dimensões/métricas personalizadas usadas no esquema sejam criadas antes da criação do grupo de dados.

Comportamento da importação/Substituir dados de hits controla como os valores de chave duplicados são tratados. Suas opções dependem do tipo de grupo de dados:

Dados de custo

Quando você importa dados cujas chaves correspondem aos dados previamente enviados, selecionar a opção Soma na seção Comportamento da importação adiciona os novos dados aos antigos. Se você selecionar a opção Substituir, os dados anteriores serão substituídos pelos novos.

Outros tipos de grupo de dados

Se você importar dados que já tenham sido integrados aos dados de hit coletados pelo Google Analytics, selecionar Sim, na seção Substituir os dados de hits, fará com que os dados coletados sejam substituídos pelos importados. Ao escolher Não, você descarta os dados do upload e mantém os coletados.

Observação para os usuários da API de gerenciamento

Importar dados por meio da API de gerenciamento requer um código do conjunto de dados único (anteriormente chamado de "ID da origem dos dados personalizados"). O código do conjunto de dados é exibido como uma coluna na página Conjuntos de dados. Você também pode usar o botão Ver o código da fonte de dados personalizada (para usuários da API), localizado na página de edição do conjunto de dados.

Saiba mais sobre como importar dados por meio da API Google Analytics.

Próximas etapas

  1. Escolha o tipo de importação.
  2. Crie um arquivo de upload CSV.
  3. Faça o upload dos dados.
Isso foi útil?
Como podemos melhorá-lo?