Relatórios do Campaign Manager

Analise os seus dados do Campaign Manager com relatórios do Analytics novos e atualizados.
Esta funcionalidade só está disponível no Analytics 360, que faz parte da Google Marketing Platform.
Saiba mais acerca da Google Marketing Platform.

Se for um cliente do Analytics 360 e tiver pedido ao gestor de conta para associar a sua conta do Campaign Manager ao Analytics, verá um novo conjunto de relatórios do Campaign Manager na secção Aquisição > Google Marketing Platform. Além disso, verá a atividade do Campaign Manager nos relatórios Origem/meio, Funis multicanal e Atribuição.

Neste artigo:
Nota: neste artigo, o termo anúncios de visualização refere-se apenas aos seus anúncios de visualização do Campaign Manager.

Diferenças nos modelos de atribuição

Ao analisar os dados da integração de relatórios do Campaign Manager, observe qual o modelo de atribuição utilizado por cada relatório. Os relatórios do Campaign Manager utilizam o modelo no CM (ou seja, o modelo do Campaign Manager). A maior parte dos restantes relatórios do Analytics (como o relatório Origem/meio) utiliza um modelo de atribuição diferente, designado modelo do GA nos relatórios e dimensões de integração de produtos de publicidade da Google Marketing Platform. 

Os relatórios Conversões (relatórios Funis multicanal e Atribuição) utilizam o modelo Última interação por predefinição, que atribui crédito pelas conversões à última interação antes da conversão. Pode comparar outros modelos de atribuição na Ferramenta de comparação de modelos

Modelo no CM 

O modelo no CM atribui sessões do Analytics às campanhas do Campaign Manager ao considerar apenas o Campaign Manager e ao ignorar todos os restantes canais que direcionam tráfego para o seu site. Isto significa que uma sessão do Analytics será mapeada para uma campanha do Campaign Manager se o utilizador tiver visualizado (sessão através da visualização) ou clicado (sessão através de clique) no anúncio do Campaign Manager, em qualquer altura, no período de análise, antes de visitar o seu site.

Exemplo

Se um utilizador visualizar o seu anúncio do Campaign Manager e, em seguida, clicar no anúncio de pesquisa e visitar o seu site, os relatórios do Campaign Manager atribuem a sessão à campanha do Campaign Manager como uma sessão através da visualização. No entanto, todos os restantes relatórios do Analytics (incluindo Origem/meio) atribuiriam esta sessão à pesquisa.

De igual modo, se um utilizador clicar no seu anúncio do Campaign Manager e, em seguida, visitar o seu site, os relatórios do Campaign Manager atribuem a sessão à campanha do Campaign Manager como um clique de destino. Se, no dia seguinte, o mesmo utilizador clicar num resultado da pesquisa orgânica e visitar o seu site, os relatórios do Campaign Manager continuam a atribuir a nova sessão à campanha do Campaign Manager como um clique de destino.

Modelo GA ("Último clique não direto")

A maior parte dos restantes relatórios do Analytics atribui uma Origem/meio a cada sessão com base no modelo Último clique não direto, em que as visitas diretas de visitantes de retorno são ignoradas e atribuídas a uma campanha anterior (se existir).

Exemplo

Se um utilizador clicar no anúncio do Campaign Manager e visitar o seu site, a Origem/meio dessa sessão será dfa/cpm.

No entanto, se, no dia seguinte, o mesmo utilizador clicar num resultado da pesquisa orgânica e visitar o site, o modelo do GA etiqueta a Origem/meio da nova sessão como google/orgânica.

Os relatórios do Campaign Manager

Os relatórios do Campaign Manager incluem todas as sessões de utilizadores expostos aos seus anúncios de visualização durante o período de análise (por exemplo, nos últimos 30 dias ou outro período especificado na interface do Campaign Manager). Por exemplo, se tiver sido apresentada uma impressão do anúncio de visualização a um utilizador na semana passada, a sessão de ontem desse utilizador seria incluída nos relatórios do Campaign Manager.

A percentagem de tráfego gerado pelas pessoas expostas aos seus anúncios do Campaign Manager é apresentada no canto superior esquerdo de qualquer relatório do Campaign Manager.

percentage of traffic from DCM

Neste exemplo, 14,16% do total de sessões advém de pessoas que viram ou clicaram num dos seus anúncios do Campaign Manager. As sessões do Campaign Manager estão divididas em duas categorias: sessão através da visualização e sessão através de clique. As sessões através da visualização advêm de pessoas a quem foi apresentado o seu anúncio, pelo menos, uma vez durante o período de análise. As sessões através de clique advêm de pessoas que clicaram, pelo menos, num dos seus anúncios durante o período de análise.

Utilize o separador Cliques para a análise do ROAS das suas campanhas do Campaign Manager, de forma semelhante ao separador Cliques nos relatórios do Google Ads.

Para importar os dados de custo apresentados neste separador, tem de contactar o representante da sua conta. Tenha em atenção que os dados de custo refletem o que é introduzido no Campaign Manager e não provêm do sistema de faturação. Se não iniciar a importação de dados de custo, não poderá ver dados sobre cliques, impressões ou custos do Campaign Manager nos relatórios do Analytics.

Utilizar os relatórios

Os relatórios do Campaign Manager ajudam a compreender o que acontece depois de as pessoas serem expostas aos seus anúncios de visualização. Por exemplo:

Qual é a taxa de conversão para pessoas que viram um anúncio específico? Aceda ao relatório Anúncios. Clique num dos separadores Conjunto de Objetivos, Comércio eletrónico ou Floodlight e observe a taxa de conversão Através da visualização do anúncio.

As pessoas que previamente clicaram num anúncio permanecem no site mais tempo do que as pessoas que apenas visualizaram anúncios? Aceda ao relatório Anunciantes. Compare a Duração média da sessão das categorias sessão através da visualização e sessão através de clique.

Pode responder a este tipo de perguntas para anúncios, posicionamentos de anúncios, sites, campanhas, criativos e outras dimensões do Campaign Manager específicos. Aceda ao relatório de que necessita ou selecione uma dimensão do Campaign Manager acima da tabela em qualquer relatório.

Utilize o relatório Floodlight para investigar as conversões e a receita do Floodlight das atividades e dos grupos de atividades do Campaign Manager.

O relatório Aquisição > Todo o tráfego > Origem/meio

O relatório Origem/meio inclui todas as sessões de acesso ao seu site. As sessões que resultaram de cliques em anúncios de visualização são agrupadas na Origem/meio dfa/cpm.

O tráfego dfa/cpm mostrado em Origem/meio é diferente do mostrado nos relatórios do Campaign Manager. Os relatórios do Campaign Manager mostram sessões de pessoas previamente expostas aos seus anúncios do Campaign Manager (através de uma impressão ou de um clique). O relatório Origem/meio mostra apenas sessões em que a última visita através de cliques indireta foi do seu anúncio do Campaign Manager.

Utilizar o relatório

Utilize o relatório Origem/meio para:

  • Comparar o tráfego de cliques de anúncios de visualização com outros tipos de tráfego, como o tráfego de palavras-chave pagas e de pesquisa orgânica.
  • Visualizar detalhes para ver métricas de interação e taxas de conversão por anúncio, posicionamento do site e outros atributos do Campaign Manager.

Utilize este relatório para analisar questões como:

Que percentagem de sessões proveio de cliques de anúncios de visualização? Aceda ao relatório Origem/meio. Altere o seletor de gráficos para Percentagem e procure dfa/cpm.

Os utilizadores de anúncios de visualização gastam mais ou menos tempo no site do que os utilizadores da pesquisa orgânica Google? Aceda ao relatório Origem/meio. Compare a Duração média da sessão para dfa/cpm e google/orgânica.

Que anúncio de visualização referenciou tráfego com a taxa de rejeição mais baixa? Aceda ao relatório Origem/meio. Clique em dfa/cpm na tabela. Selecione Anúncio do CM como dimensão principal da tabela. Compare a taxa de rejeição de cada anúncio.

Que posicionamento de visualização envia o tráfego mais qualificado? Aceda ao relatório Origem/meio. Clique em dfa/cpm na tabela. Selecione Posicionamento do CM como dimensão principal da tabela. Compare a taxa de rejeição de cada posicionamento. Em seguida, clique no separador Conjunto de objetivos, Comércio eletrónico ou Floodlight e analise as taxas de conversão de cada posicionamento.

Os relatórios Conversões > Funis multicanal

Os relatórios Funis multicanal são gerados a partir de caminhos de conversão, sequências de cliques e impressões do anúncio durante o período de análise (por exemplo, os últimos 30 dias ou outro período de tempo que tiver especificado na sua interface). Os relatórios incluem apenas sessões que fizeram parte de um funil de conversão. Assim, se um utilizador tiver clicado num dos seus anúncios de visualização, mas nunca tiver regressado ao seu site para converter, essa sessão do anúncio não é incluída nos seus relatórios Funis multicanal.

Utilizar os relatórios

Uma vez que os relatórios incidem exclusivamente sobre as sessões que levaram às conversões, os Funis multicanal fornecem informações sobre o papel desempenhado por essa visualização, bem como o papel desempenhado por anúncios e criativos específicos, entre outros, nas suas conversões. Por exemplo:

Que palavras-chave pesquisaram eventuais clientes depois de verem um anúncio de visualização? Aceda a Conversões > Funis multicanal > Caminhos de Conversão Principais. Clique no filtro CM na parte superior do relatório.

Altere a dimensão principal para Outros > Aquisição > Caminho da palavra-chave (ou Origem/meio). As interações do Campaign Manager são etiquetadas com DFA/CPM nos caminhos. Agora pode ver as pesquisas de palavras-chave que ocorreram após DFA/CPM.

Os relatórios Conversões > Atribuição

A Ferramenta de comparação de modelos permite-lhe comparar diferentes modelos de atribuição de crédito para visualização. Pode escolher de entre vários modelos básicos de atribuição de crédito a cliques de visualização ou pode criar o seu próprio modelo que atribui crédito a cliques e impressões da melhor forma para o seu negócio.

Compare modelos de atribuição para identificar anúncios do Campaign Manager que podem estar sobre ou subvalorizados no atual modelo de atribuição e ajustar os seus investimentos correspondentemente.

Se ativou a atribuição com orientação por dados e cumpre os requisitos, o seu modelo personalizado com orientação por dados incluirá os dados do Campaign Manager.

Utilizar a Ferramenta de comparação de modelos

Para utilizar um modelo de atribuição básico: clique no filtro CM na parte superior do relatório. Selecione um ou mais modelos de atribuição nos menus pendentes acima da tabela. Em seguida, selecione uma dimensão principal para avaliar os aspetos que lhe interessam das campanhas do Campaign Manager, tais como a campanha, o site, o posicionamento, o anúncio ou o criativo.

Para criar um modelo personalizado: selecione Criar novo modelo personalizado a partir do menu pendente Selecionar modelo. Dê um nome ao modelo e escolha um dos cinco modelos base para determinar a distribuição de crédito em pontos de contacto no caminho de conversão.

Utilize a secção Ajustar crédito para impressões para definir uma regra geral de valorização das impressões. Se desejar, utilize a Opção avançada para especificar um nível diferente de crédito para impressões que precedem uma sessão dentro de um determinado período de tempo. Por exemplo, pode atribuir o valor de 1/10 de um clique a todas as impressões, mas atribuir o valor de 1/5 às impressões que ocorrem no espaço de dois minutos após o início de uma sessão.

Utilize as secções Ajustar crédito com base na interação do utilizador e Aplicar regras de crédito personalizadas para continuar a personalizar o seu modelo de atribuição.

Dados de conversão Floodlight

No separador Explorador, clique na opção Floodlight para ver dados de conversão Floodlight na maioria dos restantes relatórios. Também pode selecionar as dimensões e métricas Floodlight ao criar relatórios e segmentos personalizados.

Recursos relacionados

Saiba mais sobre o Campaign Manager e o Analytics:

Saiba mais acerca das funcionalidades e dos relatórios mencionados neste artigo:

A informação foi útil?
Como podemos melhorá-la?