Como se define uma sessão Web no Analytics

As informações neste artigo aplicam-se apenas ao acompanhamento Web. Os cálculos não se aplicam se estiver a recolher dados com um SDK do Analytics para um SO para dispositivos móveis. Saiba mais acerca de sessões em aplicações.

É importante compreender o conceito de sessão no Analytics, uma vez que muitas funcionalidades, relatórios e métricas dependem do modo como o Analytics calcula as sessões.

Neste artigo:

Descrição geral

Uma sessão é um grupo de interações de um utilizador com o seu Website que ocorrem num dado período de tempo. Por exemplo, uma única sessão pode conter várias visualizações de página, eventos, interações sociais e Transações de comércio eletrónico. Saiba mais acerca dos diferentes tipos de pedido no Analytics.

Pode pensar numa sessão como sendo um contentor das ações efetuadas por um utilizador no seu site.

Many interactions can happen within one visit.

Um mesmo utilizador pode abrir várias sessões. Essas sessões podem ocorrer no mesmo dia ou em vários dias, semanas ou meses. Assim que uma sessão termina, surge uma oportunidade de iniciar uma nova. Existem dois métodos que determinam o fim de uma sessão:

  • Expiração baseada no tempo
    • Após 30 minutos de inatividade
    • À meia-noite
  • Alteração da campanha:
    • Se um utilizador chegar através de uma campanha, sair e, depois, voltar através de uma campanha diferente.

Expiração baseada no tempo

Quanto tempo dura uma sessão?

Por predefinição, uma sessão termina após 30 minutos de inatividade, mas pode ajustar este limite para que uma sessão dure alguns segundos ou várias horas. Saiba mais acerca de ajustar as definições de sessões.

Quando um utilizador, por exemplo, o Bruno, chega ao seu site, o Analytics começa a contar o tempo nesse momento. Se passarem 30 minutos sem qualquer tipo de interação do Bruno, a sessão termina. No entanto, sempre que o Bruno interage com um elemento (como um evento, uma interação social ou uma nova página), o Analytics repõe a validade ao adicionar mais 30 minutos a partir do momento dessa interação.

Exemplo

Suponha que o Bruno interage com o seu Website nos intervalos seguintes:

A series of standard interactions and the visit expiry.

Após o evento 2, a validade da sessão é definida como 14:34

Quando o Bruno acede pela primeira vez ao seu site, a validade da sessão é definida como 14:31. À medida que o Bruno navega no seu site, a visualizar páginas e a acionar eventos, cada um destes pedidos adicionais prolonga a validade em 30 minutos.

O que acontece se durante uma sessão no meu site, o Bruno deixar uma página aberta enquanto faz uma pausa de 31 minutos para o almoço e, em seguida, regressar para continuar a navegar no site?

Neste cenário, a primeira sessão aberta quando o Bruno acedeu ao site termina 30 minutos após o início da sua pausa para o almoço. Quando ele regressa do almoço e continua a navegar no Website, o Google Analytics define uma nova validade de 30 minutos, o que inicia uma nova sessão.

A new visit starts if a user doesn

O Bruno estava a meio da compra de um produto quando saiu do seu site para ir almoçar. Regressou mais tarde para concluir a transação. A página de destino da nova sessão é a página adicionar ao carrinho.

O que acontece se o Bruno deixar uma página aberta no meu site, mas só fizer uma pausa para almoço de 29 minutos antes de continuar a navegar?

Quando o Bruno regressar, a sessão que ficou aberta continua a partir da última página que ele estava a visualizar no seu site (desde que não regresse através de outra origem de campanha; abordaremos esta questão mais abaixo). No que diz respeito ao Google Analytics, ele nunca saiu do seu Website.

If a user continuous interacts with content and only pauses within the specified time limit, the visit keeps going.

O Bruno estava a meio da compra de um produto quando saiu do seu site para ir almoçar. A diferença desta vez é que, como regressou em menos de 30 minutos, a sessão permaneceu aberta. Vale a pena referir que o seu tempo na página para a visualização de página 2 (produto) corresponde a 29 minutos, dado que o tempo na página é calculado como a diferença entre o início de visualizações de página sucessivas: visualização de página 3 - visualização de página 2 (14:31 - 14:02 = 00:29).

Validade de fim do dia

O Bruno visita o seu Website às 23:50 de 14 de agosto e sai do Website às 00:10 de 15 de agosto.

A primeira sessão termina às 23:59:59 do dia 14 de agosto e a segunda sessão começa às 00:00 do dia 15 de agosto.

O fim do dia é determinado pelas definições de fuso horário da sua visualização de propriedade.

Expiração baseada na campanha

Sempre que a origem da campanha de um utilizador é alterada, o Analytics abre uma nova sessão. É importante ressaltar que, mesmo que uma sessão existente continue aberta (ou seja, com menos de 30 minutos decorridos), se a origem da campanha for alterada a meio da sessão, a primeira sessão é fechada e é aberta uma nova.

Suponhamos que o Bruno abre o seu Website pela ordem seguinte:

Two separate sessions, with two unrelated interactions.

O Google Analytics armazena as informações da origem da campanha. Sempre que o valor da campanha é atualizado, o Google Analytics abre uma nova sessão. No exemplo acima, o Bruno acede pela primeira vez ao seu Website através da palavra-chave orgânica do Google Widgets vermelhos e, mais tarde, regressa através da palavra-chave paga do Google Widgets azuis.

Cada termo de pesquisa atualiza a campanha e, por isso, cada palavra-chave corresponde a uma nova sessão.

O que provoca atualizações à campanha?

De uma maneira geral, a campanha é atualizada sempre que o utilizador acede ao seu site através de um motor de pesquisa, de um Website de referência ou do URL etiquetado de uma campanha. No entanto, o tráfego direto nunca atualiza nem substitui uma origem de campanha existente, como um motor de pesquisa, um site de referência ou informações etiquetadas da campanha.

Etiquetagem automática do Google Ads

No caso da etiquetagem automática do Google Ads, cada clique gera um valor de campanha único (um valor gclid). Como cada clique tem o seu próprio valor gclid, cada clique é tratado como uma campanha separada e cria uma nova sessão.

Referências

É criada uma nova campanha sempre que um utilizador clicar num link para aceder ao seu site a partir de um site de referência.

Se o Bruno visitar a.com e clicar num link para aceder ao seu site, inicia uma sessão atribuída a uma referência de a.com. Se, imediatamente a seguir, o Bruno visitar b.com e clicar num link para aceder ao seu site, ele inicia uma nova sessão atribuída a uma referência de b.com.

Pode utilizar as exclusões de referências para evitar que referências de determinados sites criem novas sessões.

Etiquetas da campanha

A prática recomendada é utilizar etiquetagem automática em vez de etiquetas de campanha manuais, mas suponhamos que etiquetou manualmente as suas campanhas do Google Ads com um URL de destino como este:

http://www.example.com/?utm_source=google&utm_medium=cpc&utm_campaign=camp1&utm_term=keyword&utm_content=content

O Bruno clica no seu anúncio, que regista uma nova sessão para o primeiro clique. No entanto, ao contrário da etiquetagem automática, em que vários cliques no anúncio podem gerar várias sessões correspondentes, os valores dos parâmetros de campanhas etiquetadas manualmente permanecem iguais para cada clique, pelo que a campanha não é atualizada para cada clique. Isto permite ter vários cliques no anúncio e apenas uma sessão.

Se anuncia em redes de publicidade de terceiros e utiliza etiquetas de campanha manuais, deve ter em conta que cada clique de um mesmo utilizador nessas redes pode não gerar uma sessão correspondente (caso os cliques adicionais ocorram no período de 30 minutos). Esta é uma causa comum das discrepâncias nos dados entre os relatórios do Analytics e de outros produtos.

Tráfego direto

Finalizamos com uma rápida referência ao tráfego direto no Google Analytics. O tráfego direto como origem de campanha nunca substitui uma origem de campanha conhecida existente como aconteceria com um motor de pesquisa, uma referência ou uma origem de campanha.

O tráfego direto que interaja com o conteúdo no período de 30 minutos da sessão tem o mesmo efeito que abandonar o Website por menos de 30 minutos. A sessão existente abre e prossegue a partir do ponto em que foi abandonada.

Tenha em atenção que os relatórios de funil multicanal processam o tráfego direto de forma diferente de outros relatórios do Analytics.

Cálculo de métricas: Sessões e Novos utilizadores

O valor da métrica Sessões pode ser inferior ao valor de Novos utilizadores. Isto deve-se ao facto de o valor de Sessões não ser incrementado quando a sessão consiste apenas em eventos de não-interação. Pelo contrário, o valor de Novos utilizadores é sempre incrementado quando ocorre uma nova sessão de utilizador, ainda que essa sessão consista apenas em eventos de não-interação.

A informação foi útil?
Como podemos melhorá-la?