Sobre a amostragem de dados

Na análise de dados, a amostragem consiste em analisar um subconjunto de todos os dados para descobrir as informações significativas no conjunto de dados maior. Por exemplo, se você quisesse estimar o número de árvores em uma área de 100 acres na qual a distribuição de árvores é bastante uniforme, poderia contar o número de árvores em 1 acre e multiplicá-lo por 100 ou contar as árvores em meio acre e multiplicar esse número por 200 para ter uma representação precisa dos 100 acres.

Este artigo explica as circunstâncias nas quais o Google Analytics aplica a amostragem de sessões aos seus dados para fornecer relatórios precisos rapidamente.

 

Neste artigo:

Limites de amostragem

Os relatórios padrão não estão sujeitos à amostragem.

As consultas ad hoc dos seus dados estão sujeitas aos seguintes limites gerais de amostragem:

  • Google Analytics Standard: 500.000 sessões no nível da propriedade para o período utilizado
  • Analytics 360: 100 milhões de sessões no nível da vista para o período utilizado

    Os limites do Analytics 360 variam de acordo com o modo como as consultas são configuradas. Para informações detalhadas, entre em contato com a equipe de suporte do Analytics 360.

Quando a amostragem é aplicada

As seções a seguir explicam onde haverá amostragem de sessão em relatórios do Google Analytics.

Relatórios padrão

O Google Analytics possui um conjunto de relatórios padrão pré-configurados listados no painel esquerdo, em Público, Aquisição, Comportamento e Conversões.

O Google Analytics armazena um conjunto de dados completo e não filtrado para cada propriedade em cada conta. Para cada vista de relatórios em uma propriedade, o Google Analytics também cria tabelas de dimensões e métricas agregadas a partir dos dados completos e não filtrados. Quando você gera um relatório padrão, o Google Analytics consulta as tabelas de dados agregados para fornecer rapidamente resultados sem dados de amostra.

O Google Analytics adiciona novos relatórios periodicamente e, às vezes, faz mudanças na maneira como as métricas são calculadas. Se o período de um relatório incluir um horário que antecede a adição de um relatório ou a mudança de um cálculo de métrica, o Google Analytics poderá emitir uma consulta ad hoc e os dados poderão ser analisados por amostragem.

Os dados são analisados por amostragem quando os relatórios com as métricas "Usuários" e "Usuários ativos" incluem dados anteriores a setembro de 2016. Saiba mais

Os relatórios padrão não possuem dados de amostra no Google Analytics padrão e no Analytics 360. No entanto, se você usar o recurso de substituição de UTM, poderá ocorrer amostragem em alguns dos relatórios do Google Ads.

Relatórios ad hoc

Você gerará uma consulta ad hoc dos dados do Google Analytics se modificar um relatório padrão (por exemplo, ao aplicar um segmento, um filtro ou uma dimensão secundária) ou criar um relatório personalizado com uma combinação de dimensões e métricas que não existem em um relatório padrão.

Primeiro, o Google Analytics consulta as tabelas de dados agregados para ver se todas as informações solicitadas pela sua consulta ad hoc estão disponíveis nelas. Se não estiverem, o Google Analytics consultará o conjunto de dados completo e não filtrado para atender à solicitação de consulta.

As consultas ad hoc estarão sujeitas à amostragem se o número de sessões do período usado exceder o limite do seu tipo de propriedade.

O algoritmo de amostragem usa uma fração dos dados completos, que é proporcional à distribuição diária das sessões da propriedade no período usado. Por exemplo, se a taxa de amostragem das sessões for 25% em um período de cinco dias, a amostra incluirá 25% das sessões de cada dia:

  Segunda-feira Terça-feira Quarta-feira Quinta-feira Sexta-feira
Total de sessões 200.000 100.000 200.000 300.000 200.000
Amostra de 25% 50.000 25.000 50.000 75.000 50.000

 

A taxa de amostragem varia a cada consulta, dependendo do número de sessões para determinada vista durante um período.

Quando a amostragem está ativada, você vê esta mensagem na parte superior do relatório: Este relatório se baseia em N% das sessões.

Selecione uma das duas opções exibidas à direita da mensagem para alterar o tamanho da amostragem:

  • Maior precisão: usa o maior tamanho de amostragem possível para fornecer resultados que representam seu conjunto de dados completo da maneira mais precisa.
  • Resposta mais rápida: usa um tamanho de amostragem menor para fornecer resultados mais rápidos.
Sampling controls: Greater precision or Faster response
Controles de amostragem.

Outros relatórios

A amostragem funciona de modo diferente para esses relatórios em comparação com os relatórios padrão ou as consultas ad hoc.

Relatórios de funil multicanal e de atribuição

Assim como ocorre nos relatórios padrão, a amostragem só será aplicada se você modificar o relatório, por exemplo, ao alterar a janela de lookback, alterar quais conversões são incluídas ou adicionar um segmento ou uma dimensão secundária. Se você fizer qualquer modificação no relatório, será retornada uma amostra máxima de um milhão de conversões.

Relatórios de Visualização de navegação

Os Relatórios de Visualização de navegação (Fluxo de usuários, Fluxo de comportamentos, Fluxo de eventos, Fluxo da meta) são gerados a partir de, no máximo, cem mil sessões para o período selecionado.

Os Relatórios de Visualização de navegação, incluindo as taxas de conversão, entrada e saída, podem ser diferentes dos resultados nos Relatórios de comportamentos e de conversão padrão, que se baseiam em outro conjunto de amostras.

Filtros e segmentos

O Google Analytics Standard e o Analytics 360 fazem a amostragem dos dados de sessões no nível da vista, após a aplicação dos filtros de vista. Por exemplo, se os filtros das vistas incluírem ou excluírem sessões, a amostra será coletada somente a partir dessas sessões.

O Google Analytics Standard e o Analytics 360 criam os segmentos depois da aplicação dos filtros de relatórios e da amostragem. Isso significa que um segmento pode incluir um número menor de sessões do que aquele incluído na amostra geral.

Como trabalhar com o tamanho da amostra

Use os controles para alternar entre o tamanho máximo de amostra, para gerar um relatório mais preciso, ou um tamanho menor, para ter uma resposta mais rápida à sua consulta.

Uma opção para evitar a amostragem é reduzir o período do seu relatório até que o número de sessões fique abaixo do limite de amostragem, se seu volume de dados permitir.

Se você usa o Google Analytics 360, tem mais duas opções para gerar relatórios sem dados de amostra:

Este artigo foi útil para você?
Como podemos melhorá-lo?