Coleta de dados regionais

O Google Analytics usa data centers regionais para garantir que as medições dos seus usuários da Web e de apps para dispositivos móveis sejam enviadas ao Google Analytics com a maior rapidez e segurança possíveis.

Como funciona

Quando o Google Analytics estabelece uma conexão com o data center do Google mais próximo, os dados de medição são enviados ao Analytics por uma conexão HTTPS criptografada. Nas centrais de coleta, os dados são criptografados mais uma vez antes de serem encaminhados aos servidores de processamento do Google Analytics e disponibilizados para você na plataforma.

Os endereços IP são usados para determinar o melhor data center local.

No Google Analytics 4, os endereços IP são usados no momento da coleta para determinar as informações de local (país, cidade, latitude e longitude da cidade) e, depois, são descartados antes de registrar dados em qualquer data center ou servidor.

No Universal Analytics, é possível ativar a anonimização de IP. Quando os endereços IP são anonimizados, isso ocorre antes dos dados serem registrados em qualquer data center ou servidor.

Saiba mais sobre a anonimização de IP.

Saiba mais sobre os locais dos nossos data centers.

Vantagens

A coleta de dados regionais melhora a performance dos seus sites e apps para dispositivos móveis minimizando a distância e o tempo total necessários para o envio de informações aos data centers do Google por uma conexão segura.

Além disso, com a coleta de dados regionais e a infraestrutura de data centers do Google, é possível ter redundância para que, no caso raro de um data center local ficar indisponível, outro data center na região possa continuar a atender e oferecer suporte aos usuários.

Isso foi útil?
Como podemos melhorá-lo?
Pesquisa
Limpar pesquisa
Fechar pesquisa
Google Apps
Menu principal
Pesquisar na Central de Ajuda
true
69256
false