[GA4] Acerca das conversões modeladas

A Google utiliza a modelagem para estimar conversões online que não podem ser observadas diretamente. A modelagem permite uma atribuição de conversão exata sem identificar os utilizadores (por exemplo, devido à privacidade do utilizador, a limitações técnicas ou quando os utilizadores mudam de dispositivo). A inclusão de conversões modeladas permite à Google oferecer relatórios mais precisos, otimizar campanhas publicitárias e melhorar os lances automáticos.

Como funcionam as conversões modeladas

Os modelos da Google procuram tendências entre as conversões que foram diretamente observadas e as que não foram. Por exemplo, se as conversões atribuídas num navegador são semelhantes às conversões não atribuídas de outro navegador, o modelo de aprendizagem automática prevê a atribuição geral. Com base nesta previsão, as conversões são agregadas para incluir as conversões modeladas e as observadas.

Abordagem por modelagem de conversões da Google

Verifique a precisão e comunique alterações

A validação do holdback (uma prática recomendada da aprendizagem automática) mantém a precisão dos modelos da Google. As conversões modeladas são comparadas com as conversões observadas que foram retidas e essa informação é utilizada para ajustar os modelos. A Google comunica as alterações que podem ter um grande impacto nos seus dados.

Mantenha relatórios rigorosos

As conversões modeladas só são incluídas quando existe uma elevada confiança de qualidade. Se não existir tráfego suficiente para informar o modelo, as conversões modeladas não são comunicadas (ou, no caso do Google Analytics, são atribuídas ao canal "Direto"). Esta abordagem permite à Google recuperar a perda de observabilidade, ao mesmo tempo que evita a previsão em excesso.

Personalização em função da sua empresa

O algoritmo de modelagem mais geral da Google é aplicado em separado para refletir o comportamento único da sua empresa e clientes.

Não identifique utilizadores individuais

A Google não permite IDs de pegada digital ou outras tentativas de identificar utilizadores individuais. Em vez disso, a Google agrega dados (como o histórico das taxas de conversão, tipo de dispositivo, hora do dia, dados geográficos, etc.) para prever a probabilidade das conversões.

Conversões modeladas em propriedades do Google Analytics 4

A sua propriedade do Google Analytics 4 começou a incluir conversões modeladas em vários canais no final de julho de 2021. Os dados anteriores a essa data não são afetados.

Os principais relatórios (como os relatórios Evento, Conversões e Atribuição) e o Explorações, onde pode selecionar dimensões ao nível do evento, irão incluir dados modelados. Estes relatórios atribuem automaticamente eventos de conversão em vários canais com base numa combinação de dados observados quando possível e dados modelados quando necessário.

Exemplos de modelagem de conversões

  • Nos navegadores que não permitem que as conversões sejam medidas com cookies de terceiros, as conversões são modeladas com base no tráfego dos seus Websites.
  • Nos navegadores que limitam o período para os cookies originais, as conversões (para além desse período) são modeladas.
  • Alguns países exigem o consentimento para utilizar cookies para atividades de publicidade. Quando os anunciantes utilizam o modo de consentimento, as conversões são modeladas para os utilizadores que não deram consentimento.
  • A Política App Tracking Transparency (ATT) da Apple exige que os programadores obtenham autorização para utilizar determinadas informações de outras apps e Websites. A Google não utiliza informações (como o IDFA) estipuladas na política ATT. As conversões cujos anúncios têm origem no tráfego afetado pela ATT são modeladas.
  • Quando a interação com anúncios e a conversão ocorrem em dispositivos diferentes, as conversões podem ser modeladas.
  • A modelagem de conversões abrange eventos baseados em cliques e visualizações envolvidas para o YouTube, para ajudar na atribuição de conversões através de visualização envolvida (CAVE).
  • Todas as conversões importadas para o Google Ads a partir de propriedades do Google Analytics 4 associadas irão incluir modelagem.

Sugestão

Ao consultar os relatórios do Google Analytics, tenha em atenção que os dados de conversão atribuídos a cada canal ainda podem ser atualizados até 7 dias após o registo da conversão. (Isto deve-se ao facto de o Analytics estar a processar esses dados e a utilizá-los para a preparação do modelo.) Para uma maior precisão, selecione um intervalo de datas que não inclua os últimos sete dias.

Recursos relacionados

A informação foi útil?
Como podemos melhorá-la?
false
Pesquisa
Limpar pesquisa
Fechar pesquisa
Google Apps
Menu principal
Pesquisar no Centro de ajuda
true
69256
false
false