[GA4] Guia de implementação do Gerenciador de tags do Google

Este artigo é destinado a proprietários de sites que querem receber orientações detalhadas sobre implementação. Partimos do princípio que você já criou uma propriedade do Google Analytics 4. Se você quiser apenas adicionar medição básica à sua página, leia este artigo.
Neste artigo:

Ativar a coleta de dados básicos

Para ativar a coleta de dados básicos de eventos (incluindo exibições de página e outros eventos de medição automática e otimizada) em um fluxo de dados da Web, implante a tag "Google Analytics: configuração do GA4" em todas as páginas que precisam ser medidas. A tag inicializa o Google Analytics para sua propriedade do Google Analytics 4, define cookies do Google Analytics e envia eventos de medição automática e avançada (incluindo exibições de página).

Para criar uma tag de configuração do GA4, siga estas etapas:

  1. Clique em Tags e Nova.
  2. Selecione Configuração da tag.
  3. Selecione Google Analytics: configuração do GA4.
  4. Insira seu código da avaliação.
  5. Opcional: adicione todos os parâmetros que você quer configurar em Campos a serem definidos. Use os nomes dos parâmetros de eventos recomendados para ter melhores resultados.
  6. Opcional: adicione todas as propriedades do usuário personalizadas que você quiser configurar em Propriedades do usuário. Observação: o Google Analytics registra automaticamente algumas propriedades do usuário. É possível configurar até 25 propriedades do usuário adicionais por propriedade do Google Analytics 4.
  7. Opcional: use a opção Configurações avançadas para definir uma prioridade de disparo de tags ou use o sequenciamento de tags para ajudar a garantir que a tag de configuração seja disparada antes de qualquer outra tag de evento que exija uma tag de configuração.
  8. Clique em Acionamento e selecione os acionadores apropriados que ativariam a tag (por exemplo: "Todas as páginas"), para que a tag de configuração seja disparada em todas as páginas do seu site.
  9. Salve a configuração da tag e publique o contêiner.

Eventos

Em uma propriedade do Universal Analytics implementada via gtag.js ("UA-XXXXXXXX"), os eventos são implementados como um tipo de hit diferente, usando as dimensões "Categoria do evento", "Ação" e "Rótulo" e o valor do evento da métrica. Quando coletados, eles aparecem nos seus relatórios e não há limites para o número de valores de evento, dimensão e métrica diferentes.

Em uma propriedade do Google Analytics 4, cada "hit" é um "evento", o que significa que não há mais uma distinção entre tipos de hit.

Tipos de evento em uma propriedade do Google Analytics 4

Os eventos do Google Analytics 4 se enquadram em quatro categorias: medição otimizada e eventos recomendados, personalizados e coletados automaticamente.

  1. Os eventos coletados de forma automática são reunidos com a coleta de dados básicos.
  2. A medição otimizada disponibiliza eventos que podem ser ativados e desativados usando a interface do administrador em uma propriedade do Google Analytics 4. Os eventos de medição otimizada NÃO EXIGEM que você adicione/modifique código na Web ou no app.
    • Quando os eventos são/permanecem implementados de forma individual e também são coletados pela medição otimizada, eles são registrados duas vezes.Se você estiver enviando um evento a uma propriedade do Universal Analytics e outra do Google Analytics 4, a solução será incluir um parâmetro "send_to" no evento especificando o ID da propriedade relevante do Universal Analytics. Dessa forma, o evento será transmitido somente para a propriedade do Universal Analytics, não para a do Google Analytics 4.
    • Observação técnica: a medição otimizada não se baseia nos IDs ou classes de HTML, ao contrário das situações em que eles foram usados como acionadores ou variáveis de eventos, como cliques em links e downloads pelo Gerenciador de tags do Google.

  1. Eventos recomendados são aqueles que você implementa manualmente, mas com nomes e parâmetros predefinidos pelo Google. Eles dão acesso a recursos de relatórios existentes e futuros que não estão disponíveis para eventos personalizados (aqueles que você nomeia). Os eventos recomendados estão disponíveis para:
  1. Os eventos personalizados são aqueles que você nomeia e implementa.

Práticas recomendadas ao implementar eventos

  1. Sempre que possível, use eventos coletados e otimizados automaticamente em vez de implementar seus próprios eventos.
  2. Se o evento desejado não for coletado de forma automática e não for disponibilizado como parte da medição otimizada, procure um que seja recomendado para implementação.
  3. Apenas implemente um evento personalizado se (1) e (2) não atenderem às suas necessidades.

Crie um inventário com todos os eventos que estão sendo usados na sua propriedade do Universal Analytics e veja se os eventos de medição otimizada e coletados automaticamente atendem às necessidades da propriedade do Google Analytics 4. Concentre-se nesses eventos primeiro, porque eles NÃO precisam ser codificados manualmente para a migração.

Eventos implementados de forma manual (ou seja, eventos recomendados e personalizados)

A estrutura de dados dos eventos é diferente entre as propriedades do Google Analytics 4 e do Universal Analytics.

  • Em uma propriedade do Universal Analytics, os eventos têm os campos "Categoria do evento", "Ação do evento", "Rótulo do evento" e "Valor do evento", e é possível adicionar dimensões personalizadas.
  • Em uma propriedade do Google Analytics 4, um evento implementado manualmente consiste em "Nome do evento", parâmetros coletados de forma automática e parâmetros especificados manualmente. Esse parâmetros especificados de forma manual substituem os campos de evento de uma propriedade do Universal Analytics e também podem ser usados para especificar outras informações.

Adicionar parâmetros personalizados e eventos recomendados/personalizados

Se você usa tags do Universal Analytics para coletar eventos que podem ser coletados de forma automática pela medição otimizada, use os eventos de medição otimizada em vez de implementá-los manualmente. Se esses eventos não atenderem às suas necessidades, siga as etapas abaixo para configurar as tags de evento do Google Analytics 4.

A tag de evento do Google Analytics 4 permite enviar eventos personalizados para o Google Analytics, além daqueles que são enviados automaticamente ou pela medição otimizada. Por exemplo, se você quiser coletar dados de profundidade de rolagem mais detalhados do que os fornecidos pela medição otimizada, acione uma tag de evento do Google Analytics 4 com base no acionador de profundidade de rolagem do Gerenciador de tags.

Para criar uma tag de evento do Google Analytics 4, faça o seguinte:

  1. Clique em Tags e Nova.
  2. Selecione Configuração da tag.
  3. Selecione Google Analytics: evento do GA4.
  4. Em Tag de configuração, escolha a tag criada anteriormente.
  5. Para Nome do evento, especifique o nome do evento. Use os nomes de eventos recomendados para ter melhores resultados.
  6. Opcional: insira os parâmetros de evento. Use os nomes dos parâmetros de eventos recomendados para ter melhores resultados.
    1. Clique em Adicionar linha.
    2. Insira um Nome de parâmetro.
    3. Insira um Valor.
    4. Repita até que todos os parâmetros desejados tenham sido adicionados.
  7. Opcional: adicione todas as propriedades do usuário personalizadas que você quiser configurar em Propriedades do usuário. Observação: o Google Analytics registra automaticamente algumas propriedades do usuário. É possível configurar até 25 propriedades do usuário adicionais por propriedade do Google Analytics 4.
  8. Opcional: use Configurações avançadas para definir uma Prioridade de disparo de tags ou o Sequenciamento de tags, garantindo que a tag de configuração seja disparada antes de qualquer outra tag de evento que exija uma tag de configuração.
  9. Clique em Acionamento e selecione os eventos apropriados que acionariam a tag.
  10. Salve a configuração da tag e publique o contêiner.

Exemplo de configuração da tag de evento:

  • Nome do evento: scroll
  • Nome do parâmetro: percent_scrolled
  • Valor do parâmetro: {{Scroll Depth Threshold}} (preenchido por uma variável incorporada)
Use a opção Configurações avançadas e Sequenciamento de tags para especificar que uma tag de evento precisa ser disparada após uma tag de configuração.

Siga o esquema recomendado de eventos sempre que possível ao definir os nomes de eventos e parâmetros. Veja o exemplo mostrado abaixo. O esquema completo pode ser acessado aqui.

Evento Acionado Parâmetros
login quando um usuário faz o login. method
purchase quando um usuário conclui uma compra. transactions_id, value, currency, tax, shipping, items, coupon
refund quando um usuário recebe um reembolso. transactions_id, value, currency, tax, shipping, items
search quando um usuário pesquisa seu conteúdo. search_term
select_content quando um usuário seleciona um conteúdo. content_type, item_id
share quando um usuário compartilha um conteúdo. content_type, item_id
sign_up

quando um usuário se inscreve.

Permite que você veja quais métodos de inscrição (por exemplo: Conta do Google, endereço de e-mail etc.) são os mais usados.

method

Diretrizes adicionais de implementação

Tipos de tag

O Universal Analytics tem apenas um tipo de tag, enquanto o Google Analytics 4 tem dois tipos: a tag de evento e a de configuração do GA4.

  • A tag de evento do GA4 faz referência à tag de configuração e, portanto, depende dela.
  • No tempo de execução, a tag de configuração precisa ser disparada antes da tag de evento.

Para garantir que a tag de configuração seja disparada antes da de evento, atribua um acionador de tag de configuração que seja anterior ao acionador da tag de evento.

Sobreposição com parâmetros coletados automaticamente

Por padrão, os eventos nas propriedades do Google Analytics 4 coletam automaticamente vários parâmetros de evento. São eles:

  • language
  • page_location
  • page_referrer
  • page_title
  • screen_resolution

Além disso, os eventos coletados de forma automática também incluem vários parâmetros coletados automaticamente. É possível que você colete alguns desses parâmetros como dimensões personalizadas na sua propriedade do Universal Analytics. No entanto, para sua propriedade do Google Analytics 4, não os especifique manualmente como parâmetros, porque eles são coletados de forma automática.

Métricas/dimensões personalizadas

As métricas e dimensões personalizadas do Universal Analytics são mapeadas para parâmetros de eventos do Google Analytics 4 ou propriedades do usuário, dependendo do escopo. Para transferir as métricas/dimensões personalizadas das tags do Universal Analytics às tags do Google Analytics 4, faça o seguinte:

  • Escopo do hit → atribuir à tag de evento do GA4 como eventos ou parâmetros.
  • Escopo da sessão → nas propriedades do Google Analytics 4, não é necessário usar o escopo da sessão, já que os valores de dimensão e métrica são mapeados em grande parte para propriedades do usuário e eventos ou parâmetros.
  • Escopo do usuário → atribuir à tag de configuração do GA4 como propriedades do usuário, para atribuir à tag de evento do GA4 usando o parâmetro "user_properties" em "Campos a serem definidos".
  • Escopo do produto → mapear para parâmetros de comércio eletrônico.

Manter as configurações nos eventos

O Universal Analytics usa uma variável "Configurações do Google Analytics" para manter as configurações de tag (por exemplo, ID de acompanhamento, domínio do cookie ou desativação dos Recursos de publicidade) que precisam ser consistentes nas tags do Universal Analytics. Da mesma forma, você pode manter as configurações entre as tags de evento do GA4 usando a tag de configuração do GA4. As tags de evento do GA4 herdam os parâmetros e as propriedades do usuário da tag de configuração do GA4 vinculada.

Interação entre o código da gtag.js na página e as tags do GA4 no Gerenciador de tags

Se você tiver uma implementação da gtag.js e da tag do GA4 no Gerenciador de tags na mesma página, o código da g.tag.js poderá afetar as tags do GA4 no Gerenciador. Alguns parâmetros de configuração, como "cookie_prefix" ou "allow_ad_personalization_signals", atribuídos pelo comando gtag('set', paramName, paramValue) na página, propagam os parâmetros das tags do GA4 acionadas pelo Gerenciador de tags.

Isso foi útil?
Como podemos melhorá-lo?
Pesquisa
Limpar pesquisa
Fechar pesquisa
Google Apps
Menu principal
Pesquisar na Central de Ajuda
true
69256
false