Pesquisa
Limpar pesquisa
Fechar pesquisa
Google Apps
Menu principal

Utilização Abusiva da Rede de Publicidade

A Google pretende que os anúncios na Rede Google sejam úteis, variados, relevantes e seguros para os utilizadores. Não autorizamos anúncios, conteúdo ou destinos que sejam maliciosos ou tentem ludibriar ou contornar os nossos processos de revisão de anúncios. A Google encara esta questão com grande seriedade, pelo que recomenda que os anunciantes ajam em conformidade.

Abaixo encontra alguns exemplos do que deve evitar nos seus anúncios. Saiba o que acontece em caso de violação das políticas da Google.

Se considerar que o seu anúncio foi incorretamente reprovado, pode solicitar uma revisão através do formulário Anúncios reprovados e questões referentes a políticas.

Software malicioso ou indesejado

Estes requisitos aplicam-se a software que o seu site ou aplicação hospede ou para o qual direcione, independentemente de o software ser promovido através da rede de publicidade da Google. A Google não permite o seguinte:

Software ou programas maliciosos que possam danificar ou obter acesso não autorizado a um computador, um dispositivo ou uma rede

Exemplos: vírus informáticos, "ransomware", "worms", cavalos de troia, "rootkits", "keyloggers", programas de marcação, "spyware", software de segurança fraudulento e outras aplicações ou programas maliciosos

Sites ou aplicações que violem a Política de Software Indesejável da Google

Exemplos: falta de transparência acerca da funcionalidade que o software fornece ou de todas as implicações de instalação do software; não inclusão de Termos de Utilização ou de um Contrato de licença de utilizador final; integração de software ou aplicações sem o conhecimento do utilizador; efetuar alterações ao sistema sem a autorização do utilizador; dificultar a desativação ou a desinstalação do software por parte dos utilizadores; não utilização adequada das APIs do Google disponíveis para o público ao interagir com serviços ou produtos Google

Resolução de problemas: software malicioso ou indesejado
  1. Verifique o estado do seu site na Google Search Console. Se ainda não utilizou a Search Console, introduza o URL do seu Website e clique em "Adicionar uma propriedade" para ver o respetivo estado. Poderá ser necessário validar que é o proprietário do site.

    Mesmo no caso da Search Console não comunicar quaisquer problemas, o site ainda pode ter problemas de segurança detetados pelo AdWords. Consulte o seu webmaster ou o seu fornecedor de alojamento na Web e utilize ferramentas, como Stop Badware, para investigar com mais detalhe. Saiba mais acerca do modo como a Google identifica software malicioso ou indesejado.

  2. Remova todo o software malicioso ou indesejado. A Google fornece recursos e instruções para ajudar a corrigir o seu site através de Help for Hacked Websites.
  3. Solicite uma revisão do seu site ou da sua aplicação.

    Rever o meu site ou a minha aplicação

    Se a revisão indicar que todo o software malicioso ou indesejado foi removido, os seus anúncios serão aprovados para apresentação.

Se não conseguir corrigir estas violações ou optar por não fazê-lo, remova o seu anúncio para ajudar a impedir que a sua conta seja suspensa futuramente por ter demasiados anúncios reprovados.

Vantagem injusta

A Google não permite o seguinte:

Utilizar a Rede Google para obter uma vantagem de tráfego injusta sobre outros participantes no leilão

Exemplos: afiliados que anunciam no AdWords contra as regras do programa de afiliados aplicáveis, promoção do mesmo conteúdo ou semelhante a partir de várias contas nas mesmas consultas ou semelhantes, tentativa de mostrar mais do que um anúncio de cada vez do seu site, aplicação ou empresa

Nota: as palavras-chave devem ir ao encontro da provável intenção do público-alvo quando efetua a pesquisa e cada Website ou aplicação que promova deve oferecer um valor diferenciado aos utilizadores.

Saiba como corrigir uma extensão ou um anúncio reprovado. Se o seu anúncio foi reprovado devido ao respetivo destino, saiba como corrigir um site suspenso ou uma aplicação suspensa.

Contorno de sistemas

A Google não permite o seguinte:

Utilizar práticas que procuram contornar ou interferir com os sistemas e os processos de publicidade da Google

Exemplos: "cloaking"; utilizar DNS dinâmico para trocar de página ou de conteúdo de anúncio; manipular o texto do anúncio ou o conteúdo do site de modo a contornar os nossos sistemas de verificação automática; restringir o acesso a um número tão elevado de páginas de destino que impossibilita uma revisão cuidadosa do anúncio, do site ou da conta

Resolução de problemas: contorno de sistemas

Levamos esta violação muito a sério e consideramo-la uma violação flagrante das nossas políticas. Os anunciantes, aplicações ou sites que considerarmos estarem a iludir a Rede Google serão suspensos e não poderão voltar anunciar connosco.

Se se tratar de um erro e não tiver violado a nossa política, pretendemos reativar a sua conta o mais depressa possível. Apresente um recurso e explique por que motivo pensa que cometemos um erro. Uma vez que a violação desta política é particularmente grave, apenas restabelecemos contas em circunstâncias excecionais, como, por exemplo, se cometermos um erro. Assim, é importante que dedique o tempo necessário para apresentar informações exaustivas, exatas e fidedignas.

Diretrizes de Webmasters

A Google não permite o seguinte:

Utilizar práticas que violam as Diretrizes de Webmaster do Google

Exemplos: utilização excessiva de palavras-chave, cloaking, redirecionamentos dissimulados, páginas de entrada, envio de spam para sites de redes sociais

Precisa de ajuda?

Se tiver perguntas sobre esta política, informe a Google:
Contactar o apoio técnico do AdWords
Este artigo foi útil?
Como podemos melhorá-la?