A importância do protocolo HTTPS

A privacidade do usuário é um assunto da maior importância para o Google e qualquer pessoa que faça negócios on-line. O HTTPS é um protocolo de segurança que ajuda a proteger as informações dos clientes por meio da criptografia dos dados que trafegam entre os navegadores e os servidores da Web. O Google AdWords recomenda (e, em alguns casos, exige) que todos os URLs usem esse protocolo em vez do HTTP para proteger as informações pessoais e financeiras dos clientes.

Por que usar o protocolo HTTPS?

Garantia e segurança

A privacidade do cliente é uma das principais preocupações da sua empresa e do Google AdWords. Por isso, o Chrome marcará todas as páginas HTTP como não seguras a partir de julho de 2018.

Melhor desempenho

O padrão HTTPS usa tecnologias que aceleram a experiência do usuário. Ele é obrigatório para alguns dos novos protocolos da Web de aprimoramento de desempenho, como o HTTP/2, e esse é um dos motivos pelos quais 81 dos 100 principais sites da Web usam HTTPS por padrão. Além disso, o recurso de acompanhamento paralelo que aumenta a velocidade do Google AdWords exige que todos os URLs de avaliação de cliques (ou seja, aqueles contidos no campo "URL de acompanhamento") usem HTTPS. A partir de 30 de outubro de 2018, o acompanhamento paralelo será o único método de avaliação de cliques. Por isso, todos os URLs de acompanhamento precisarão usar HTTPS.

Normas da Web

O HTTPS se tornou o protocolo padrão utilizado na Web devido aos benefícios de segurança e desempenho associado ao uso dele.

Como verificar se seu site é compatível com HTTPS

Abra o site no navegador Chrome e veja quais das seguintes situações se aplicam a você:

  • Se há um ícone de cadeado verde Bloquear à esquerda do URL, o site é compatível com HTTPS.
  • Se esse ícone não é exibido, tente inserir o URL do site novamente usando "https://" em vez de "http://".
  • Se a página não carrega, o site não é compatível HTTPS.

Saiba como verificar se um site oferece acesso seguro.

Próximas etapas

Sites compatíveis com HTTPS

Adote o HTTPS nos URLs finais para dispositivos móveis e do Google AdWords. Existem três ferramentas para editar anúncios e palavras-chave em massa:

Sites incompatíveis com HTTPS

Entre em contato com seu webmaster ou com o administrador da sua plataforma de CMS (sistema de gerenciamento de conteúdo). Se você gerencia seu próprio site, veja mais detalhes nos seguintes artigos:

Em seguida, siga as etapas da seção anterior, "Sites compatíveis com HTTPS", para alterar os URLs finais no Google AdWords (incluindo aqueles para dispositivos móveis).

Observações

  • Ao ativar o HTTPS no seu site, é recomendável redirecionar as instâncias de HTTP para HTTPS. Dessa forma, você garante o funcionamento dos links antigos e o redirecionamento dos visitantes do site para o conteúdo seguro.
  • É bastante recomendável alterar explicitamente os URLs finais de HTTP para HTTPS no Google AdWords (incluindo aqueles para dispositivos móveis). Não confie somente nos redirecionamentos para contar com a proteção integral do protocolo HTTPS. As solicitações dos usuários não são criptografadas. Além disso, os redirecionamentos reduzem o tempo de carregamento das páginas, o que afeta a experiência na página de destino e pode ter um impacto negativo na sua taxa de conversão e no retorno do investimento em publicidade (ROAS).

Redirecionamento automático do Google AdWords para HTTPS

Recomendamos substituir o protocolo HTTP pelo HTTPS nos seus URLs. No entanto, em alguns casos, se você tiver URLs com HTTP e o site for compatível com HTTPS, o Google AdWords encaminhará automaticamente seus cliques para a versão do URL com HTTPS.

A partir de 11 de junho de 2018, o Google AdWords passará a encaminhar alguns ou todos os cliques em URLs com HTTP para aqueles com HTTPS nas seguintes situações:

  1. Se a tecnologia HTTPS Strict Transport Security (HSTS) estiver implementada no seu site, todos os cliques serão encaminhados para os URLs com HTTPS.
  2. Se um URL for encaminhado para um URL equivalente com HTTPS por meio de um redirecionamento 301, todos os cliques nesse URL serão encaminhados para o URL com HTTPS.
Este artigo foi útil para você?
Como podemos melhorá-lo?