Nova política de serviços governamentais (maio de 2020)

 

Em maio de 2020, o Google atualizará a política de outros negócios restritos e adicionará uma nova política de documentos governamentais e serviços oficiais. A política atual de venda de itens gratuitos, que faz parte da política de outros negócios restritos, será removida.

Nova política de documentos governamentais e serviços oficiais

O Google não permitirá mais anúncios de documentos e/ou serviços que podem ser obtidos diretamente do governo ou de um provedor delegado. Isso inclui ofertas de assistência para obter esses produtos ou serviços. Um provedor delegado é definido como uma empresa que foi oficialmente encarregada ou designada pelo provedor original (o Governo) para fornecer determinados produtos ou serviços (que normalmente são ou eram executados pelo próprio Governo) em nome dele. Promoções de provedores ou revendedores autorizados serão proibidas. Essa política será aplicada independentemente do preço que o anunciante cobrar pelo produto ou serviço.

Essa nova política proibirá a promoção de documentos ou serviços que facilitem a aquisição, renovação, substituição ou pesquisa de documentos oficiais ou informações disponibilizados diretamente pelo governo ou por um provedor delegado.

Alguns exemplos: passaportes e outras formas de identificação nacional, comprovante de residência permanente, comprovante de registro/status de imigração, carteiras de habilitação, documentos de viagem como vistos e Autorizações de viagem eletrônicas (ETAs, na sigla em inglês), carteiras da Previdência Social, licenças para caça ou pesca, licenciamento ou registro de armas e documentos ou informações provenientes de registros oficiais, como certidões de nascimento e de casamento e registros militares.

Essa política também proibirá promoções de assistência para inscrição ou pagamento de serviços oficiais ou públicos disponibilizados diretamente pelo governo ou por um provedor delegado.

Alguns exemplos: assistência para se candidatar a nomeações ou benefícios do governo, solicitar uma alteração oficial de endereço, nome, dinheiro não reivindicado ou guarda de correspondência e pagar tarifas de transporte, como pedágios ou taxas de congestionamento.
 

Os seguintes serviços profissionais não são restritos por esta política: serviços de declaração de tributos, serviços jurídicos, transações entre empresas (B2B)/serviços empresariais, advogados ou consultores de imigração cujo foco é a consultoria, e não a mera assistência para a aquisição de determinados documentos de viagem.

Postado em março de 2020

Isso foi útil?
Como podemos melhorá-lo?