Atualização da política de saúde e medicamentos: analgésicos opioides (março de 2020)

O Google oferece versões traduzidas da Central de Ajuda para sua conveniência, porém tais traduções não têm por objetivo alterar o conteúdo substantivo das nossas políticas. A versão em inglês é a usada oficialmente para aplicar nossas políticas. Se quiser ver este artigo em outra língua, confira a lista de idiomas na parte inferior da página.

A partir de março de 2020, a política de saúde e medicamentos do Google Ads será atualizada para proibir o uso de termos relacionados a medicamentos opioides na publicidade nos Estados Unidos, no Canadá e na Nova Zelândia. Os anúncios com esses termos continuarão proibidos em outros países.

No entanto, o Google ainda permitirá anúncios desse tipo veiculados por serviços de reabilitação. Os serviços que quiserem exibir anúncios com termos relacionados a medicamentos opioides precisam ser certificados, de acordo com nossa política relacionada.

Em outros casos específicos, trataremos como exceção as campanhas de conscientização sobre segurança e saúde pública realizadas por órgãos governamentais ou organizações sem fins lucrativos reconhecidas. Os anunciantes qualificados que se enquadram nas condições de exceção podem solicitar a certificação do Google a partir do início de março de 2020, quando atualizarmos o formulário de certificação de anúncios sobre saúde.

Postado em dezembro de 2019

Isso foi útil?
Como podemos melhorá-lo?
true
Pesquisa
Limpar pesquisa
Fechar pesquisa
Google Apps
Menu principal
Pesquisar na Central de Ajuda
true
73067
false