Atualização à Política de Venda de Bilhetes para Eventos (setembro de 2018)

A Google fornece versões traduzidas do Centro de Ajuda por conveniência, as quais não se destinam a alterar o conteúdo das nossas políticas. A versão em inglês é a versão oficial que utilizamos para aplicar as nossas políticas. Para ver este artigo num idioma diferente, utilize o menu de idiomas na parte inferior da página.

A 12 de novembro de 2018, a secção de venda de bilhetes para eventos da Política de Outras Empresas com Restrições será atualizada com os seguinte requisitos:

  • Os vendedores de bilhetes qualificados como fornecedores principais terão de ser certificados pela Google. No entanto, os fornecedores principais não vão estar sujeitos aos requisitos de anúncios e de destino que outros vendedores de bilhetes não principais têm de cumprir. A Google vai tentar certificar automaticamente todos os fornecedores principais. Pode contactar o seu gestor de conta ou a equipa de apoio técnico da Google para confirmar se as suas contas vão ser certificadas automaticamente antes de a nova política entrar em vigor. 
  • Os URLs de visualização dos anúncios apresentados por agregadores de bilhetes e revendedores deixarão de poder ter caminhos após o domínio e subdomínios. Por exemplo, não serão permitidos URLs de visualização como "bilhetes.pt/[caminho]" ou "[subdomínio].bilhetes.pt". Assim que esta política entrar em vigor, os anúncios de agregadores de bilhetes e revendedores que contenham caminhos após o domínio ou subdomínios no URL de visualização serão reprovados. 

A página da Política de Outras Empresas com Restrições e o artigo Acerca da certificação de revendedor de bilhetes para eventos, serão atualizados quando a política entrar em vigor.

(Publicado em setembro de 2018)

A informação foi útil?
Como podemos melhorá-la?