Atualização à Política de Outras Empresas com Restrições (julho de 2018)

Conforme anunciado anteriormente, a Google vai exigir que os revendedores certificados de bilhetes para eventos indiquem o valor nominal dos bilhetes, juntamente com o preço de revendedor, na mesma moeda. 

A Google vai enviar um aviso prévio antes de este requisito entrar em vigor. Entretanto, apresentamos-lhe os requisitos em detalhe: 

  • O valor nominal é o preço original a que o bilhete foi vendido (sem quaisquer custos de serviço adicionais). Os anunciantes podem utilizar os valores nominais dos bilhetes fornecidos pelo vendedor. 
  • Se o revendedor não souber qual é o valor nominal do bilhete ou não o conseguir determinar, a Google aceita uma estimativa aproximada. No entanto, nas situações em que o preço é uma estimativa, os consumidores têm de ser notificados de que esta é uma estimativa aproximada. Por exemplo, se estiver a revender um bilhete que originalmente era um bilhete gratuito (oferecido a 0 €), o consumidor que comprar o bilhete tem de ser informado de que o valor nominal estimado do mesmo é 0 €.
  • O valor nominal tem de ser indicado na discriminação de impostos/taxas no processo de pagamento e tem de estar num tamanho de tipo de letra igual ou superior ao tamanho de tipo de letra da maior parte do texto no processo de pagamento. 

(Publicado em julho de 2018) 

A informação foi útil?
Como podemos melhorá-la?