Requisitos para anúncios de aplicativos

Os anúncios de aplicativos podem ser usados para incentivar a instalação de aplicativos ou o engajamento com eles. As extensões e os anúncios de aplicativos, bem como os aplicativos que eles promovem, estão sujeitos às políticas padrão do Google Ads e aos requisitos abaixo.

Ao revisar anúncios de aplicativos, analisamos diversos elementos, como o anúncio, o nome do desenvolvedor, o título, o ícone e a página de instalação do aplicativo e o próprio aplicativo para verificar a conformidade com as nossas políticas.

A Google Play Store pode deixar de promover determinados aplicativos na loja, mesmo que o aplicativo continue disponível. Os anúncios de promoção desses aplicativos não serão veiculados na Google Play Store.

Políticas relacionadas e reprovações comuns

As políticas do Google Ads a seguir são relevantes especialmente para os anúncios de aplicativos e costumam ser associadas a reprovações.

Página de instalação e metadados do aplicativo em conformidade

A página de instalação de um aplicativo precisa obedecer às nossas políticas de publicidade, pois os metadados do aplicativo podem ser usados no anúncio durante a veiculação.

Versões de aplicativos

Devido à natureza diferenciada de versões binárias de aplicativos, podemos exigir que várias versões de um aplicativo estejam em conformidade com a política para permitir que os anúncios sejam exibidos nele. Isso se deve ao fato de que as lojas de aplicativos podem permitir a publicação de várias versões de um aplicativo ao mesmo tempo para diferentes dispositivos, e os anúncios de engajamento no app podem funcionar com várias versões do mesmo aplicativo.

O aplicativo viola a política

Caso seu aplicativo seja reprovado, siga as instruções na política de requisitos de destino para corrigir seu aplicativo e voltar a exibir seus anúncios.

Conteúdo adulto

Para manter a relevância dos anúncios e proteger os usuários, o Google restringe a exibição de conteúdo adulto em determinadas circunstâncias. Para mais informações, consulte a política de conteúdo adulto. Os anúncios de aplicativo não podem incluir conteúdo voltado para adultos.

Editorial

Para anúncios de aplicativos, o nome do aplicativo e do desenvolvedor podem ser usados no texto do anúncio e precisam obedecer às nossas políticas editoriais, como letras maiúsculas, pontuação e estilo e ortografia.

Estilo e ortografia

De acordo com a política de estilo e ortografia, os anúncios precisam ser compreensíveis e fáceis de entender. Por exemplo, os anúncios de aplicativos interativos devem mostrar ao usuário a ação que ele precisa realizar caso as opções sejam confusas ou ambíguas.

Empresa não identificada

Para obedecerem à nossa política de empresa não identificada, os anúncios de aplicativos precisam exibir o nome do aplicativo de forma clara durante toda a interação do usuário com o conteúdo.

Qualidade das imagens

O conteúdo precisa obedecer à nossa política de qualidade das imagens. Por exemplo, não é permitido o uso de imagens com efeitos em movimento, piscando ou com outras distrações. No caso dos anúncios de aplicativos HTML5 que incluem uma demonstração interativa de um jogo ou de outros recursos, essa demonstração pode usar imagens que piscam ou com efeitos em movimento. No entanto, as outras partes do conteúdo do anúncio, como os botões de download ou instalação, precisam obedecer a essa política.

Requisitos de destino

Para anúncios de links diretos, verifique se você configurou o URL de link direto corretamente. No momento, não oferecemos suporte a redirecionamentos da Web (por exemplo, goo.gl ou links de acompanhamento de terceiros) para anúncios de engajamento no app. Para anúncios de promoção de aplicativo, verifique se o acompanhamento de terceiros redireciona o usuário para o aplicativo correto na loja certa. Os aplicativos não podem ser promovidos em locais onde não estão disponíveis para download. Para mais informações, consulte a política completa de requisitos de destino.

Experiência de destino

Os aplicativos precisam obedecer à nossa política de experiência de destino. Por exemplo, não permitimos barreiras de login durante uma interação de anúncios para acessar conteúdo promovido. Caso seu aplicativo exija login ou ativação, configure-o de modo que o usuário faça isso no primeiro uso e não precise repetir o procedimento durante a interação com o anúncio. O aplicativo deve obrigatoriamente permitir que o usuário feche o anúncio em cinco segundos a partir do início da exibição do conteúdo.

Conteúdo enganoso

Seu aplicativo precisa obedecer à nossa política de conteúdo enganoso. Seja claro sobre o conteúdo e a funcionalidade do seu aplicativo e os pré-requisitos que ele talvez tenha, como outros aplicativos, dispositivos periféricos ou sensores. Os aplicativos que são pré-requisitos precisam estar disponíveis na app store apropriada e em conformidade com nossas políticas. Não induza o usuário a clicar no anúncio por acidente. Por exemplo, não é permitido exibir um botão de instalação de forma repentina ou inesperada durante a interação do usuário com o anúncio.

Software indesejado

Os aplicativos precisam obedecer à política de softwares indesejados do Google. Isso inclui o uso de hardware e da rede do dispositivo que possa ser considerado prejudicial ou inesperado.

Marcas registradas

O Google pode remover anúncios em resposta a reclamações do proprietário da marca registrada. Os anunciantes são responsáveis pelo uso adequado da marca registrada que incluem no texto do anúncio, no ícone do aplicativo, no nome do aplicativo e no nome do desenvolvedor. Para mais informações, acesse nossa página da política para marcas registradas.

Links universais e de aplicativos

Caso o destino do seu anúncio use links universais ou de aplicativos, garanta que os destinos da Web e do aplicativo sejam compatíveis com nossas políticas.
Isso foi útil?
Como podemos melhorá-lo?