Bebidas alcoólicas

A política do Google Ads em relação a bebidas alcoólicas será alterada por volta do final de novembro. Além da permissão atual para anúncios que promovem branding de bebidas destiladas, a nova política permitirá a exibição de anúncios que promovem a venda dessas bebidas. Para manter a qualidade dos anúncios e estar em conformidade com as leis e regulamentos locais, o Google Ads permitirá a exibição somente de anúncios que promovam branding/vendas de bebidas destiladas que obedecerem estritamente a determinadas restrições de publicidade.

O anúncio e o website devem atender aos critérios a seguir:

  • não segmentar menores de idade
  • não incluir endossos de atletas, personagens de desenho animado ou qualquer outro ícone/pessoa que apele para o público menor de idade
  • a página de destino deve ter um sistema de bloqueio por idade e exibir declarações sobre o consumo responsável do álcool
  • não insinuar que a bebida alcoólica possa melhorar o desempenho sexual, a posição social ou profissional
  • não insinuar que a bebida alcoólica seja relaxante ou terapêutica
  • não insinuar que a bebida alcoólica em excesso faça bem
  • não mostrar imagens de pessoas consumindo álcool e realizando ações ilegais, violentas ou perigosas, ou agindo de forma inadequada, como agir de maneira degradante
  • não apresentar conteúdo sexual

Algumas jurisdições podem impor o cumprimento dos regulamentos adicionais a seguir:

  • exigir permissões do governo para a propaganda de bebidas alcoólicas
  • proibir anúncios de bebidas com um determinado teor alcoólico
  • exigir a presença de determinadas isenções de responsabilidade em anúncios de bebidas alcoólicas

Essa alteração na política afetará os seguintes países: África do Sul, Alemanha, Argentina, Austrália, Áustria, Bélgica, Brasil, Canadá, Chile, China, Cingapura, Coreia do Sul, Dinamarca, Espanha, Estados Unidos, França, Grécia, Hong Kong, Hungria, Irlanda, Israel, Itália, Japão, Nova Zelândia, Países Baixos, Panamá, Peru, Portugal, Quênia, Reino Unido, República Tcheca e Suécia. Tomamos essa decisão para ajudar mais anunciantes a usar o Google Ads para promover seus produtos. Depois que a nova política entrar em vigor, a descrição da política será atualizada.
Postado em 16 de novembro de 2010

Isso foi útil?
Como podemos melhorá-lo?