Políticas do programa do Ad Manager e do Ad Exchange

Obedecer à Política de consentimento de usuários da União Europeia

Escolha opções de veiculação de anúncios e peça o consentimento do usuário

De acordo com a Política atualizada de consentimento para usuários da União Europeia do Google, você precisa divulgar algumas informações aos seus usuários que estão no Espaço Econômico Europeu (EEE) e no Reino Unido. Além disso, onde exigido por lei, é necessário pedir o consentimento deles para o uso de cookies ou outro armazenamento local e para coleta, compartilhamento e uso de dados pessoais para personalização de anúncios. Essa política reflete os requisitos da Diretiva de privacidade eletrônica da UE e do Regulamento geral de proteção de dados (GDPR).

Para ajudar os editores a cumprir com as obrigações de acordo com essa política, o Google oferece as opções de veiculação de anúncios descritas abaixo para os usuários no EEE e no Reino Unido. Se você não fizer mudanças, o conjunto de provedores de tecnologia de anúncio (ATPs, na sigla em inglês) mais frequente continuará sendo usado.

O EEE inclui os Estados-Membros da União Europeia, a Islândia, a Noruega e Liechtenstein.

Vamos começar

  1. Faça login no Google Ad Manager.
  2. Clique em Privacidade e mensagens.
  3. Clique em GDPR.
  4. Clique em Configurações. Na página de configurações do GDPR, atualize as definições das seções conforme descrito abaixo.
    Por padrão, apenas a função integrada de usuário Administrador tem permissões para edição. Se você quiser que uma função do usuário personalizada tenha acesso à página, vai ser preciso atualizar as permissões para incluir Ver privacidade e mensagens ou Editar privacidade e mensagens.

Escolher o tipo de anúncio que você quer exibir

Você pode veicular anúncios não personalizados para todos os usuários no EEE e no Reino Unido usando a configuração de "Anúncios não personalizados" descrita abaixo. No entanto, se você quiser que cada um dos usuários escolha entre ver anúncios personalizados ou não personalizados, selecione "Anúncios personalizados" e siga as instruções para evitar a personalização apenas quando o usuário pedir.

Anúncios personalizados

O Google pode continuar exibindo anúncios personalizados e não personalizados para seus usuários no EEE e no Reino Unido. Essa será a configuração usada, a menos que você faça uma alteração na página.

Os anúncios personalizados alcançam os usuários com base nos interesses e nas informações demográficas deles, além de outros critérios. Os provedores de tecnologia de anúncio (ATPs, na sigla em inglês) podem coletar, receber e usar dados pessoais dos usuários em anúncios personalizados. Por isso, você precisa identificar claramente todos esses provedores ao pedir o consentimento do usuário para coleta, compartilhamento e uso de dados pessoais na personalização de anúncios.

Anúncios personalizados por meio de transações programáticas do Google Ad Manager/Ad Exchange:
  • Para anúncios de origens de demanda do Google, como a Rede de Display (GDN) e o Display & Video 360, o Google vai restringir a veiculação de criativos (e a competição em leilões) com base nos pixels das entidades sem consentimento.
  • Para anúncios de origens de demanda que não são do Google, como compradores do Ad Exchange do lance em tempo real (RTB) e parceiros de lances de troca/rede, é responsabilidade da origem de demanda terceirizada incluir nos criativos somente pixels das entidades que deram consentimento. Na chamada do RTB, o Google enviará aos bidders uma lista das entidades que deram consentimento.

Anúncios não personalizados

O Google mostrará a todos os usuários do EEE e do Reino Unido somente anúncios não personalizados para transações do tipo leilão aberto, acesso preferencial, leilão privado, transação preferencial e programática garantida. No entanto, ele não vai veicular outros itens de linha com segmentação por público-alvo para usuários do EEE e do Reino Unido. A seleção de Anúncios não personalizados também vai remover as opções de personalização ao ativar itens de linha específicos.

Os anúncios não personalizados são segmentados usando informações contextuais, em vez do histórico de comportamento de um usuário. Embora esses anúncios não usem cookies para personalização, outros cookies são usados para determinar o limite de frequência, gerar relatórios agregados de anúncios e combater fraudes e abusos. Portanto, o consentimento será obrigatório se você quiser usar cookies para isso ao exibir anúncios a usuários em países onde as cláusulas de cookies da Diretiva de privacidade eletrônica da UE são aplicadas.

Quando um usuário conectado do Google no EEE ou no Reino Unido passa informações de idade diretamente ao Google e está abaixo da idade de consentimento definida pelo GDPR, o Google veicula somente anúncios não personalizados para esse usuário. Isso ocorre independentemente das configurações de consentimento de usuários da UE definidas pelo editor no Google Ad Manager e da transmissão de um indicador de anúncios não personalizados na tag de anúncio desse editor.

É importante saber o seguinte:
  • Se já tiver configurado regras para bloquear dados com base em usuários, você ainda terá que selecionar a opção Anúncios não personalizados aqui para garantir que somente esse tipo de anúncio seja exibido. O Google aplicará as configurações mais restritivas.
  • A opção Anúncios não personalizados agora oferece suporte a compradores de lances em tempo real (RTB), incluindo compradores terceirizados do Ad Exchange e parceiros de lances de rede/troca.

Selecionar provedores de tecnologia de anúncio (para anúncios personalizados)

Para facilitar o cumprimento da versão atualizada da Política de consentimento de usuários da União Europeia do Google, você pode selecionar seus provedores de tecnologia de anúncio (ATPs, na sigla em inglês) preferidos em uma lista de empresas que já nos forneceram informações de compliance com o GDPR. Elas também precisam seguir nossa política de uso de dados para garantir que os dados do editor sejam protegidos.

Caso você selecione esses provedores (incluindo o Google e outros bidders e fornecedores), eles poderão usar os dados sobre seus usuários para avaliar e personalizar os anúncios.

É importante saber o seguinte:
  1. Escolha um conjunto de provedores de tecnologia de anúncio usado com frequência ou crie um conjunto personalizado:
    • Conjunto comumente usado de provedores: é a configuração que será usada, a menos que você faça uma alteração nessa página.
    • Conjunto personalizado de provedores: escolha seus provedores de tecnologia de anúncio.
  2. Identifique claramente os provedores que você selecionou e peça o consentimento dos usuários de acordo com a Política de consentimento de usuários da União Europeia do Google.
    Você pode fazer isso listando os provedores de tecnologia de anúncio selecionados em um fluxo de consentimento ou em uma página separada do site, que seus usuários podem alcançar por um fluxo de consentimento. Em ambos os casos, para estar em conformidade com a Política de consentimento de usuários da União Europeia do Google, é necessário vincular a autorização dos usuários aos detalhes informados pelos provedores com a descrição das atividades de cada um. 

Declarar provedores de tecnologia de anúncio para criativos de reserva

Declare os provedores de tecnologia de anúncio usados para criativos de reserva. Os criativos de reserva são associados a itens de linha não programáticos, incluindo os garantidos (patrocínio e padrão) e os não garantidos (rede, em massa, prioridade de preço e internos).

O Google verifica o consentimento de todos os provedores de tecnologia de anúncio declarados por você ao determinar se os criativos de reserva estão qualificados para veiculação.

Saiba como declarar provedores de tecnologia de anúncio para criativos em campanhas de reserva do Ad Manager

Configurar o pedido de consentimento

É possível criar sua própria caixa de diálogo de consentimento que exiba uma mensagem nos seus sites ou apps solicitando o consentimento dos usuários no EEE e no Reino Unido.

Consentimento para apps

Consulte o guia do Google Developers (Android, iOS) para saber como usar a caixa de diálogo de consentimento do Google ou criar sua própria.

Depois de atualizar o código do app, você vai fazer um novo upload para o Google Play ou a app store. Talvez seja necessário usar seu ID de rede.

Consentimento para a Web

Saiba como transmitir indicadores de consentimento para o Google Ad Manager.

Outras considerações

API do Sandbox de privacidade

O Google está testando novas maneiras de oferecer suporte à exibição e avaliação da publicidade digital para proteger melhor a privacidade das pessoas on-line com a iniciativa Sandbox de privacidade do Chrome. Ao acessar algumas APIs como parte dos testes de origem do Sandbox de privacidade, incluindo as APIs Topics (em inglês), Fledge e Attribution Reporting, você talvez use dados pessoais para personalizar anúncios e/ou acessar armazenamento local. A Política de consentimento de usuários da União Europeia exige que você consiga consentimento válido do usuário para essas ações assim como você precisa de consentimento para a personalização de anúncios e uso de armazenamento local não essencial no Espaço Econômico Europeu e no Reino Unido.

Isso foi útil?
Como podemos melhorá-lo?

Precisa de mais ajuda?

Faça login e veja mais opções de suporte para resolver o problema rapidamente.

true
Notas da versão

Leia sobre os recursos mais recentes do Ad Manager e as atualizações da Central de Ajuda.

Ver as novidades

Pesquisa
Limpar pesquisa
Fechar pesquisa
Google Apps
Menu principal
Pesquisar na Central de Ajuda
true
true
true
true
148
false
false