Políticas do programa do Ad Manager e do Ad Exchange

Falsos positivos e informações de identificação pessoal (PII, na sigla em inglês)

Com o objetivo de proteger a privacidade do usuário final, as políticas de produto dos Anúncios do Google não permitem que os editores passem para o Google dados que possam ser usados ou reconhecidos por ele como PII. Este artigo aborda algumas das práticas recomendadas sobre vários aspectos de design da página para reduzir o risco de haver PII no URL que você enviar ao Google.

Se você receber uma notificação a respeito de uma violação sua por enviar PII ao Google, siga as etapas descritas aqui para corrigir o problema. Se você tiver feito uma investigação completa e acreditar que a notificação foi enviada por engano, analise as definições de falsos positivos comuns abaixo.

Definições de falso positivo de PII

  1. Endereços de e-mail de contato do site
  2. URL armazenado no disco rígido de um usuário

Endereços de e-mail de contato do site

Descrição: é possível que a solicitação de anúncio contenha um endereço de e-mail não pessoal permitindo ao usuário entrar em contato com o editor. Geralmente, esse endereço de e-mail está facilmente disponível no site do editor. Se o endereço de e-mail estiver acionando a violação de PII, a solicitação de anúncio será um falso positivo e não exigirá uma ação do editor.

Processo de verificação:

  1. Confirme se a página que está enviando as PII ao Google é sua página "Entre em contato".
    1. Localize uma das amostras de solicitações de anúncios na notificação de violação de PII recebida.
    2. Encontre os parâmetros “url” e “ref” nas solicitações de anúncios. Os dois parâmetros devem ter a aparência de URLs. Por exemplo:
      • url=http%3A%2F%2Fwww.examplesite.com%2Fcontact%2Fredacted@example.com
      • ref=http%3A%2F%2Fwww.examplesite.com%2Fcontact%2Fredacted@example.com
    3. Use uma ferramenta de remoção de escape para tornar os URLs sem escape.
    4. Verifique se o URL corresponde àquele da sua página "Entre em contato".
  2. Navegue até a página "Entre em contato" no site.
  3. Confirme se há um endereço de e-mail facilmente disponível na página para entrar em contato com você.
  4. Se você tiver confirmado isso, marque "Acredito que fui notificado por engano. Analise novamente minha conta." no formulário vinculado à notificação sobre políticas.

Voltar ao início

URL armazenado no disco rígido de um usuário

Descrição: os usuários podem salvar parte dos websites no disco rígido deles por meio do comando "salvar como" nos navegadores. Caso parte do caminho associado ao salvamento do site inclua um endereço de e-mail, um falso positivo ocorrerá.

Processo de verificação:

  1. Localize uma das amostras de solicitações de anúncios na notificação de violação de PII recebida.
  2. Encontre os parâmetros “url” e “ref” nas solicitações de anúncios. Os dois parâmetros devem ter a aparência de URLs. Por exemplo:
    • url=file%3A%2F%2Fexamplesite.com%2Fpaget%2Fredacted@example.com
    • ref=file%3A%2F%2Fexamplesite.com%2Fpaget%2Fredacted@example.com
  3. Use uma ferramenta de remoção de escape para tornar os URLs sem escape.
  4. Confirme se o URL tem a aparência de um caminho do arquivo de um computador. Por exemplo:
    • file://examplesite.com/page/redacted@example.com
  5. Se você tiver confirmado isso, marque "Acredito que fui notificado por engano. Analise novamente minha conta." no formulário vinculado à notificação sobre políticas.

Voltar ao início

Isso foi útil?
Como podemos melhorá-lo?