Como ler os resultados do Scanner de acessibilidade

O Scanner de acessibilidade procura as oportunidades de melhorar a acessibilidade do seu app mostradas neste artigo.

Marcação de conteúdo

Muitos controles da interface do usuário dependem de indicações visuais para mostrar o significado e o uso deles. Um usuário com alguma deficiência visual pode ter dificuldade para notar essas indicações.

É possível tornar os controles da interface do usuário mais acessíveis com a marcação de conteúdo. Os marcadores de conteúdo não aparecem na tela, mas os usuários com alguma deficiência visual podem acessá-los por meio de serviços de acessibilidade, como o TalkBack ou outros leitores de tela.

O Scanner de acessibilidade procura as seguintes oportunidades de marcação de conteúdo:

  • Rótulo de item ausente
    Identifique as classes Views que um leitor de tela possa priorizar e que tenham uma descrição falada vazia, tanto para View quanto para Views relevantes na sua sub-hierarquia. Saiba mais sobre rótulos de conteúdo.
  • Item marcado com tipo ou estado
    Identifique casos em que uma View tem uma descrição redundante. Saiba mais sobre os itens marcados com tipo ou estado.
  • Descrições de item duplicadas
    Identifique casos em que uma hierarquia contém Views com descrições duplicadas. Por exemplo, dois botões focalizáveis separados com descrições de "Mais opções" podem confundir um usuário. Saiba mais sobre descrições duplicadas.
  • O propósito do link não está claro
    Identifique um texto de link que não seja informativo, como "clique aqui". Saiba mais sobre textos de link que não são claros.
Implementação

O Scanner de acessibilidade analisa hierarquias da classe View e identifica casos em que usuários com alguma deficiência motora possam ter dificuldade em interagir com um layout.

  • Links clicáveis
    Identifique usos de ClickableSpan que não são UrlSpans. Saiba mais sobre links clicáveis.
  • Views clicáveis e duplicadas
    Identifique Views clicáveis que compartilham o mesmo local na tela que outras Views clicáveis. Saiba mais sobre Views clicáveis e duplicadas.
  • Rótulo de item editável
    Identifique TextViews editáveis e EditTexts que tenham um contentDescription preenchido. Saiba mais sobre rótulos de View editáveis.
  • Tipo de item incompatível
    Identifique os tipos de item que não são compatíveis com os serviços de acessibilidade. Saiba mais sobre tipos de item incompatíveis.
  • Ordem de apresentação
    Identifique possíveis problemas na ordem de apresentação de itens. Eles podem afetar usuários de leitores de tela ou de outros serviços de acessibilidade. Saiba mais sobre a ordem de apresentação.
Tamanho da área de toque

O Scanner de acessibilidade procura pequenas áreas de toque que poderiam causar dificuldades para usuários com deficiências motoras.

  • Tamanho da área de toque
    Identifique Views clicáveis e com clique longo que sejam menores que 48 x 48 dp em qualquer dimensão ou 32 x 32 dp para Views em janelas de método de entrada ou na borda de exibição. É possível alterar o tamanho mínimo nas configurações do seu Scanner de acessibilidade. Saiba mais sobre o tamanho da área de toque.
Baixo contraste

O Scanner de acessibilidade sugere melhorias para as taxas de contraste de cores a fim de tornar seu app mais acessível a usuários com deficiência visual.

  • Contraste em textos e imagens
    Identifique textos ou imagens com uma taxa de contraste menor que 3.0 entre a cor do texto e a cor do plano de fundo (para TextViews preenchidos) ou entre a cor do primeiro plano e a cor de fundo (para ImageViews). É possível alterar a taxa mínima nas configurações do Scanner de acessibilidade. Saiba mais sobre contraste de cor.

Saiba mais sobre acessibilidade

Saiba mais na documentação de acessibilidade para desenvolvedores Android.

Pesquisa
Limpar pesquisa
Fechar pesquisa
Google Apps
Menu principal
Pesquisar na Central de Ajuda
true
717068
false