Transparência no acesso: ver registros sobre o acesso do Google ao conteúdo do usuário

Edições compatíveis com este recurso: Enterprise; Education Standard e Education Plus:  Comparar sua edição

Como parte do compromisso de longo prazo do Google com a segurança e a transparência, você pode usar a Transparência no acesso para analisar os registros das ações realizadas pelos nossos funcionários durante o acesso ao conteúdo dos usuários.

Veja mais detalhes e instruções sobre como ver esses registros na ferramenta de investigação de segurança em Eventos de registro da Transparência no acesso.

O que é incluído nos registros da Transparência no acesso?

Os registros incluem dados sobre a atividade dos funcionários do Google, como:

  • ações da equipe de suporte que você pediu por telefone;
  • investigações básicas da equipe de engenharia com base nos seus pedidos de suporte;
  • outras investigações para fins comerciais válidos, como a recuperação após uma falha temporária.

​Casos de uso da Transparência no acesso

Você pode usar a Transparência no acesso por vários motivos. Estes são alguns exemplos:

  • Confirmar que o Google está acessando seus dados por motivos comerciais válidos, como para corrigir um problema ou responder a uma solicitação.
  • Confirmar que os funcionários do Google estão corrigindo uma solicitação corretamente.
  • Coletar e analisar os eventos de acesso rastreados em uma ferramenta automatizada de gerenciamento de eventos e informações de segurança.

Serviços que gravam registros da Transparência no acesso

Estes serviços do Google Workspace gravam registros da Transparência no acesso:

  • Gmail: assunto, corpo, anexos
  • Agenda: títulos, descrições e locais de eventos
  • Chat: nomes, títulos de salas, espaços, corpo da mensagens e do assunto em mensagens diretas e salas de chat; informações do usuário (inclusive nome, endereço de e-mail e associação à sala de chat)
  • Drive: conteúdo do arquivo original enviado por upload para o Drive
  • Documentos, Formulários, Planilhas, Sites, Apresentações: conteúdo dos arquivos, inclusive o corpo, as imagens e os desenhos incorporados, os comentários e as respostas nos formulários
    Observação: o Sites legado não é coberto.
  • Gravações do Meet armazenadas no Drive
    Observação: o Google não tem acesso administrativo a reuniões em andamento. As gravações armazenadas no Drive são os únicos artefatos persistentes de uma reunião.

Os registros da Transparência no acesso não estão disponíveis para edições, produtos ou serviços não mencionados acima. As informações sobre a indexação de dados de terceiros, o YouTube, vídeos, imagens, migrações e acesso emergencial para garantir a qualidade do serviço também são excluídas dos registros.

Quando é criada uma entrada de registro da Transparência no acesso?

Um serviço compatível com a transparência no acesso grava uma entrada de registro quando os funcionários do Google acessam conteúdo dos usuários criado com esse serviço. Por exemplo, uma entrada de registro será criada quando um engenheiro do suporte estiver ajudando a corrigir um problema no Agenda.

Uma entrada de registro não é gravada quando:

  • um usuário compartilha documentos para permitir que um funcionário do Google acesse dados;
  • o Google é proibido por lei de enviar uma notificação sobre o acesso;
  • os dados são um identificador de recurso público, como um número de identificação de arquivo;
  • um job do sistema acessa dados, como um job de compactação que usa funções de dados ou aprendizado de máquina. Neste caso, o Google usa uma versão interna da autorização binária para verificar se o código do sistema usado nos serviços compatíveis com a transparência no acesso é analisado por outra pessoa.
Isso foi útil?
Como podemos melhorá-lo?

Precisa de mais ajuda?

Faça login e veja mais opções de suporte para resolver o problema rapidamente.

Pesquisa
Limpar pesquisa
Fechar pesquisa
Google Apps
Menu principal
Pesquisar na Central de Ajuda
false
false
true
true
73010
false
false