Regiões de dados: escolha uma localização geográfica para os dados

Durante a administração, você pode armazenar os dados cobertos em uma localização geográfica específica usando uma política de região de dados. Suas opções de localização geográfica são os Estados Unidos ou a Europa. Os usuários que não têm uma edição compatível não são cobertos pelas políticas de região de dados, mesmo que você aplique uma dessas políticas à unidade organizacional.

Veja mais informações sobre os tipos de dados cobertos em Quais dados são cobertos por uma política de região de dados?.

Antes de começar: considere as vantagens e desvantagens

Selecionar uma região específica não melhora a performance do sistema nem o acesso à rede ou aos dados. Antes de fazer isso, considere os seguintes fatores:

  • Em alguns casos, os usuários fora da região onde os dados estão armazenados talvez observem uma latência maior. Pode ocorrer latência ao:

    • editar em tempo real itens compartilhados de outra região;
    • compartilhar arquivos, como documentos, com alguém de outra região;
    • viajar para fora do país.
  • Os usuários em regiões de dados diferentes não podem participar de chats quando as seguintes opções estão definidas no Admin Console:
    • A configuração Histórico de chats aparece como O histórico está ATIVADO.
    • A caixa Permitir que os usuários alterem a configuração do histórico está desmarcada.
      Observação: se você marcar a caixa Permitir que os usuários alterem a configuração do histórico, as pessoas de regiões de dados diferentes poderão conversar, mas não salvar o chat no histórico.
  • Em casos raros, quando uma região específica é selecionada, os usuários que estão fora dela podem perder o acesso aos dados devido a eventos que o Google não controla (por exemplo, desastres naturais).

Regiões de dados e edições do Google Workspace

O Google Workspace oferece duas opções para gerenciar políticas de região de dados: regiões de dados fundamentais e regiões de dados corporativas. 

  Regiões de dados
fundamentais
Regiões de dados
corporativas
Definir uma política de região de dados para todos no domínio ✔ 
Definir políticas de região de dados para unidades organizacionais e grupos específicos  
Ver o andamento da transferência das regiões de dados  


Para administradores que gerenciam o Google Workspace Enterprise Plus:

  • Cada unidade organizacional pode ter usuários em vários níveis de assinatura. Se você usar regiões de dados corporativas e definir uma política de região de dados para unidades organizacionais específicas, ela será aplicada somente aos usuários nas unidades organizacionais que têm uma licença Enterprise Plus.
  • Em domínios de licenças mistas, as configurações das regiões de dados corporativas substituirão temporariamente as configurações das regiões de dados fundamentais. Vamos corrigir isso no longo prazo para preservar as configurações dos usuários das regiões de dados fundamentais na unidade organizacional raiz.

Definir uma política de região de dados

Etapa 1: definir a estrutura organizacional

Pule esta etapa se você quiser escolher apenas uma região de dados para todos os usuários.

Você pode escolher uma região de dados para alguns dos seus usuários ou diferentes regiões de dados para determinados departamentos ou equipes. Coloque as contas de usuário em uma unidade organizacional (para controlar o acesso por departamento) ou em um grupo de configuração (para controlar o acesso dos usuários em um ou vários departamentos).

Observação: para definir uma política de região de dados em unidades organizacionais e grupos específicos, você precisa de regiões de dados corporativas, incluídas na assinatura do Enterprise Plus. Veja como fazer upgrade do serviço em Mudar para o Enterprise Plus.

Etapa 2: definir uma política de região de dados
  1. Faça login no Google Admin Console.

    Faça login usando uma conta com privilégios de superadministrador (não a que termina em @gmail.com).

  2. Na página inicial do Admin Console, acesse Configurações da contae depoisRegiões de dados.
    Essa opção só aparecerá se a licença incluir regiões de dados.
  3. Para aplicar a região de dados a todos os usuários, selecione a unidade organizacional superior. Caso contrário, selecione uma unidade organizacional ou um grupo de configuração.
  4. Selecione uma região de dados. Para mais informações, veja os locais dos nossos data centers:
    • Sem preferência
    • Estados Unidos
    • Europa
  5. Clique em Salvar. Se você tiver configurado uma unidade organizacional ou um grupo, poderá usar as opções Herdar/Substituir uma organização ou Cancelar configuração em um grupo.
Etapa 3: ver o andamento da transferência das regiões de dados

Após definir a política de região de dados, talvez você precise aguardar de 24 a 48 horas para ver o andamento da transferência dos dados.

Observação: para ver o andamento da transferência, você precisa das regiões de dados corporativas, incluídas na assinatura do Enterprise Plus. Veja como fazer upgrade do serviço em Mudar para o Enterprise Plus.

Siga estas etapas para ver o andamento da transferência das regiões de dados:

  1. Faça login no Google Admin Console.

    Faça login usando uma conta com privilégios de superadministrador (não a que termina em @gmail.com).

  2. Na página inicial do Admin Console, acesse Relatórios e, à esquerda, clique em Relatóriose depoisRelatórios de appse depoisRegiões de dados.

O card Resumo mostra o status geral da transferência dos dados em todo o domínio e por região. Nos cards dos Estados Unidos e da Europa você vê o andamento das transferências por serviço nessas regiões. Para mais informações, consulte Ver o andamento da transferência das regiões de dados.

Temas relacionados

Isso foi útil?
Como podemos melhorá-lo?

Precisa de mais ajuda?

Faça login e veja mais opções de suporte para resolver o problema rapidamente.

Pesquisa
Limpar pesquisa
Fechar pesquisa
Google Apps
Menu principal
Pesquisar na Central de Ajuda
true
73010
false
false