Eventos de registro do dispositivo

Página de auditoria e investigação: analisar atividades nos dispositivos da sua organização

Edições compatíveis com este recurso: Frontline Standard; Business Plus; Enterprise Standard e Enterprise Plus; Education Standard, Education Plus e Endpoint Education Upgrade; G Suite Business; Cloud Identity Premium.  Comparar sua edição

A página de registro de auditoria foi substituída por uma nova página de auditoria e investigação. Confira mais informações sobre essa mudança em Experiência aprimorada de auditoria e investigação.

Você pode usar a página de auditoria e investigação para fazer pesquisas relacionadas a eventos de registro do dispositivo. Nessa página, você pode ver um registro das ações realizadas em computadores, dispositivos móveis e dispositivos de casa inteligente usados para acessar os dados da sua organização. Por exemplo, é possível ver quando um usuário adicionou a conta a um dispositivo ou se a senha não segue sua política. Também é possível configurar um alerta para receber uma notificação de atividade.

Para ver uma lista completa de serviços e atividades que podem ser investigadas, como o Google Drive ou a atividade do usuário, acesse Sobre a ferramenta de auditoria e investigação.

Abrir a página de auditoria e investigação

Antes de começar

  • Para ver todos os eventos de auditoria de dispositivos móveis, é necessário gerenciar os dispositivos usando o gerenciamento avançado de dispositivos
  • Para ver as alterações de apps em dispositivos Android, ative a auditoria de apps.
  • Não é possível ver a atividade dos dispositivos que usam o Google Sync para sincronizar dados corporativos.
  • Se você fizer downgrade para uma edição que não permite o registro de auditoria, não será possível coletar dados de novos eventos. No entanto, os dados antigos vão continuar disponíveis para os administradores.

Acessar dados de eventos de registro do dispositivo

  1. Faça login no Google Admin Console.

    Use sua conta de administrador (não termina em @gmail.com).

  2. À esquerda, clique em Relatóriose depoisAuditoria e investigaçãoe depoisEventos de registro do dispositivo.

Filtrar os dados

  1. Abra os eventos de registro conforme descrito acima em Acessar dados de eventos de registro do dispositivo.
  2. Clique em Adicionar um filtro e selecione um atributo.
  3. Na janela pop-up, escolha um operador e depois selecione um valor e depois clique em Aplicar.
  4. (Opcional) Se você quiser criar vários filtros para sua pesquisa, faça o seguinte:
    1. Clique em Adicionar um filtro e repita a etapa 3.
    2. (Opcional) Para adicionar um operador de pesquisa, acima de Adicionar um filtro, selecione AND ou OR.
  5. Clique em Pesquisar.

Observação: na guia Filtrar, você pode incluir pares de valores e parâmetros simples para filtrar os resultados da pesquisa. Também é possível usar a guia Criador de condições, onde os filtros são representados como condições com operadores AND/OR.

Descrições de atributos

Para essa origem de dados, você pode usar os seguintes atributos ao pesquisar dados de eventos de registro:

Atributo Descrição
Estado da conta Se a conta está registrada ou não
ID do grupo

Nome do grupo do usuário Para mais informações, acesse Filtrar resultados por Grupo do Google.

Para adicionar um grupo à lista de permissões de grupos de filtragem:

  1. Selecione ID do grupo.
  2. Clique em Grupos filtrados.
    A página "Grupos filtrados" é exibida.
  3. Clique em Adicionar grupos.
  4. Digite os primeiros caracteres do nome ou endereço de e-mail de um grupo para pesquisá-lo. Selecione o grupo quando encontrá-lo.
  5. (Opcional) Para adicionar outro grupo, pesquise e selecione o grupo.
  6. Quando terminar de selecionar os grupos, clique em Adicionar.
  7. (Opcional) Para remover um grupo, clique em .
  8. Clique em Salvar.
Unidade organizacional do usuário Unidade organizacional do usuário
ID do aplicativo Identificador do app
Hash SHA-256 do aplicativo Nos eventos relacionados a apps, o hash SHA-256 do pacote de apps (somente Android)
Estado do aplicativo Se o app está instalado, desinstalado ou atualizado
Data Data e hora do evento no fuso horário padrão do navegador
Estado de compliance do dispositivo

Se o dispositivo está em compliance com as políticas da sua organização

Um dispositivo será marcado como "Sem compliance" se:

Exemplo: o Nexus 6P do do usuário não obedece às políticas definidas porque não respeita a política de senha.

Estado do dispositivo: comprometido

Se o dispositivo está comprometido. Os dispositivos poderão ser comprometidos se tiverem jailbreak ou acesso root. Esses processos removem as restrições do dispositivo. Dispositivos comprometidos podem ser uma ameaça à segurança.

O sistema registra uma entrada sempre que o dispositivo de um usuário é considerado ou deixa de ser considerado comprometido. 

Exemplo: o Nexus 5 do usuário está comprometido.

ID do dispositivo Identificador do dispositivo em que o evento ocorreu
Modelo do dispositivo O modelo do dispositivo
Proprietário do dispositivo O proprietário do dispositivo
Propriedade do dispositivo

Indica se a propriedade do dispositivo mudou

Por exemplo, um dispositivo pessoal foi alterado para "Pertence à empresa" após a importação de detalhes para o Admin console. 

Essa auditoria ocorre imediatamente após um dispositivo que pertence à empresa ser adicionado ao Admin console. Se um dispositivo que pertence à empresa for excluído do Admin Console, a auditoria ocorrerá na próxima sincronização (depois que ele for registrado novamente no gerenciamento).

Exemplo: a propriedade do Nexus 5 do usuário passou para a empresa, com o novo ID de dispositivo abcd1234.

Propriedade do dispositivo Informações sobre o dispositivo, como Modelo do dispositivo, Número de série, ou Endereço MAC Wi-Fi.
Configuração do dispositivo

O usuário do dispositivo alterou as configurações "Opções do desenvolvedor", "Fontes desconhecidas", "Depuração de USB" ou "Verificar apps" no dispositivo.  

Este evento será registrado na próxima vez que o dispositivo for sincronizado.

Exemplo: a configuração "Verificar apps" foi ativada pelo usuário no Nexus 6P.

Tipo de dispositivo Tipo de dispositivo em que o evento ocorreu, por exemplo, Android ou Apple iOS
Domínio* O domínio em que a ação ocorreu
Evento A ação de evento registrada, como Atualização do SO do dispositivo ou Evento de sincronização do dispositivo
Tentativas de senha que falharam*

O número de vezes que um usuário tentou desbloquear um dispositivo, mas não conseguiu

Um evento só será gerado depois de mais de cinco tentativas malsucedidas de desbloquear o dispositivo de um usuário. 

Exemplo: cinco tentativas malsucedidas de desbloquear o Nexus 7 do usuário

Código do fornecedor do iOS Identificador do fornecedor do iOS
Novo código do dispositivo Identificador do novo dispositivo
Propriedade do sistema operacional Informações sobre o SO, como Número da versão, Versão do SO, ou Patch de segurança
Privilégio de registro A função do usuário em um dispositivo, como Proprietário do dispositivo ou Administrador do dispositivo
Código do recurso Identificador exclusivo do dispositivo
Número de série

O número de série do dispositivo

Para exibir o número de série dos computadores: 

E-mail do usuário Endereço de e-mail do usuário do dispositivo
* Não é possível criar regras de relatórios com esses filtros. Saiba mais sobre as diferenças entre regras de relatórios e de atividade.

Gerenciar dados de eventos de registro

Gerenciar os dados da coluna de resultados da pesquisa

Você pode controlar quais colunas de dados aparecem nos resultados da pesquisa.

  1. No canto superior direito da tabela de resultados da pesquisa, clique em "Gerenciar colunas" .
  2. (Opcional) Para remover as colunas, clique em "Remover item" .
  3. (Opcional) Para adicionar colunas, ao lado de Adicionar nova coluna, clique na seta para baixo  e selecione a coluna de dados.
    Repita quantas vezes forem necessárias.
  4. (Opcional) Arraste o nome das colunas se quiser mudar a ordem.
  5. Clique em Salvar.

Exportar dados do resultado da pesquisa

Você pode exportar os resultados da pesquisa para o app Planilhas Google ou um arquivo CSV.

  1. Na parte de cima da tabela de resultados da pesquisa, clique em Exportar tudo.
  2. Digite um nome e depois clique em Exportar.
    A exportação aparece abaixo da tabela de resultados da pesquisa em Exportar resultados da ação.
  3. Para ver os dados, clique no nome da exportação.
    A exportação é aberta no Planilhas Google.

Os limites de exportação variam:

  • O total de resultados da exportação é limitado a 100.000 linhas, exceto para pesquisas de mensagens do Gmail, que são limitadas a 10.000 linhas.
  • Edições compatíveis com este recurso: Frontline Standard, Enterprise Standard, Enterprise Plus, Education Standard, Education Plus, Enterprise Essentials Plus e Cloud Identity Premium. Comparar sua edição

    Se você tiver a ferramenta de investigação de segurança, os resultados da exportação serão limitados a 30 milhões de linhas, exceto para pesquisas de mensagens do Gmail, que são limitadas a 10.000 linhas.

Para mais informações, consulte Exportar resultados da pesquisa.

Quando e por quanto tempo os dados ficam disponíveis?

Temas relacionados

 

 

Isso foi útil?

Como podemos melhorá-lo?
Pesquisa
Limpar pesquisa
Fechar pesquisa
Google Apps
Menu principal