Noções básicas de DNS

Ao usar os serviços empresariais do Google, talvez seja necessário alterar as configurações de DNS de seu domínio. Veja a seguir alguns termos comuns que você pode encontrar e como eles se aplicam aos serviços do Google. Consulte também Noções básicas sobre nomes de domínio.

DNS

DNS é a sigla em inglês de Sistema de Nome de Domínio. Esse sistema é essencialmente a agenda telefônica da Web que organiza e identifica domínios. Embora uma agenda telefônica traduza um nome como "Acme Pizza" como o número de telefone correto a ser discado, o DNS traduz um endereço da Web, como "www.google.com", como o endereço IP típico, por exemplo, "74.125.19.147", do computador que hospeda o site. Neste caso, a página inicial do Google.

Ao usar os serviços empresariais do Google, você precisa modificar periodicamente as configurações de DNS para configurar ferramentas e serviços. Isso é feito por meio da alteração de diversos tipos de registros DNS. Por exemplo, você altera os registros MX de seu domínio para direcionar e-mails de seu domínio do Google Apps para servidores de e-mail do Google.

↑ voltar ao início

Registro MX

Os registros de troca de e-mail (MX) direcionam e-mails de um domínio para servidores que hospedam as contas dos usuários do domínio. Para configurar o Gmail com o Google Apps, você precisa apontar seus registros MX para os servidores de e-mail do Google. Vários registros MX podem ser definidos para um domínio, cada um com uma prioridade diferente. Caso o e-mail não possa ser entregue usando o primeiro registro de prioridade, o segundo registro será usado e assim sucessivamente. 

Para configurar os registros MX de seu domínio para apontar para servidores do Google, consulte Sobre registros MX.

↑ voltar ao início

Registro TXT

Um registro TXT é um registro DNS que fornece informações textuais para fontes fora de seu domínio que podem ser usadas para diversas finalidades arbitrárias. O valor do registro pode ser texto legível por humanos ou por máquinas. Com os serviços empresariais do Google, os registros TXT são usados para confirmar a propriedade de domínios e implementar medidas de segurança de e-mails, como SPF, DKIM e DMARC.

Para adicionar e modificar registros TXT em seu domínio, consulte Sobre registros TXT.

↑ voltar ao início

Registro CNAME

Um CNAME ou  registro de nome canônico vincula um nome de alias a outro nome de domínio verdadeiro ou canônico. Por exemplo, www.example.com pode direcionar para example.com. Com os serviços empresariais do Google, você usa registros CNAME para personalizar um endereço de serviço do Google Apps ou o endereço de um website criado com o Google Sites.

Para adicionar e modificar registros CNAME de seu domínio, consulte Sobre registros CNAME.

↑ voltar ao início

Registro A

Um registro A ou de endereço , também conhecido como registro de host, vincula um domínio ao endereço IP físico de um computador que hospeda os serviços desse domínio. Com os serviços empresariais do Google, é possível adicionar um registro A para ativar seu endereço de domínio sem www.

Para adicionar e modificar registros A em seu domínio, consulte Sobre registros A.

↑ voltar ao início

Registro NS

Os registros de servidor de nomes (NS) determinam quais servidores comunicam informações do DNS para um domínio. Geralmente, um domínio possui registros de servidor de nomes principais e secundários. Se você usa serviços empresariais do Google, poderá configurar os registros NS para apontarem para servidores do Google em consultas do DNS.

↑ voltar ao início

Time to Live (TTL) ou vida útil

O TTL é um valor em um registro DNS que determina o número de segundos antes que alterações subsequentes no registro sejam efetuadas. Cada registro DNS de seu domínio, por exemplo, registro MX, registro CNAME etc, tem um valor TTL. O TTL de um registro determina quanto tempo levará para uma alteração ser efetuada. Por exemplo, as alterações em um registro que tenha um TTL de 86400 segundos levarão 24 horas para serem efetuadas.

Observe que alterar o TTL de um registro afeta quanto tempo levará para que qualquer alteração subsequente seja efetuada. Recomendamos definir um valor de TTL de 3600, que informa a servidores em toda a Internet que alterações no registro devem ser verificadas de hora em hora. Isso significa que da próxima vez que você atualizar o registro, a alteração levará até uma hora para ser efetuada. Para que as alterações subsequentes sejam efetuadas mais rapidamente, por exemplo, se você acha que talvez queira reverter a alteração rapidamente, é possível definir um TTL mais curto, como 300 segundos ou 5 minutos.

↑ voltar ao início

Localizador uniforme de recursos (URL)

Um URL é o endereço da Web de um recurso na Internet. Esse é o endereço que você digita em um navegador para acessar um determinado website. Por exemplo, o URL da Central de Ajuda do Google Apps é http://support.google.com/a.

↑ voltar ao início

Exemplo de configuração do DNS

Estes são exemplos de configurações do DNS de um domínio usado com serviços empresariais do Google.

Observe que você não usa o nome do domínio nas configurações do DNS. Em vez disso, você usa o símbolo @ para indicar o nome do domínio.

Nome/Host/Alias Tipo de registro Prioridade Valor/Resposta/Destino
Em branco ou @ A NA 216.239.32.21
Em branco ou @ A NA 216.239.34.21
Em branco ou @ A NA 216.239.36.21
Em branco ou @ A NA 216.239.38.21
Em branco ou @ MX 1 ASPMX.L.GOOGLE.COM.
Em branco ou @ MX 5 ALT1.ASPMX.L.GOOGLE.COM.
Em branco ou @ MX 5 ALT2.ASPMX.L.GOOGLE.COM.
Em branco ou @ MX 10 ASPMX2.GOOGLEMAIL.COM.
Em branco ou @ MX 10 ASPMX3.GOOGLEMAIL.COM.
E-mail CNAME NA ghs.googlehosted.com.
Em branco ou @ TXT NA google-site-verification=6tTalLzrBXBO4Gy9700TAbpg2QTKzGYEuZ_Ls69jle8
Em branco ou @ TXT NA v=spf1 include:_spf.google.com ~all
www CNAME NA ghs.googlehosted.com.

↑ voltar ao início