Configurar uma lista de permissões de proxy de URL de imagem

Quando os usuários abrem e-mails, o Gmail usa os servidores proxy seguros do Google para exibir as imagens incluídas. Isso protege os usuários e o domínio contra vulnerabilidades de segurança relacionadas a imagens.

Por causa do proxy de imagem, os links para imagens que dependem de IPs e cookies internos às vezes são corrompidos. A configuração "Lista de permissões de proxy do URL da imagem" evita links quebrados para imagens porque cria e mantém uma lista de permissões de URLs internos que ignora a proteção do proxy.

Ao definir a configuração "Lista de permissões de proxy do URL da imagem", é possível especificar um conjunto de domínios e um prefixo de caminho que podem ser usados para especificar grandes grupos de URLs. Veja exemplos nas diretrizes abaixo.

Configurar a lista de permissões de proxy do URL da imagem:

  1. Faça login no Google Admin Console.

    Faça login com sua conta de administrador (não termina em @gmail.com).

  2. Na página inicial do Admin Console, acesse Appse depoisG Suitee depoisGmaile depoisAcesso do usuário final.

    Dica: para ver "Acesso do usuário final", role até a parte inferior da página do Gmail.

  3. À esquerda, selecione a organização de nível superior.
  4. Role para a seção Lista de permissões de proxy do URL de imagem.
  5. Digite os padrões da lista de permissões de proxy de URL de imagem. Os URLs correspondentes ignoram a proteção do proxy de imagem. Veja mais detalhes e instruções nas diretrizes abaixo.
  6. Na parte inferior, clique em Salvar.

As alterações podem ser controladas no Registro de auditoria do Admin Console.

Diretrizes para aplicar a configuração "Lista de permissões de proxy de URL de imagem"

Considerações sobre segurança

Consulte sua equipe de segurança antes de definir a configuração "Lista de permissões de proxy de URL de imagem". A decisão de ignorar a proteção da lista de permissões do proxy de imagem pode expor os usuários e o domínio a riscos de segurança se não for usada com cuidado.

Em geral, se você tiver um domínio que precise de autenticação via cookie e esse domínio for controlado por um administrador dentro da sua organização e totalmente confiável, incluir o URL na lista de permissões não deve expor o domínio a ataques relacionados a imagens.

Importante: a desativação do proxy de imagem não é recomendada. Essa opção está disponível para que os administradores tenham flexibilidade, mas pode deixar os usuários vulneráveis a ataques maliciosos.

Como digitar padrões de URL de imagem

Para manter uma lista de permissões de URLs internos que ignorem a proteção do proxy, digite os padrões de URL de imagem na configuração "Lista de permissões de proxy de URL de imagem". Os URLs correspondentes ignoram o proxy de imagem.

Um padrão pode conter o esquema, o domínio e um caminho. Ele deve ter sempre uma barra "/" entre o domínio e o caminho. Se o padrão do URL especificar um esquema, esse esquema e o domínio precisarão ser totalmente correspondentes. Caso contrário, o domínio poderá corresponder parcialmente ao sufixo do URL. Por exemplo, o padrão google.com corresponde a www.google.com, mas não a gle.com. O padrão do URL pode especificar um caminho que é comparado ao prefixo do caminho.

Observações:

  • Digite o nome do seu domínio quando digitar o padrão de URL de imagem.
  • Sempre inclua uma barra (/) depois do nome de domínio.

Exemplos de padrões de URL de imagem

Os padrões a seguir são apenas exemplos.

Os padrões:

http://rule_fixed_scheme_domain.com/
rule_flex_scheme_domain.com/
rule_fixed_subpath.com/cgi-bin/

... correspondem aos seguintes URLs:

http://rule_fixed_scheme_domain.com/
http://rule_fixed_scheme_domain.com/test.jpg?foo=bar#frag
http://rule_fixed_scheme_domain.com
rule_flex_scheme_domain.com/
t.rule_flex_scheme_domain.com/test.jpg
http://t.rule_flex_scheme_domain.com/test.jpg
https://t.rule_flex_scheme_domain.com/test.jpg
http://rule_fixed_subpath.com/cgi-bin/
http://rule_fixed_subpath.com/cgi-bin/people

Observação: o esquema de URL (http://) é opcional. Se o esquema for omitido, o padrão poderá corresponder a qualquer esquema e permitirá correspondências parciais no sufixo do domínio.

Como visualizar os padrões de URL de imagem
Clique em Visualizar para ver se os URLs correspondem aos padrões de URL de imagem definidos. Se o URL de imagem corresponder a um padrão, você verá uma mensagem de confirmação. Se ele não corresponder, uma mensagem de erro será exibida.

Isso foi útil?
Como podemos melhorá-lo?

Precisa de mais ajuda?

Faça login e veja mais opções de suporte para resolver o problema rapidamente.