Fazer upload de arquivos para o Google Drive

Os usuários podem fazer upload de qualquer tipo de arquivo para o Google Drive e converter determinados tipos de arquivo em formatos do Google baseados na Web, como Documentos, Planilhas ou Apresentações Google. Saiba mais em Configurações de upload manual.

Armazenamento e limites

O armazenamento do Drive é compartilhado entre o Google Drive, o Gmail e o Google Fotos. O espaço de armazenamento gratuito para cada usuário depende do seu tipo de conta:

  • G Suite Basic
30 GB
  • G Suite Business
  • G Suite for Education
  • G Suite Enterprise
  • G Suite Enterprise for Education
Armazenamento ilimitado
(1 TB caso existam até quatro usuários)
  • Edição gratuita do Google Apps (legada)
  • Contas de consumidor individuais
15 GB
  • Drive Enterprise

Sem cota de armazenamento
Custo definido pelo armazenamento usado

Cada usuário tem um limite de upload diário de até 750 GB divididos entre Meu Drive e todos os drives compartilhados. Se os usuários atingirem esse limite ou fizerem upload de um arquivo com mais de 750 GB, não será possível fazer upload de mais arquivos no mesmo dia. Os uploads em andamento serão concluídos. É possível fazer upload ou sincronizar um arquivo com até 5 TB.

Controles do administrador

  • Google Drive: quando você ativa o serviço do Drive no Admin Console, seus usuários podem fazer upload de arquivos e sincronizá-los com as contas deles.

  • APIs: os clientes do G Suite podem usar uma API para adicionar, editar e remover arquivos em lotes, além de gerenciar e gerar informações sobre arquivos de usuários. Entretanto, as APIs não geram informações sobre o uso da cota. Por exemplo, os administradores podem usar a API para fazer o upload de uma grande quantidade de arquivos e compartilhá-los com todos os usuários nos domínios deles. Saiba mais sobre o recurso de upload da API.

Segurança

  • Tipos de arquivos: os usuários podem fazer o upload de qualquer tipo de arquivo, incluindo arquivos executáveis, por exemplo, .exe ou .vbs, e compactados.

  • Verificação de vírus: antes de fazer o download de um arquivo ou compartilhá-lo, o Google Drive verifica se ele tem algum vírus. Se um vírus for detectado, não será possível converter o arquivo infectado em um Documento, uma Planilha ou uma Apresentação Google, e você receberá um aviso se os usuários tentarem fazer essas operações.

    O proprietário poderá fazer o download do arquivo infectado com vírus, mas somente depois de reconhecer os riscos.  Os usuários ainda poderão compartilhar o arquivo com outras pessoas, enviar o arquivo infectado por e-mail ou alterar a propriedade do arquivo. 

    Só é possível verificar a presença de vírus em arquivos com menos de 100 MB. Para arquivos maiores, será exibido um aviso informando que não é possível verificar o arquivo.

  • Política de conteúdo: todos os arquivos do Google Drive, incluindo os enviados por upload ou convertidos, seguem a mesma política do programa. Saiba mais.

Isso foi útil?
Como podemos melhorá-lo?